• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2012.tde-10092012-135736
Documento
Autor
Nome completo
Wagner Vidal Magalhães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Kaneko, Telma Mary (Presidente)
Lopes, Patricia Santos
Termini, Lara
Título em português
Avaliação da atividade moduladora da expressão de proteínas de estresse de extratos de Anadenanthera colubrina, Pfaffia paniculata e Rhodiola rosea para aplicação cosmética antienvelhecimento
Palavras-chave em português
Antienvelhecimento
Cosméticos
Expressão gênica
Pele
Proteínas de estresse
Resumo em português
Estudos têm relatado o potencial de aplicação cosmética de classes de proteínas que conferem resistência aos diferentes tipos de estresse sobre a pele. Nesse contexto, as proteínas de estresse - proteínas de choque térmico, metalotioneínas e sirtuínas - enquadram-se entre as proteínas de grande potencial no combate ao fotoenvelhecimento. Diversos extratos vegetais tem mostrado potencial de induzir uma ou mais proteínas de estresse. Dessa forma, o objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos in vitro da aplicação isolada dos extratos de Anadenanthera colubrina (Angico branco), Rhodiola rosea (Rodiola), Pfaffia paniculata (Pfaffia), sobre a expressão gênica das proteínas do choque térmico (Heat shock proteins, HSP32 e HSP72), metalotioneína (MT-I) e da sirtuína isoforma SIRT1, em condição basal e mediante exposição aguda das culturas celulares à radiação UV. Como resultados de maior relevância o extrato de Anadenanthera colubrina foi capaz de modular positivamente as expressões gênicas de HSP72, SIRT-1 e MT-I, em fibroblastos sob condição basal. Já o extrato de Pfaffia paniculata foi capaz de elevar a expressão gênica de SIRT-1, em fibroblastos irradiados por UVA após incubação com o extrato vegetal e sob condição basal, além de induzir MT-I em culturas não irradiadas. Por fim, o extrato de Rhodiola rosea elevou as expressões de HSP32 e MT-I, em fibroblastos sob condição basal. Devido à capacidade indutora das proteínas de estresse pelos extratos vegetais avaliados, sugere-se que os mesmos apresentam potencial para utilização em produtos cosméticos, especialmente, com finalidade antienvelhecimento.
Título em inglês
Evaluation of modulated heat shock protein expression activity by Anadenanthera colubrina, Pfaffia paniculata and Rhodia rosea extrats in antiaging cosmetic
Palavras-chave em inglês
Anti-aging
Cosmetic products
Gene expression
Skin
Stress proteins
Resumo em inglês
Studies have reported the potential for cosmetic application of proteins classes that confer resistance to different types of stress on the skin. In this context, stress proteins - heat shock proteins, metallothioneins and sirtuins - fall between the proteins of great potential in the fight against photoaging. Several plant extracts have been shown potential to induce one or more stress proteins. Thus, the objective of this study was to evaluate the in vitro effects from the isolated application of the extracts Anadenanthera colubrina (Angico-branco), Rhodiola rosea (Rodiola), Pfaffia paniculata (Fáfia) on the gene expression of heat shock proteins, HSP32 and HSP72, metallothionein (MT-I) and the sirtuin, isoform SIRT1, in basal conditions and upon acute exposure of cell cultures to UV radiation. As most relevant results, Anadenanthera colubrina extract was able to positively modulate the gene expression of HSP72, SIRT-1 and MT-I in fibroblasts under basal conditions. The Pfaffia paniculata extract was able to increase the gene expression of SIRT-1 in fibroblasts irradiated by UV after incubation with plant extract and in basal conditions, in addition to induce MT-I in non-irradiated cultures. Finally, the extract of Rhodiola rosea increased HSP32 and MT-I gene expressions in fibroblasts under basal conditions. Considering the plant extracts ability to induce stress proteins, it is suggested that they have potential for use in cosmetic products, especially, for anti-aging purposes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.