• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.1997.tde-23032009-095640
Documento
Autor
Nome completo
Sueli Moreira de Mello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1997
Orientador
Banca examinadora
Pedrozo, Rosemary Custódio (Presidente)
Bucaretchi, Fábio
Moreau, Regina Lucia de Moraes
Título em português
Cromatografia em fase gasosa como técnica de triagem para diagnóstico laboratorial das intoxicações agudas por medicamentos depressores do sistema nervoso central (OU) Cromatografia em fase gasosa como técnica de triagem para diagnóstico laboratorial das intoxicações agudas por medicamentos que causam síndrome de depressores do sistema nervoso central
Palavras-chave em português
Análise toxicológica
Cromatografia a gás
Cromatografia gasosa
Depressores do Sistema Nervoso Central
Diagnóstico laboratorial
Intoxicação Aguda
Medicamento
Sistema nervoso central (Farmacologia)
Resumo em português
A estatística das principais causas das intoxicações mostra que os depressores do sistema nervoso central (SNC) têm uma participação significativa. No Centro de Controle de Intoxicações da Unicamp, em 1995, 30% das intoxicações foram por medicamentos, sendo a metade por depressores do SNC. A avaliação do paciente intoxicado, freqüentemente inclui, além de exames clínicos, análises laboratoriais para identificação de agentes tóxicos presentes em amostras biológicas. Os procedimentos analíticos com esta finalidade utilizam diversas técnicas, entre elas as cromatográficas. O objetivo do presente trabalho foi desenvolver e otimizar um método de triagem para diagnóstico laboratorial das intoxicações por medicamentos que causam depressão do SNC, através da cromatografia em fase gasosa, para ser utilizado em análises de urgência em Centros de Controle de Intoxicações. Foram selecionados 21 fármacos depressores do SNC a partir de critérios de freqüência e importância clínico-toxicológica. As técnicas de extração apresentaram recuperação relativa entre 66,4 e 92,6% para a urina e entre 36,7 e 82,6% para o plasma. O estudo de precisão apresentou coeficiente de variação entre 4,3 e 13,7% para as amostras de urina e entre 7,8 e 19,4% para o plasma. A sensibilidade foi testada para concentrações próximas aos níveis terapêuticos (1 a 5 µg/mL) tendo sido considerada satisfatória e a análise de extratos de "brancos" de referência apresentou cromatograma sem interferentes. O tempo de análise foi compatível com a necessidade clínica (menor que duas horas) para análise concomitante dos 21 fármacos. Pode-se concluir que o método de triagem por cromatografia gasosa proposto foi adequado para o diagnóstico laboratorial das intoxicações agudas por medicamentos que causam síndrome de depressão do SNC.
Título em inglês
Capillary gas chromatography screening for diagnosis of acute poisoning by drugs that cause depression syndrome
Palavras-chave em inglês
Capillary gas chromatography screening
Central Nervous System
Depression syndrome
Drug
Poisoning
Toxicology analise
Resumo em inglês
Drugs that cause Central Nervous System Depression Syndrome (CNSDS) have an important role in poisons. At the Poison Control Center of University of Campinas, in 1995, 30% of poisons were due to medicines and a half of that was due to CNS depressants. The evaluation of the poisoned patient includes, in addition to clinical examinations, laboratorial screenings to identify toxic agents in biological samples. The analytical procedures with this endpoint use several methods, including chromatographic analyses. The objective of this study was to develop and to optimize a procedure for screening drugs that cause CNSDS, through gas chromatography, to be used in emergency assays at the Poison Control Center. Twenty one drugs were selected using frequency and clinical-toxicology importance criteria. The extraction technique presented relative recuperation between 66.4 and 92.6% for urine and 36.7 and 82.6% for plasma. The intra-assay coefficient of variation was between 4.3 and 13.7% for urine and 7.8 and 19.4% for plasma. The sensibility was tested for concentrations near therapeutical levels (1 to 5 µg/ml) and was considered satisfactory. The chromatogram of blank sample extract presented no interferences. The time required to screen 21 drugs in plasma and urine samples was less than 2 hours, making this method appropriate for use in poison control center in hospitals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SueliMello.pdf (2.30 Mbytes)
Data de Publicação
2013-04-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.