• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.9.2003.tde-22022022-122514
Documento
Autor
Nombre completo
Ellen Cristini Freitas Araujo
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2003
Director
Tribunal
Vannucchi, Helio (Presidente)
Iglesias, Antonio Carlos Ribeiro Garrido
Marchini, Julio Sérgio
Moreno, Fernando Salvador
Paiva, Sérgio Alberto Rupp de
Título en portugués
Efeito do exercício físico resistido na recuperação de pacientes com desnutrição protéico-calórica
Palabras clave en portugués
Desnutrição
Exercício físico
Massa muscular corporal
Resumen en portugués
O estado de desnutrição protéico-calórica ocorre quando as necessidades corporais de proteína, energia e/ou ambas não são satisfeitas pela dieta, assim como a má digestão e/ou a má absorção de nutrientes apresenta impacto negativo no indivíduo em manter-se nutrido. Tem sido sugerido, que na presença de fatores como: desnutrição e idade (senilidade) ocorrem diminuição da massa muscular, sendo esta a principal razão para a redução na capacidade de produção de força e conseqüentemente decréscimo no gasto energético. Dessa forma aceita-se que gasto energético ou consumo calórico tem relações estreitas com a composição corporal, constituída em parte, pelas reservas calóricas (proteína e gordura neutra). Sendo assim, acredita-se que o exercício físico resistido pode proporcionar benefícios à saúde geral de pacientes desnutridos. Neste estudo, investigou-se o efeito de um treinamento físico resistido com duração de 14 semanas, em 16 pacientes com idade média de 47,8 ± 4,1 anos, com desnutrição protéico-calórica, separados em dois grupos: Grupo desnutrido exercitado (GDE) - submetido ao treinamento físico e Grupo Desnutrido Não Exercitado (GDNE) - não submetido ao treinamento físico. Como resultado observou-se aumento no consumo de ingestão calórica total, bem como, no consumo de carboidratos em pacientes do GDE assim como, a circunferência muscular do braço também apresentou uma diferença significativa (p>0,05). Os dados da dinamometria demonstraram um aumento na força muscular (p>0,05) em função da realização do treinamento físico. Os dados obtidos por meio da impedância bioelétrica (p>0,05) em pacientes do GDE, analisando a composição corporal, apresentaram aumento na água corporal total e massa livre de gordura, após a realização do treinamento físico, como também, houve aumento na taxa de metabolismo basal no mesmo grupo e período (pré-treinamento: 1389,6Kcal/d e pós-treinamento: 1779, 1 Kcal/d). Na avaliação bioquímica, ocorreu um aumento significativo na atividade da enzima carnosinase (p>0,05) em pacientes do GDE e GDNE. Também, a área muscular do braço (pré-treinamento: 164,2 Cm2 e pós-treinamento: 181 Cm2) e área total do braço (pré-treinamento: 246,8 Cm2 e pós-treinamento: 275,4 Cm2) medida por meio da tomografia computadorizada, apresentou diferença significativa (p>0,05) em pacientes do GDE, no período pós-treinamento físico. Em conclusão, os resultados apresentados no presente estudo, demonstraram que com a realização do treinamento físico resistido, ocorreram modificações metabólicas nos pacientes do Grupo Desnutrido Exercitado, auxiliando na recuperação nutricional destes pacientes.
Título en inglés
Effect of resisted physical exercise on the recovery of patients with protein-calorie malnutrition
Palabras clave en inglés
Body muscle mass
Malnutrition
Physical exercise
Resumen en inglés
Protein-calorie malnutrition status occurs when the body requirements of protein or energy, and/or both, are not satisfied by the diet. Also, poor digestion and/or nutrient malabsorption have a negative impact on the maintenance of nutritional status. It has been suggested that a reduction in muscle mass occurs in the presence of factors such as malnutrition and old age, this being the main reason for the reduction in the ability to produce strength and a consequent decrease in energy expenditure. Thus, it is generally accepted that energy expenditure or calorie consumption are closely related to body composition, which consists in part of calorie reserves (protein and neutral fat). On this basis, resisted physical exercise is believed to be of benefit to the general health of malnourished patients. In the present study, the effect of resisted physical training over a period of 14 weeks was investigated in 16 patients with protein-calorie malnutrition aged on average 47.8 ± 4.1 years. The patients were divided into two groups: Exercised Malnourished Group (EMG) submitted to physical training, and Non-Exercised Malnourished Group (NEMG) not submitted to physical training. Increased total calorie consumption as well as carbohydrate consumption was observed in EMG patients, whose arm circumferences differed significantly (p>0.05) from that of NEMG patients. Dynamometry data demonstrated an increase in muscle strength (p>0.05) as a function of physical training. Bioelectric impedance data for analysis of body composition obtained for EMG patients (p>0.05) revealed increased total body water and fat-free mass after physical training, and an increase in basal metabolic rate was also observed in the same group over the same period of time (pre-training: 1389.6 Kcal/d and post-training: 1779.1 Kcal/d). Biochemical evaluation showed a significant increase in the activity of the enzyme carnosinase (p>0.05) in both EMG and NEMG. patients. Also, arm muscle area (pre-training: 164.2 cm2 and post-training: 181 cm2) and total arm area (pre-training: 246.8 cm2 and post-training: 275.4 cm2) measured by computed tomography presented a significant difference (p>0.05) in EMG patients during the post-training period. ln conclusion, the present results demonstrate that resisted physical training induced metabolic modifications in the EMG, helping the nutritional recovery of these patients.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-02-22
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.