• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2009.tde-14102009-101712
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Borges Botelho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Castro, Inar Alves de (Presidente)
Barroso, Lucia Pereira
Marcourakis, Tânia
Título em português
Aplicação de técnicas estatísticas multivariadas na avaliação de associações entre biomarcadores do estresse oxidativo e fatores dietéticos em indivíduos com dislipidemia controlada por estatinas
Palavras-chave em português
Ácidos graxos
Biomarcadores
Dieta
Dietética
Estatística multivariada
Estresse oxidativo (Avaliação)
Nutrição experimental
Nutrientes
Oxidação
Resumo em português
Estresse oxidativo é uma condição fisiológica que está associada à aterosclerose e pode ser influenciada pela dieta. Diante disso, o objetivo do presente estudo foi agrupar 57 indivíduos com dislipidemia controlada por estatinas, de acordo com quatro biomarcadores do estresse oxidativo, e avaliar diferenças quanto ao padrão dietético e ao perfil lipídico entre esses grupos. Para isso, amostras de sangue foram coletadas de 57 indivíduos com dislipidemia controlada por estatinas e os seguintes parâmetros foram avaliados: ingestão dietética por meio do registro alimentar de 6 dias, ácidos graxos plasmáticos, concentração de lipoproteínas, triglicerídeos, glicose, LDL oxidada (LDL(-)), malondialdeído (MDA) e atividade antioxidante total por DPPH (1,1-diphenyl-2-picrylhydrazyl) e FRAP (Ferric reducing power). Os indivíduos foram separados em cinco grupos pela análise de agrupamento. Todos os grupos apresentaram diferença com relação a pelo menos um dos biomarcadores do estresse oxidativo. A separação dos indivíduos na primeira componente baseou-se na atividade antioxidante total. Dessa forma, os clusters (grupos) localizados no quadrante direito caracterizaram-se por capacidade antioxidante total mais alta, bem como por maiores concentrações de ácido mirístico e menores de ácido araquidônico que os clusters (grupos) localizados no quadrante esquerdo. Uma correlação negativa foi observada entre DPPH e índice de peroxidabilidade. A segunda componente baseou-se nas diferenças no estado de oxidação determinado pelas concentrações de MDA e LDL(-). Os clusters (grupos) localizados no quadrante superior apresentaram estado oxidativo mais alto e menor concentração de HDL que os clusters (grupos) localizados no quadrante inferior. Nenhuma diferença foi observada quanto à ingestão dietética entre os cinco clusters (grupos). Portanto, supõe-se que a síntese de ácidos graxos e a concentração de HDL parecem exercer efeito mais expressivo que a ingestão dietética nas condições oxidativas dos indivíduos com dislipidemia controlada por estatinas.
Título em inglês
Application of multivariate statistical techniques to evaluate the association between biomarkers of the oxidative stress and dietetic factors in individuals with dyslipidemia controlled by statins
Palavras-chave em inglês
Biomarkers
Diet
Dietetic
Fatty acids
Multivariate statistic
Nutrients
Oxidation
Oxidative stress
Resumo em inglês
Oxidative stress is a physiological condition that is associated with atherosclerosis, and it can be influenced by diet. Our objective was to group 57 individuals with dyslipidemia controlled by statins according to four oxidative biomarkers, and to evaluate the diet pattern and blood biochemistry differences between these groups. Blood samples were collected and the following parameters were evaluated: diet intake by 6-day dietary register, plasma fatty acids, lipoprotein concentration, glucose, oxidized low density lipoprotein (LDL(-)), malondialdehyde (MDA), and total antioxidant activity by DPPH (1,1-diphenyl-2-picrylhydrazyl) and FRAP (Ferric reducing power ) assays. Individuals were separated into five groups by cluster analysis. All groups showed a difference with respect to at least one of the four oxidative stress biomarkers. The separation of individuals in the first axis was based upon their total antioxidant activity. Clusters located on the right side showed higher total antioxidant activity, higher myristic fatty acid, and lower arachidonic fatty acid proportions than clusters located on the left side. A negative correlation was observed between DPPH and the peroxidability index. The second axis showed differences in oxidation status as measured by MDA and oxLDL concentrations. Clusters located on the upper side showed higher oxidative status and lower HDL cholesterol concentration than clusters located on the lower side. There were no differences in diet among the five clusters. Therefore, fatty acid synthesis and HDL cholesterol concentration seem to exert a more significant effect on the oxidative conditions of the individuals with dyslipidemia controlled by statins than does their food intake.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-06-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.