• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.89.2017.tde-25092010-123402
Documento
Autor
Nome completo
Viviane Mariotoni Sakzenian
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Cyrillo, Denise Cavallini (Presidente)
Brant, Luciene de Souza Venancio Lotufo
Ribeiro, Sandra Maria Lima
Título em português
Promoção de alimentação saudável para funcionários públicos: uma proposta de intervenção baseada na Política Nacional de Promoção da Saúde
Palavras-chave em português
Educação nutricional
Estado nutricional
Intervenção nutricional
Nutrição humana (Qualidade; Aspectos socioeconômicos)
Promoção da saúde
Qualidade de vida
Resumo em português
Políticas de governo, nos seus vários níveis, abordam o tema da alimentação e nutrição ressaltando sua importância para a melhora da qualidade da saúde da população. Nas últimas décadas as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) passaram a liderar as causas de óbito no Brasil, ultrapassando as taxas de mortalidade por doenças infecciosas e parasitárias da década de 80. As DCNTs se caracterizam por ter uma etiologia incerta, múltiplos fatores de risco, longos períodos de latência, curso prolongado, origem não infecciosa e por estar associadas a deficiências e incapacidades funcionais. A experiência de diversos países mostra que o sucesso das intervenções de saúde pública, no que se refere aos fatores de risco e à redução da prevalência das DCNTs, tem sido atribuído ao enfoque na vigilância de fatores comuns de risco e na promoção de modos de viver favoráveis à saúde e à qualidade de vida, tendo um custo menor do que as abordagens para as doenças específicas. Em 2005, o Ministério da Saúde apresentou como uma de suas prioridades, implementar políticas promotoras de modos de viver saudáveis, enfatizando as diretrizes da Estratégia Global de Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde (EG) proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a prevenção do tabagismo. Essas prioridades foram abordadas na Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS), publicada em 2006 que objetiva especificamente contribuir para a mudança do modelo de atenção do sistema de maneira a ampliar e qualificar as ações de promoção da saúde. O presente trabalho apresenta uma proposta de intervenção nutricional para uma amostra de funcionários não docentes da USP, que foram previamente avaliados e apresentaram alta incidência de sobrepeso e obesidade. Esse modelo baseia-se nas diretrizes propostas pela PNPS e usa a educação nutricional como principal instrumento de intervenção.
Título em inglês
Promoting healthy eating for a sample of non-teaching staff of the University of São Paulo (USP): A proposal for nutritional intervention based on the National Policy for Health Promotion (PNPS)
Palavras-chave em inglês
Health promotion
Human nutrition (Quality; Socioeconomic aspects)
Nutrition education
Nutritional intervention
Nutritional status
Quality of life
Resumo em inglês
Government policies, in its levels, addressing the topic of food and nutrition emphasizing its importance to improving the quality of health. In recent decades the Chronic Noncommunicable Diseases (NCDs) are now leading causes of death in Brazil, surpassing the rates of mortality from infectious and parasitic diseases of the 80s. The NCDs are characterized by an uncertain etiology, multiple risk factors, long latency periods, a prolonged, non-infectious origin and be associated with functional impairment and disability. Experience in several countries shows that the success of public health interventions, with regard to risk factors and reduce the prevalence of NCCD, has been assigned to focus on surveillance of common risk factors and promote ways of living favorable to health and quality of life, having a lower cost than the approaches to specific diseases. In 2005, the Ministry of Health (MS) presented as one of their priorities, implementing policies that promote healthy ways of living, emphasizing the guidelines of the Global Strategy on Diet, Physical Activity and Health (GS) proposed by the World Health Organization (WHO) and smoking prevention. These priorities have been addressed in the National Policy for Health Promotion (PNPS), published in 2006 that aims specifically to bring about change in the attention system in order to widen and improve the actions of health promotion. This paper presents a proposal for nutritional intervention for a sample of non-teaching staff of the University of São Paulo (USP), which were previously evaluated and showed a high incidence of overweight and obesity. This model is based on the guidelines proposed by PNPS and use nutrition education as the main instrument of intervention.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-07-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.