• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.89.2006.tde-24112022-132057
Documento
Autor
Nombre completo
Ana Catarina Perez Dias
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2006
Director
Tribunal
Szarfarc, Sophia Cornbluth (Presidente)
Amancio, Olga Maria Silverio
Braga, Josefina Aparecida Pellegrini
Colli, Celia
Sigulem, Dirce Maria
Título en portugués
Anemia e intervenção nutricional em Programa Saúde da Família em Diamantina-MG
Palabras clave en portugués
Alimentação habitual
Anemia
Intervenção nutricional
Resumen en portugués
Este estudo objetivou avaliar a eficácia de uma intervenção alternativa no controle da deficiência do ferro, que constituía na adição de 4mg de ferro proveniente de Fechel® diretamente no prato do almoço dos comensais. Metodologia: a amostra foi constituída por 125 famílias voluntárias (77% do universo), cadastradas no Programa Saúde da Família em Diamantina-MG, selecionadas por ter filhos com idades entre 2 a 4 anos. Foram formados dois grupos: intervenção e placebo este diferenciado por adicionar solução não contendo ferro na refeição. Através de entrevista identificou-se características familiares referentes a composição familiar, idade, escolaridade, trabalho, renda. A prática alimentar e adequação de consumo foram analisadas através de inquéritos de freqüência alimentar e recordatórios de 24 horas sendo que alimentos fontes de ferro natural (feijão e carnes) e fortificados com o mineral (derivados de farinhas de trigo e de milho) foram destacados. O diagnóstico de anemia foi feito pela medida da concentração de hemoglobina exclusivamente nas crianças com idades entre 2 e 4 anos e em suas mães por elas representarem os dois grupos de maior risco nutricional para a anemia. Juntamente com a orientação para uso de suplemento foram feitas palestras ressaltando a importância da anemia na qualidade de vida de toda a a população e distribuído um folder/calendário para marcação do uso do suplemento. Resultados: com relação à prática alimentar verificou-se que a alimentação habitual da família é a habitual no Brasil: arroz, feijão, carne de algum tipo, pão, macarrão e biscoitos e de fubá. As farinhas de milho utilizadas são grosseiras e provenientes de pequenos fabricantes de forma quase artesanal. Leite, verduras e frutas são destinadas quase exclusivamente para as crianças pequenas. Verificou-se pois que alimentos fontes de ferro natural ou artificial são pouco ou nunca consumidas pelas famílias atendidas pelo PSF. Após três meses de intervenção foi feita a dosagem de hemoglobina para diagnóstico da anemia. Verificou-se pelos calendários que a solução de suplemento de ferro/placebo ficou restrita à criança de 2 a 4 anos. Não foi utilizado para os outros membros da família motivado por: aumentava o apetite, diminuía o apetite, não havia justificativa para tomar um "remédio". Verificou-se prevalências iguais de anemia nas mães dos GI (32%) e GC (34%) enquanto entre as crianças do GI nenhuma foi diagnosticada como anêmica contra 29% de ocorrência da anemia entre aquelas do GC. Conclusões: a metodologia de intervenção avaliada neste projeto mostrou-se eficaz porém a adesão a ela limita sua aplicação a situações específicas onde a adição do ferro possa ser conduzida de forma a não dar a conotação de "remédio" para o suplemento. É, portanto, uma intervenção recomendável para creches, asilos, abrigos especialmente das regiões norte/nordeste que não fazem uso rotineiro de alimentos que tem farinha de trigo ou farinha de fubá na sua composição.
Título en inglés
Anemia e intervenção nutricional em Programa Saúde da Família em Diamantina-MG
Palabras clave en inglés
Anemia
Habitual alimentation
Nutritional intervention
Resumen en inglés
This study had as objective to evaluate the efficiency of alternative intervention in a lack of iron control, that constitute in adding 4 mg of iron from Fechel® directly in the lunch plate of the studied. Method: The sample had been formed of 125 volunteers families (77% of universe) registered in cadastre of the Health Family's Program in Diamantina-MG, select by having children in age between 2 and 4 years old. Two groups had been formed: intervention (GI) and control group (GC), the last one differed by adding a solution without iron in the meal. Through interviews has been identified some family characteristics referred to family compound, age, scholarship, business work and profit. The food practice and consume adequacy had been analyzed through food frequency questionnaire and recall 24 hours, where natural source of iron of food (as beans and meat) and food fortified with mineral (wheat flour and com flour derivates) were outstanding. The anemia diagnostic had been made from the hemoglobin concentration exclusively on children between 2 and 4 years old and on their mothers because they represent the two groups with biggest nutritional risk for anemia. Parallel to the orientation of supplement usage, there were lecture showing the importance of anemia in quality of life of all population, and had been distributed and folder/calendar to mark the supplement use to the participants. Results: Relatively to practical alimentary, it had been observed that the food habits are like normal Brazilian habits: rice, beans, pasta and com wheat. Corn wheat used is rough and made by small factories in almost hand made way. Milk, vegetables and fruits are meant almost exclusive for small children. After three months of intervention it had been made the evaluation of hemoglobin to diagnose anemia. It had been seen by calendars that the solution of iron supplement/placebo were restricted to the 2-4 years olds child. It has not been used from others family members because of: increase the appetite, decrease the appetite, or just because was not justified to take a "medicine". It had been verified equal prevalence of anemia on mothers on GI (32%) and GC (34%), while in children of GI no one was diagnosed as anemic, against 29% of occurrence of anemia in those in GC. Conclusions: The method of intervention evaluated showed efficient, but the addict to it is limited in specific conditions where the addition of iron may be conducted in a way of not having a connotation as "medicine" to the supplement. It is, therefore, an intervention recommended for nursing homes, shelter for elderly, popular food services in school or others institutional restaurants, specially at north/northeast region of Brazil that are not used to food that have in the composition wheat flour and com flour.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-11-24
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.