• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.89.2010.tde-12092012-162831
Documento
Autor
Nome completo
Mara Elaine de Castro Sampaio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Franca, Ana Cristina Limongi (Presidente)
Philippi, Sonia Tucunduva
Schmidt, Maria Luiza Gava
Título em português
Empreendedores e qualidade de vida no trabalho: um estudo sobre comportamento alimentar
Palavras-chave em português
Alimentação saudável
Comportamento Alimentar (CA)
Empreendedores
Qualidade de vida
Qualidade de Vida no Trabalho (QVT)
Resumo em português
Este trabalho apresenta a percepção de Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) dos empreendedores que estão vinculados ao Programa de Incubadoras Tecnológicas do Estado de São Paulo. A principal contribuição foi a identificação da satisfação dos empreendedores com a QVT, nas dimensões biopsicossocial e organizacional, e o mapeamento do Comportamento Alimentar (CA). Para os empreendedores, a iniciativa de abrir seu próprio negócio está relacionada à busca de prazer no trabalho. A opção por empreender faz que aumente sua carga horária de trabalho, diminua as atividades de lazer e passatempo com familiares, além de deixar a atividade física e os cuidados com saúde postergados para um futuro incerto. Esse ritmo de trabalho afeta constantemente o modo de vida dos trabalhadores, inclusive a pausa para refeições. Foi realizada uma pesquisa exploratória descritiva pelos métodos quantitativo e qualitativo. Foram aplicados pessoalmente os questionários BPSO-96 para QVT e o Questionário de Hábitos Alimentares para CA. Os respondentes somam 72 empreendedores de Incubadoras de quatro municípios paulistas, uma amostra não-probabilística, sendo realizados três grupos focais. A maioria dos empreendedores da amostra são homens e estão com sobrepeso. Os resultados da Análise Fatorial não demonstram uma forte relação entre Comportamento Alimentar e QVT. Tanto os dados quantitativos quanto qualitativos mostram que os empreendedores percebem de forma positiva sua QVT. Percebem sua alimentação como saudável e estão satisfeitos com seu Comportamento Alimentar (CA). Pode-se, então, concluir que os empreendedores estão satisfeitos com sua QVT, principalmente, em sua dimensão organizacional e psicológica; atribuem à QVT um significado de realização pessoal, por estarem construindo sua empresa com sucesso. Foi identificada uma nova categoria habitabilidade como fator importante para a QVT. Não relacionam o Comportamento Alimentar à QVT. Possuem um padrão positivo de CA alinhado ao estilo de vida empresarial que possuem. Mesmo estando satisfeitos com sua alimentação, existe certa negligência com a dimensão biológica quando se trata da QV T, eles reconhecem uma não satisfação com relação às questões de promoção da saúde. Faz-se necessário investir em ações que promovam um desenvolvimento integrado das dimensões da QV T.
Título em inglês
Entrepreneurs and quality of work at life: study on eating behavior
Palavras-chave em inglês
Eating Behavior (EB)
Entrepreneurs
Healthy eating
Llife quality
Quality of Work at Life (QWL)
Resumo em inglês
This work presents the perception of entrepreneurs' Quality of Work at Life (QWL) who are linked to the Technological Incubators Program of São Paulo. The main contribution was the identification of entrepreneurs satisfaction with the QWL, in the biopsychosocial and organizational dimensions, and the mapping of Eating Behavior (EB). For the entrepreneurs, the initiative of opening their own business is related to the search of pleasure at work. The entrepreneurial option increases their workload, decreases their leisure activities and pastime with relatives postponing physical activity and health care to an uncertain future. This working pace constantly affects the workers way of life, including meal breaks. An exploratory and descriptive research was carried out through quantitative and qualitative methods. Questionnaires BPSO- 96 for QWL and the Eating Habits Questionnaire for EB were completed. Participants are 72 incubators from four cities in the state of São Paulo, a non-probabilistic sample, carried out in three focal groups. Most male entrepreneurs of the sample are overweight. The results of Factor Analysis do not reveal a strong relation between Food Behavior and QWL. Both quantitative and qualitative data show that the entrepreneurs notice their QWL in a positive way, and are satisfied with it. They believe their food is healthy and are satisfied with their Eating Behavior (EB). It can be concluded that the entrepreneurs are satisfied with their QWL, mainly in their organizational and psychological dimension; they regard QWL as self- fulfillment, as they are building their company successfully. It was identified a new category liveability as an important factor to QWL. The participants do not relate the Eating Behavior to the QWL. They have a positive pattern of EB adapted to their business lifestyle. Even being satisfied with their eating, there is a certain neglect with the biological dimension regarding QWL; they recognize a non-satisfaction concerning health issues promotion. It is necessary to an integrated development of the QWL dimensions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.