• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.85.2020.tde-21022020-135554
Documento
Autor
Nome completo
Christiane Silvestrini de Morais
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Gatti, Luciana Vanni (Presidente)
Alvala, Plinio Carlos
Alvim, Débora Souza
Título em português
Estudo da evolução das concentrações  de metano na última década na Amazônia
Palavras-chave em português
Amazônia
efeito estufa
metano
mudanças climáticas
Resumo em português
A mudança do uso da terra e o desmatamento para fins de produção agropecuária na Amazônia tem sido motivo de grande preocupação. Atualmente, os estudos acerca das emissões (naturais e antrópicas) de Gases de Efeito Estufa - GEE vêm se intensificando no meio científico. A proposta deste trabalho é realizar estudo da evolução das concentrações de metano no período entre 2010 a 2017 na Amazônia e realizar uma intercomparação entre as medidas de perfis verticais de avião e da coluna total de CH4 utilizando Espectrômetro de Absorção - FTIR nos anos de 2016 a 2017. As coletas do perfil vertical de avião foram realizadas na Floresta Amazônica em RBA (9,01°S, 64,72°O, região localizada entre as cidades de Porto Velho e Rio Branco). As medidas realizadas pelo FTIR foram feitas no município de Porto Velho 8,8°S, 63,9°O. As análises das medidas de perfil vertical de avião foram realizadas no Laboratório de Gases de Efeito Estufa - LaGEE, no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE, em São José dos Campos - SP, enquanto que as medidas do FTIR foram analisadas pelo Instituto de Aeoronomia da Bélgica (Belgian Institute for Space Aeronomy (BIRA-IASB)). As medidas obtidas nesse trabalho, revelam uma variação interanual com crescimento das concentrações de CH4 no decorrer dos anos. As concentrações de metano obtidas nos perfis verticais de avião são maiores nas alturas mais próximas da superfície, abaixo da camada limite planetária (< 1,5 km), o que é um indicativo que esta região da Amazônia contribui com as emissões de metano para a atmosfera, contudo, a taxa de crescimento das concentrações de CH4 do local de estudo (5,7 ppb ano-1), ainda é menor que a taxa média global (7,7 ppb ano-1). Os resultados da intercomparação entre as medidas de perfil de avião e do FTIR indicam que os perfis de avião validam os resultados obtidos pelo FTIR.
Título em inglês
Evolution of methane concentration in the last decade in the Amazon
Palavras-chave em inglês
Amazon
climate change
greenhouse gases
methane
Resumo em inglês
The land use change and deforestation for agricultural production purposes in the Amazon has been a reason of great concern. Currently, studies of the Greenhouse gases (GHG) emissions (natural and anthropogenic) have been intensifying in the scientific environment. The purpose of this project is to study the methane atmospheric concentrations evolution in the period from 2010 to 2017 in the Amazon and do anintercomparison between aircraft vertical profiles and total column CH4 using FTIR absorption spectrometer from 2016 to 2017. Samplings with aircraft vertical profile was performed in the Amazon Rainforest at RBA (9.01°S, 64.72°W, a region located between the cities of Porto Velho and Rio Branco). The FTIR measurements were made in the city of Porto Velho 8.8°S, 63.9°W. The analyzes of the aircraft vertical profile measurements were performed at the Greenhouse Gas Laboratory - LaGEE, at the National Institute For Space Research - INPE, in São José dos Campos - SP, while the FTIR measurements were analyzed by the Belgian Institute For Space Aeronomy (BIRA-IASB). The measurements obtained in this project reveal an interannual variability with increasing CH4 concentrations over the years. Methane concentrations obtained from vertical profiles are higher at the nearer surface heights, below the planetary boundary layer (< 1.5 km), which is indicative that this Amazon region contributes to the atmospheric methane emissions, however, the growth rate of the study site CH4 concentrations (5.7 ppb/yr), is still lower than the global average (7.7 ppb/yr). The results of the inter-comparison between aircraft vertical profile and FTIR measurements indicate that aircraft vertical profiles validate the results obtained by the FTIR.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
2020MoraisEstudo.pdf (13.23 Mbytes)
Data de Publicação
2020-02-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.