• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.85.2012.tde-29052013-093334
Documento
Autor
Nome completo
Vanessa Danielle Magalhães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Rogero, José Roberto (Presidente)
Cruz, Aurea Silveira
Okazaki, Kayo
Título em português
Efeito radiomodificador do resveratrol em cultura de células de rabdomiossarcoma humano (RD) aplicando o teste do cometa
Palavras-chave em português
câncer
efeito radiomodificador
radiação gama
resveratrol
vinho tinto
Resumo em português
O câncer é uma doença de alta incidência e é considerado um problema de saúde pública no mundo todo. O resveratrol é um polifenol de defesa que tem a habilidade de inibir a carcinogênese em múltiplos estágios. Este polifenol é sintetizado por uma grande variedade de plantas em resposta a exposição à radiação ultravioleta (UV) ou também, pelo estresse mecânico produzido pela ação de patógenos, agentes químicos e físicos. As videiras são consideradas as plantas que têm uma capacidade elevada de produzir o resveratrol, portanto suco de uva e vinho, principalmente o vinho tinto são considerados uma boa fonte de resveratrol. Os efeitos protetores exercidos pelo resveratrol promovem efeitos como indução da resposta antiinflamatória, atividade antitumoral, prevenção ou inibição de doenças degenerativas, diminuição da incidência de doenças cardiovasculares, inibição da agregação plaquetária, entre outros. Assim, o resveratrol é considerado um protetor celular. Porém, em concentrações mais elevadas, o resveratrol promove o efeito contrário, sensibilizando as células a algum tipo de efeito, como por exemplo, o efeito da radiação ionizante. O objetivo desse trabalho foi estudar o efeito radiomodificador do resveratrol em cultura de células RD (rabdomiossarcoma humano) aplicando o teste do cometa para avaliação do dano e capacidade de reparo celular. Foi obtida a DL50 das células RD em 403 Gy e o índice de citotoxicidade do resveratrol (IC50%) nas células RD foi de 150 μM. A partir destes resultados foram definidas as doses de radiação gama (50 Gy e 100 Gy) e as concentrações de resveratrol (15 μM 30 μM 60 μM) que foram analisadas no trabalho. Foram evidenciados os efeitos do resveratrol como protetor celular na concentração de 15 μM e seu efeito citotóxico em 60 μM. Com a interação da radiação gama, a concentração de 60 μM não mostrou efeito radiossensibilizador estatisticamente significante.
Título em inglês
Radiomodifying effect of resveratrol in human rhabdomyosarcoma (RD) cell culture applying the comet assay
Palavras-chave em inglês
cancer
gamma radiation
radiomodifying effect
red wine
resveratrol
Resumo em inglês
Cancer is a disease with high incidence and it is considered a worldwide public health problem. Resveratrol is a defense polyphenol that possesses a pharmacological activity of carcinogenisis inhibition in multiple levels. This polyphenol is synthesized naturally by a wide variety of plants according to response of ultraviolet radiation (UV) exposition or according to mechanical stress resulting of pathogens or chemical and physical agents. In vines this substance is found in elevated concentration. Thus, resveratrol is present in grape juice and wines, especially red wine. The protective effects performed by resveratrol during the process of cell damage, produced by oxidative effects of free radicals, promote anti-inflammatory, anti-platelet and anti- carcinogenic activity, prevent or inhibit degenerative diseases, decrease incidence of cardiovascular diseases. Moreover, resveratrol is considered as a cell radioprotector. On the other hand, in some elevated concentrations resveratrol may be considered as a radiosensitizing. The aim of this work was study the radiomodifying effect of resveratrol in human rhabdomyosarcoma (RD) cell culture applying the comet to assess the cellular damage and repair capacity. The RD cells gamma radiation LD50 was 403 Gy and the resveratrol index cytotoxicity (IC50%) was 150 μM. From these results were defined the gamma radiation doses (50 Gy 100 Gy) and the resveratrol concentrations (15 μM 30 μM 60 μM) were used in this study. The 15 μM and 30 μM concentrations showed cell protective and radioprotective effects. The third and higher concentration used in this work shown to be cytotoxic to RD tumor cells; with gamma radiation presence the 60 μM concentration showed no statistically significant radiosensitizing effects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.