• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.85.2020.tde-11032020-145556
Documento
Autor
Nome completo
Denise Aparecida da Silva Rios
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Carneiro, Janete Cristina Gonçalves Gaburo (Presidente)
Lalic, Susana de Souza
Silva, Tiago Fiorini da
Título em português
Revisão e otimização do sistema de proteção radiológica  de um acelerador de elétrons usado em cura de tintas e vernizes em filmes poliméricos
Palavras-chave em português
acelerador de elétrons autoblindados
exposição ocupacional
otimização
proteção radiológica
Resumo em português
A Comissão Internacional de Proteção Radiológica sugere uma reflexão estruturada para a realização da otimização da proteção radiológica. Neste contexto, propõe-se revisar o Plano de Proteção Radiológica de uma instalação que utiliza um acelerador de elétrons autoblindado do tipo cortina na cura de tintas e vernizes em substratos poliméricos. Para este tipo de aplicação, o acelerador necessita estar acoplado a uma impressora flexográfica onde a cura é realizada por radiação com feixe de elétrons. O trabalho avalia o controle eletrônico de segurança do equipamento, as probabilidades de falha e antevê as situações mais prováveis de emergência. Por meio de medições da taxa de dose no entorno do acelerador em regime de operação normal e análise dos registros dosimétricos da instalação, avaliou-se a dose dos trabalhadores, a classificação das áreas da instalação e a aderência às normas nacionais e internacionais. Além disso, foram realizadas duas simulações de acidentes que poderiam acarretar exposição potencial aos indivíduos e suas consequências. Concluiu-se que no período analisado nenhum trabalhador recebeu dose superior aos limites anuais para indivíduos do público e que o equipamento é intrinsecamente seguro em consequência das baixas probabilidades de ocorrência de falhas e das pequenas doses decorrentes delas. Em função dos resultados, sugere-se a reclassificação da área onde funciona o acelerador de supervisionada para área livre e a substituição do monitoramento individual pelo de área. A construção das árvores analíticas, ferramentas de otimização, evidenciou a relevância dos treinamentos periódicos específicos de proteção radiológica para os trabalhadores e indicou a necessidade de incluir as brigadas de incêndio como medida eficiente para tratar de acidentes neste tipo de equipamento. Por fim, as estimativas de falha no sistema de segurança consideradas nulas e as doses obtidas demonstraram a conformidade aos requisitos de proteção radiológica e obediência às normas nacionais e internacionais.
Título em inglês
Radiological protection system revision and optimization of an electron accelerator for ink and varnish curing in polymeric films
Palavras-chave em inglês
occupation exposure
optimization
radiation protection
self-shielded electron accelerator
Resumo em inglês
The International Commission on Radiation Protection suggests a structured reflection for the realization of the radiological protection optimization programs. In this context, this project aims to review the Radiological Protection Plan of a facility that uses a self-shielded electron accelerator, curtain-type, to cure inks and varnishes on polymeric substrates. For this type of application, the accelerator needs to be coupled to a flexographic printer line where the electron beam curing process is performed. The work includes evaluating the equipment safety electronic control, estimating the failure probabilities, and predicting the most likely emergency situations involving this kind of accelerator. By measuring the dose rate at selected points around the accelerator under normal operation and evaluating the facility dosimetric records, allowed evaluation of the occupational dose worker, the classification of the facility areas and the adherence to national and international standards. In addition, there were simulated two accident which could lead to potential exposure to individuals, as well as their consequences. It was concluded that during the analyzed period, no worker received a dose higher than the annual limit for the public individuals. The present study also support that this equipment is intrinsically safe as a result of the small probability of failure and the low resulting doses. Based on the results, the supervised area should be reclassified as a free area where the accelerator operates and the individual dosimetry should be replaced by area dosimetry. The construction of analytical trees, used as optimization tools, highlights the relevance of specific periodic radiological protection training for occupationally exposed individuals and public individuals, including the fire brigades, as an efficient measure in case of accidents in this type of equipment. Finally, the safety system failure estimates considered zero and the doses obtained proved compliance with the radiological protection requirements and with national and international standards.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
2019RiosRevisao.pdf (7.43 Mbytes)
Data de Publicação
2020-03-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.