• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Evelin Caroline da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Marumo, Maria Helena Bellini (Presidente)
Calió, Michele Longoni
Ferreira, Rafael Vicente de Padua
Título em português
Análise do perfil de expressão proteica da linhagem celular humana de adenocarcinoma renal, 786-O, submetida à radiação ionizante
Palavras-chave em português
CCR
irradiação ionizante
proteômica
Resumo em português
O carcinoma de células renais (CCR) representa 3% das neoplasias humanas e aproximadamente 90% das neoplasias renais e entre os tumores urológicos. O CCR é bastante resistente à radioterapia convencional. Entretanto, com o aparecimento de novas técnicas/equipamentos é possivel a aplicação de doses com precisão presevando-se os tecidos adjacentes. Para a verificação da expressão proteica em diferentes tecidos e fluidos corporais, foi utilizado o estudo proteômico sob diferentes condições e / ou tempos. A espectrometria de massa permite a identificação e quantificação de milhares de proteínas e peptídeos em fluidos biológicos ou células lisadas, sendo assim uma ferramenta poderosa para identificação de potenciais biomarcadores de doenças. A finalidade deste trabalho foi analisar o perfil proteico das células de adenocarcinoma renal (786-0) após a radiação com doses que variaram de 2 a 10 Gy. Os dados foram tratados com o programa One-way ANOVA seguida do de Bonferroni. Pelo ensaio de clonogenicidade definiou-se a dose de 8 Gy como a ideal estudos. A extração das proteínas citoplasmáticas foi realizada com o kit de extração do proteoma subcelular PE e a quantificação das proteínas feita pelo método de Lowry. A integridade das proteínas foi analisada por SDS-PAGE e a solução proteica foi verificada em LTQ Orbitrap. Os resultados gerados foram analisados pelo servidor MASCOT para a busca de peptídeos. A análise por espectrometria de massa foi possível identificar 44 proteínas nas amostras não irradiadas - e 87 das amostras irradiadas. Nas amostras não irradiadas a distribuição dos grupos funcionais foi de síntese proteica 46,66%; Metabolismo energético 16,66%; Migração e proliferação 16,66%; Antioxidantes 3,33%. No grupo irradiado síntese proteica 35,89%; Metabolismo energético 20,51%; Migração e proliferação 20,51%; Antioxidantes 5,12%; Chaperonas moleculares 5,12% e Endopeptidases 5,12%. Em seguida, analisou-se o espetro de as sequências com escores acima de 40. Nas amostras irradiadas encontrou-se: ENO1 (47 kDa); A VIM (53 kDa)/ HEL113; PSMA1; TRAJ56; hCG; Cofilina-1 (19 kDa); HIST1H4H; PKM2; ANXA1; HSPB1/ HSP27. Deste grupo, entendemos que a subunidade alfa do proteassoma - tipo 1 (PSMA1), que possui uma atividade molecular de endopeptidase, seja um alvo interessante para estudos posteriores.
Título em inglês
Protein expression profile analysis of renal carcinoma cell, 786-0, submitted to ionizing irradiation
Palavras-chave em inglês
CCR
ionizing irradiation
proteomics
Resumo em inglês
Renal cell carcinoma (CRC) represents 3% of human neoplasms and approximately 90% of renal neoplasms and among urological tumors. The RCC is quite resistant to conventional radiotherapy. This technique allows the dose of radiation, in a single fraction, to be accurately applied to the tumor and the tissues adjacent to it, most of the time, are spared. The protein expression analysis in different tissues and body fluids was realized according the proteomics study under different conditions and / or times. Mass spectrometry allows the identification and quantification of thousands of proteins and peptides in a biological fluid or lysed cells, and is analyzed on a platform to identify differences in the expression of proteins associated with the proliferation of cancer cells and to establish potential biomarkers predictive of answer. The aim of this work was to analyze the protein profile of human renal cancer 786-0 cells after radiation, evaluated according the mitotic potential of irradiated cells in GammaCell performed at doses of 2 to 10 Gy. The irradiated cell colonies were stained and counted, and the multiple comparisons were analyzed by One-way ANOVA followed by the Bonferroni post-test. The dose of 8 Gy was defined as ideal for cell irradiation, the cytoplasmic proteins were extracted by the subcellular proteome PE kit and quantified by the Lowry method. For protein integrity analysis, SDS-PAGE was performed. The protein solution was analyzed in LTQ Orbitrap. The generated result was analyzed by the MASCOT server for search of peptides. Mass spectrometric analysis identified 44 proteins in non-irradiated samples - and 87 in irradiated samples. In non-irradiated samples the distribution of functional groups was protein synthesis 46.66%; Energy metabolism 16.66%; Migration and proliferation 16.66%; Antioxidants 3.33%. In the irradiated group protein synthesis 35.89%; Energy metabolism 20.51%; Migration and proliferation 20.51%; Antioxidants 5.12%; Molecular chaperones 5.12% and Endopeptidases 5.12%. Then, the spectrum of the sequences above 40 was analyzed. In the irradiated samples we found: ENO1 (47 kDa); VIM (53 kDa) / HEL113; PSMA1; TRAJ56; hCG; Cophylline-1 (19 kDa); HIST1H4H; PKM2; ANXA1; HSPB1 / HSP27. From this group, we identified the alpha subunit of the proteome type 1 (PSMA1) that has an endopeptidase This group, understood as a proteasome - type 1 (PSMA1) alpha subunit, has an endopeptidase molecular molecule and is an interesting target for further studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
2018SilvaAnalise.pdf (1.66 Mbytes)
Data de Publicação
2019-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.