• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Fabio Silvestre Cardoso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Braga, Marcio Bobik (Presidente)
Gremaud, Amaury Patrick
Lyra, Maria Bernadette Cunha de
Rodrigues, Joana de Fátima
Seixas, Renato Braz Oliveira de
Título em português
A crítica de cultura na América Latina e o conceito de periferia: uma análise dos estudos de Beatriz Sarlo e de Roberto Schwartz
Palavras-chave em português
América Latina
Crítica de cultura
Intelectuais
Relações centro-periferia
Resumo em português
O tema do presente trabalho de pesquisa se refere à crítica de cultura da América Latina e ao conceito de periferia à luz das obras Jorge Luis Borges, um escritor na periferia, de Beatriz Sarlo; e Um mestre na periferia do capitalismo, de Roberto Schwarz. O problema da pesquisa consiste em verificar se o uso do conceito de periferia por Sarlo e Schwarz não se torna uma abordagem generalista para pensar a crítica de cultura latino-americana na exata medida em que sinaliza os escritores Jorge Luis Borges e Machado de Assis como exceção ao lugar-comum periférico. A hipótese de pesquisa que norteia este trabalho é: apesar de Beatriz Sarlo e Roberto Schwarz investigarem escritores diferentes (e de épocas distintas), é o conceito de periferia que dá novo significado às obras de Jorge Luis Borges e de Machado de Assis, forjando, assim, um novo pressuposto para a crítica de cultura no Brasil e na Argentina. Como consequência dessa leitura, estaria concebida uma proposta para a crítica de cultura da América Latina como território periférico por excelência: de um lado, hostil para os princípios do liberalismo; de outro, complexo para a acomodação da estética do modernismo. Nesse sentido, o objetivo da pesquisa foi avaliar como a leitura das obras de Jorge Luis Borges e de Machado de Assis, quando entendidas a partir da dinâmica centro-periferia, tem sido utilizada não somente para reafirmar essa posição subalterna da América Latina no âmbito da crítica de cultura, mas também para apontar Jorge Luis Borges e Machado de Assis como contrapontos dessa condição periférica exatamente porque eles conseguiram reagir a essa conjuntura assim como se pretendeu observar a trajetória intelectual de Sarlo e Schwarz como autores que desempenham um papel fundamental na crítica de cultura da América Latina. Como aporte metodológico, foi adotada a pesquisa bibliográfica interdisciplinar, buscando investigar, assim, não apenas o conceito de periferia, como também o papel dos intelectuais à luz de literatura especializada. Beatriz Sarlo e Roberto Schwarz são autores cuja influência ultrapassa a dinâmica dos estudos literários, haja vista que suas análises ocupam espaços importantes no contexto do debate político e no âmbito das vanguardas estéticas.
Título em inglês
Culture criticism in Latin America and the concept of the periphery: an analysis of the studies of Beatriz Sarlo and Roberto Schwarz
Palavras-chave em inglês
Center-periphery
Culture criticism
Intellectuals
Latin America
Resumo em inglês
The main theme of this work refers to the critique of Latin American culture and to the concept of periphery in the light of works Jorge Luis Borges, a writer on the Edge, by Beatriz Sarlo, and A master on the periphery of capitalism: Machado de Assis, by Roberto Schwarz. The problem of the research consists in verifying if the use of the concept of periphery by Sarlo and Schwarz does not become a generalist approach to think the critique of Latin American culture to the exact extent that it signals writers Jorge Luis Borges and Machado de Assis as an exception to the peripheral common place. The hypothesis of research that guides this work is: although Beatriz Sarlo and Roberto Schwarz investigate different writers (and from different times), it is the concept of periphery that gives new meaning to the works of Jorge Luis Borges and Machado de Assis. Thus, a new assumption for the culture critique in Brazil and Argentina is organized. As a consequence of this reading, a proposal would be conceived for the critique of Latin American culture as peripheral territory par excellence: on the one hand, hostile to the principles of liberalism, on the other, too complex for the accommodation of the aesthetics of modernism. In this sense, the main purpose of this research was to evaluate how the reading of the works of Jorge Luis Borges and Machado de Assis, when understood from the center-periphery dynamics, has been used not only to reaffirm this subaltern position of Latin America in the cultural criticism, but also to point out Jorge Luis Borges and Machado de Assis as counterpoints to this peripheral condition - precisely because they have managed to react to this status quo - just as it was intended to observe the intellectual trajectory of Sarlo and Schwarz as authors who play a fundamental role in critical thinking of Latin American culture. As a methodological contribution, the interdisciplinary bibliographical research was adopted, seeking to investigate, not only the concept of the periphery, but also the role of the intellectuals in the light of specialized literature. Beatriz Sarlo and Roberto Schwarz are authors whose influence goes beyond the dynamics of literary studies, given that their analyzes occupy important spaces in the context of political debate and within the framework of aesthetic vanguards.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.