• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.84.2007.tde-13112009-101752
Documento
Autor
Nome completo
Helcio José de Paula Magalhães
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Goncalves, Lisbeth Ruth Rebollo (Presidente)
Alambert Junior, Francisco Cabral
Bertoli, Mariza
Lyra, Maria Bernadette Cunha de
Medina, Cremilda Celeste de Araujo
Título em português
Imaginários urbanos da América Latina: São Paulo e Buenos Aires; a imagem dos cidadãos e a revelação das metrópoles
Palavras-chave em português
América Latina
Buenos Aires
Imaginários
São Paulo
Suburbanos
Resumo em português
Esta pesquisa comparativa entre Buenos Aires e São Paulo, pelos imaginários urbanos, seleciona a Praça da Sé, em São Paulo e a Praça de Maio, em Buenos Aires, para um exercício analítico e subjetivo tecido a partir de observação de campo, escuta de pessoas e análise comparada entre as pesquisas Buenos Aires Imaginada e São Paulo Imaginada, desenvolvidas sob a direção de Armando Silva. Apoiado nas múltiplas formas de expressão, por seus cidadãos, selecionei uma questão: o uso social da praça, como espaço de manifestação e resistência, na qual, duas abordagens tomam o foco principal: O movimento das Madres e Abuelas de Plaza de Mayo, emblemático nos imaginários urbanos portenho, enquanto que na Praça da Sé, a cerimônia ecumênica pela Morte de Vladimir Herzog converteu-se em ícone de luta que abalou a ditadura brasileira, em 1975. Imaginário e memória construídos a partir do lugar de grande significação social: a praça, no contexto latino-americano; reflete-se sobre uma projeção imaginada 30 anos depois da cerimônia por Vlado e 30 anos do movimento das Madres e Abuelas, em suas construções simbólicas pela expressão pública e artística.
Resumo em espanhol
Esta pesquisa comparativa entre Buenos Aires y São Paulo, por los imaginarios urbanos, selecciona la Praça da Sé, en São Paulo y la Plaza de Mayo, en Buenos Aires, para un ejercicio analítico y subjetivo tejido a partir de la observación del campo, escucha de las personas y análisis comparada entre las pesquisas Buenos Aires Imaginada y São Paulo Imaginada, desarrollada bajo la dirección de Armando Silva. Apoyado en las múltiples formas de expresión, por sus ciudadanos, seleccioné una cuestión: el uso social de la plaza como espacio de manifestación y resistencia, en la cual, dúas abordajes toman el foco principal: el movimiento de las Madres e Abuelas de Plaza de Mayo, emblemático en los imaginarios urbanos porteño, mientras que en la Praça da Sé, la ceremonia ecuménica por la muerte de Vladimir Herzog convierte-se en icono de lucha que abaló la dictadura brasileña, en 1975. Imaginario y memoria construidos a partir del lugar de grande significación social: la plaza, en el contexto latino-americano; refleja-se sobre una proyección imaginada 30 años después de la ceremonia por Vlado y 30 años delo movimiento de las Madres e Abuelas, en sus construcciones simbólicas por la expresión pública e artística.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
pre_texto_tese.pdf (244.84 Kbytes)
Data de Publicação
2011-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.