• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.83.2019.tde-09122019-133420
Documento
Autor
Nome completo
João Henrique de Morais Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ciosak, Suely Itsuko (Presidente)
Caldas, José Manuel Peixoto
Lopes, Andrea
Ramos, Luiz Roberto
Título em português
Da realização pessoal ao descanso merecido: representações sociais de idosos jovens sobre trabalho e aposentadoria
Palavras-chave em português
Aposentadoria
Enfermagem
Envelhecimento
Idoso
Idoso jovem
Mercado de trabalho
Resumo em português
Introdução: o modo como o trabalho e a aposentadoria são percebidos pelo indivíduo está conectado à sua história e projeto de vida, mantendo uma relação com as mudanças historicamente ocorridas na sociedade e no mundo do trabalho, além da importância atribuída ao convívio, rotina e papéis desempenhados dentro e fora do ambiente laboral. Objetivo: identificar e analisar os significados de trabalho e aposentadoria para o idoso jovem. Método: estudo prospectivo, observacional e exploratório de abordagem quanti-qualitativa, que empregou as Representações Sociais como referencial teórico e seguiu as orientações do Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research (COREQ). Foram selecionados para este estudo idosos jovens, ou seja, com idade entre 60 e 70 anos, aposentados ou não, residentes em dois munícipios selecionados, de ambos os sexos, com qualquer nível de instrução, capazes de responder a entrevista e que aceitassem participar da pesquisa mediante assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. O formulário utilizado para a coleta de dados foi elaborado em duas partes: a primeira contendo questões sobre as características socioeconômicas, condições de saúde e trabalho e, a segunda, questões norteadoras que tinham o objetivo de promover reflexões dos participantes e colher seus depoimentos sobre os significados do trabalho e aposentadoria. Para conhecer a capacidade funcional e cognitiva dos participantes e a presença de quadro depressivo foram empregados três instrumentos consagrados e validados: Mini Exame do Estado Mental, Escala de Lawton e Escala de Depressão Geriátrica (EDG-15). Os dados socioeconômicos, de trabalho e de saúde foram armazenados e tabulados em planilha do Microsoft Excel®, analisados por meio de estatística descritiva. Os discursos dos idosos jovens foram transcritos na íntegra e analisados por meio do referencial de Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: o perfil socioeconômico e as condições de trabalho e saúde mostraram uma população de idosos com funcionalidade, cognição e humor preservadas, majoritariamente feminina, com uma boa auto percepção de saúde e de capacidade para o trabalho. Além disso, eram idosos com hábitos de vida saudáveis, que participavam de diferentes atividades sociais e de lazer. Pelos discursos o trabalho foi associado à necessidade e ao senso de utilidade individual e coletivo. A tomada de decisão entre permanecer ativo no trabalho foi percebida como dificuldade, uma vez que expressam o desejo de continuar trabalhando em rotinas mais flexíveis, independente da comunidade onde residiam. A aposentadoria foi vista como descanso merecido e prêmio por terem atingido os requisitos necessários para sua concessão. O período de transição para a aposentadoria dos idosos favoreceu a adoção de estratégias para adaptação à nova rotina de vida. Conclusão: os resultados encontrados mostram que mesmo com boa saúde e capacidade para o trabalho auto percebidas, a decisão entre aposentar e continuar trabalhando está relacionada à forma como cada idoso compreende trabalho e aposentadoria.
Título em inglês
Personal fulfillment to the well-deserved rest: social representations of young seniors about work and retirement
Palavras-chave em inglês
Aged
Aging
Labor Market
Nursing
Retirement
Young Senior
Resumo em inglês
Introduction: the way in which work and retirement are perceived by the individual is connected to his / her life history and project, maintaining a relationship with the changes that have occurred historically in society and in the world of work, besides the importance attributed to social interaction, routine and roles within and outside the working environment. Objective: to identify and analyze the meanings of work and retirement for the young seniors. Method: A prospective, observational and exploratory quantitative-qualitative study that used the Social Representations as a theoretical reference and followed the guidelines of the Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research (COREQ). For this study, we selected young seniors, aged 60 to 70 years old, who were either retired or not, living in two selected municipalities, of both sexes, with any level of education, able to respond to the interview and who accepted to participate in the study by signing the Term of Free and Informed Consent. The data collection form was drawn up in two parts: the first containing questions on socioeconomic characteristics, health and work conditions, and the second, guiding questions that were intended to promote reflection on the participants and to collect their testimonies about the meanings of work and retirement. In order to know the functional and cognitive capacity of the participants and the presence of depressive symptoms, three validated instruments were used: Mini Mental State Examination, Lawton Scale and Geriatric Depression Scale (GDS-15). Socioeconomic, work and health data were stored and tabulated in a Microsoft Excel® worksheet, analyzed using descriptive statistics. The discourses of the elderly youth were transcribed in full and analyzed through the Bardin Content Analysis framework. Results: socioeconomic profile and working and health conditions showed a population of elderly people with preserved functionality, cognition and humor, mostly female, with a good self perception of health and work capacity. In addition, they were elderly people with healthy living habits, who participated in different social and leisure activities. Through the discourses the work was associated with the need and the sense of individual and collective utility. Decision making between staying active at work was perceived as difficult, as they expressed the desire to continue working in more flexible routines, regardless of the community where they lived. Retirement was seen as a well-deserved rest and award for having achieved the necessary requirements for its concession. The transition period for the retirement of the elderly favored the adoption of strategies to adapt to the new routine of life. Conclusion: the results show that even with good health and self-perceived ability to work, the decision between retiring and continuing to work is related to the way each elderly person understands work and retirement.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Joao_HM_Ribeiro.pdf (1.88 Mbytes)
Data de Publicação
2021-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.