• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.82.2020.tde-07072021-150259
Documento
Autor
Nome completo
Isabela Ternero
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2020
Orientador
Banca examinadora
Elui, Valéria Meirelles Carril (Presidente)
Fonseca, Marisa de Cássia Registro
Mazzer, Nilton
Medola, Fausto Orsi
Título em português
Efeito do acompanhamento remoto da técnica de espelho em lesões de plexo braquial
Palavras-chave em português
Acompanhamento remoto
Avaliação de tecnologia
Lesão de plexo braquial
Neuroplasticidade
Técnica do espelho
Telemedicina
Resumo em português
A técnica do espelho, é uma técnica simples não-invasiva para o tratamento de distúrbios motores e sensitivos, que levam à incapacidade funcional e para tal, realiza-se uma série de movimentos com o lado saudável, sendo que este é visto ao espelho como se fosse o lado afetado. É utilizada como uma forma de reabilitação que estimula a reorganização cortical remodelando a capacidade funcional do cérebro (neuroplasticidade). A técnica exige uma frequência de repetições diárias com duração média de 5 a 15 minutos, para isso, é preciso a manutenção do comprometimento em realizar no domicílio os exercícios propostos, outro fator influenciador para a melhor eficácia do tratamento é a necessidade de um terapeuta capacitado acompanhar a técnica de maneira regular, o que em alguns serviços nem sempre é viável. Através de recursos tecnológicos, nosso grupo desenvolveu o protótipo de um modelo de aplicação para ser utilizado em smartphones, denominado de Método para amostragem de experiências e intervenção programada (ESPIM). Com o objetivo de verificar o funcionamento do ESPIM associado a técnica do espelho, realizou-se um estudo observacional com a abordagem de sujeito único visando a validação do produto. A amostra foi composta por três grupos: o grupo de piloto composto por 3 participantes com lesão de plexo braquial, grupo de otimização composto por 10 participantes sem lesão em membro superior e o grupo de estudo composto por 7 clientes maiores de 18 anos, com lesão de plexo braquial seguidos no Centro de Reabilitação do Hospital das Clínicas da FMRP – USP. O grupo piloto e o grupo de estudo utilizou a técnica do espelho associado ao ESPIM, já o grupo de otimização, utilizou apenas o ESPIM. Visando conhecer as dificuldade e facilidades do uso da técnica foi aplicado o método Think aloud e um questionário de satisfação. Ao final do estudo, verificamos que o aplicativo tem potencial para realizar o acompanhamento remoto, contudo, algumas questões são essenciais para sua prescrição. É necessário avaliar aspectos relacionados a questões emocionais, psicossociais e interesse no tratamento. Também é preciso investigar a conectividade com a internet e conhecimentos básicos em relação ao uso da tecnologia. Em relação a técnica do espelho aplicada em lesões de plexo braquial observa-se um potencial para minimizar os aspectos dolorosos relatados pelos pacientes.
Título em inglês
Effect of remote monitoring of the mirror therapy on brachial plexus injuries
Palavras-chave em inglês
Brachial plexus injury
Mirror therapy
Neuroplasticity
Remote monitoring
Technology assessment
Telemedicine
Resumo em inglês
The mirror therapy is a simple non-invasive technique for the treatment of motor and sensory disorders, which lead to functional disability, and for that, a series of movements is performed with the healthy side, and this is seen in the mirror as if it were the affected side. It is used as a form of rehabilitation that stimulates cortical reorganization by remodeling the functional capacity of the brain (neuroplasticity). The technique requires a frequency of repetitions with an average duration of 5 to 15 minutes, for this, it is necessary a commitment to perform the proposed exercises at home, another influencing factor for the best treatment effectiveness is the necessity of a trained therapist following the technique on a regular basis, which in some services is not always feasible. Through technological resources, our group developed a prototype of an application model to be used on smartphones, called Method for sampling experiences and programmed intervention (ESPIM). In order to verify the functioning of the ESPIM associated with the mirror technique, an observational study was carried out with a single subject approach to product validation. The sample was composed of three groups: the pilot group composed of 3 participants with brachial plexus injury, the optimization group composed of 10 participants without injury to the upper limb and the study group composed of 10 clients over 18 years old, with injury of brachial plexus followed at the Rehabilitation Center of Hospital das Clínicas of FMRP - USP. The pilot group and the study group used a mirror technique associated with ESPIM, whereas the optimization group used only ESPIM. Aiming to know how difficult and easy was to use the applied technique, the method Think Aloud and a satisfaction questionnaire was applied. At the end of the study, we found that the application has the potential to perform remote monitoring, however, some questions are essential for that prescription. It is necessary to assess problems related to emotional, psychosocial issues and interest in treatment. It is also necessary to investigate internet connectivity and basic knowledge regarding the use of technology. Regarding the mirror technique applied to brachial plexus injuries, there is a potential to minimize the painful aspects reported by patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-07-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.