• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.81.2022.tde-24032022-130037
Documento
Autor
Nome completo
Alan de Marco Barbosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2022
Orientador
Banca examinadora
Motokane, Marcelo Tadeu (Presidente)
Ratz, Sofia Valeriano Silva
Santos, Bruno Ferreira dos
Título em português
As práticas epistêmicas e a formação de professores de biologia: uma análise da orientação específica de codificação
Palavras-chave em português
Biologia (Estudo e Ensino)
Ensino de Ciências
Formação de professores
Planejamento educacional,
Sociologia educacional
Resumo em português
Um dos objetivos mais defendidos na literatura para o ensino de ciências é a alfabetização científica dos estudantes. Um aluno alfabetizado cientificamente deve ser capaz de, dentre outras coisas, desenvolver práticas epistêmicas. Vários fatores influenciam o envolvimento com tais práticas em sala de aula, podendo favorecê-la ou prejudicá-la, incluindo a atuação docente. Esta, por sua vez, é indissociável do ato do planejamento, assim como das intenções, previsões e expectativas do professor. Desta forma, a pergunta investigada neste trabalho foi: Ao planejarem aulas de ciências, quais são as expectativas de professores em formação com relação às práticas epistêmicas de seus alunos? Para tanto, foi aplicado um curso de formação de professores, durante o qual os cursistas planejaram uma Sequência Didática Investigativa (SDI). Após a realização do curso, foram realizadas entrevistas individuais com os cursistas tendo a SDI elaborada como objeto de mediação. Ambas as etapas foram gravadas e transcritas. Os dados provenientes das transcrições foram utilizados para a criação de categorias de análise referentes a regras de reconhecimento, realização passiva e realização ativa no nível da argumentação para práticas epistêmicas. Conclui-se que houve aquisição de regras de realização ativa para atividades com potencial epistêmico, assim como de algumas regras de reconhecimento e realização passiva. É possível afirmar que o curso de formação contribuiu significativamente para este resultado. Por outro lado, nem todos os cursistas possuem a orientação específica de codificação para o potencial epistêmico do planejamento. Isto pode ser explicado por alguns fatores relacionados a cada sujeito, como engajamento diferencial, contexto sociocultural dos, formação acadêmica e vivências antes e após o curso.
Título em inglês
Epistemic practices and science teacher education: an analysis of specific coding orientation in a winter course
Palavras-chave em inglês
Biology (Study and Teaching)
Science Teaching
Sociology of Education
Teacher education
Teacher planning,
Resumo em inglês
One of the most defended goals for science teaching presented in academic literature is the scientific literacy of students. A scientifically literate student must be able, among other things, to get involved in epistemic practices. Several factors influence the development of such practices in the classroom, which can foster or jeopardize them, including teachers practice. This, in turn, is inseparable from the act of planning, as well as from teacher's intentions, forecasts and expectations. Thus, the research question was: When planning science classes, what are the expectations of teachers in training in relation to their students epistemic practices? To this end, a teacher education course was applied, during which course participants planned an Inquiry-Based Didactic Sequence (IDS). After the completion of the course, individual interviews were carried out with the course participants, being the planned IDS an object of mediation. Both steps were recorded and transcribed. The data from the transcripts were used to create analysis categories referring to recognition rules, passive realization and active realization at the level of argumentation for epistemic practices. As a conclusion, there was acquisition of rules of active realization for activities with epistemic potential, as well as acquisition of some recognition and passive realization rules. It is possible to say that the training course contributed significantly to this result. On the other hand, not all course participants have the specific coding orientation for the epistemic potential of planning. This can be explained by some factors related to each person, such as differential engagement, sociocultural context, academic background and experiences before and after the course.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-03-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.