• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.81.2020.tde-17062020-145938
Documento
Autor
Nome completo
Gabriel de Moura Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Silva, Rosana Louro Ferreira (Presidente)
Diniz, Renato Eugenio da Silva
Lopes, Peterson Lasaro
Rocha, Ricardo Pinto da
Santos, Marcelo Giordan
Título em português
Planejamento didático na formação de professores de Ciências e Biologia: perspectivas e referenciais para o ensino de Zoologia
Palavras-chave em português
Formação de professores
planejamento didático
sequências didáticas
zoologia
Resumo em português
Esta tese discute elementos de concepção e planejamento didático e suas relações com a prática educativa na perspectiva da formação de futuros professores de Ciências da Natureza e Biologia. Investigamos a produção material de sequências didáticas elaboradas no contexto de uma disciplina de Licenciatura que visa discutir e problematizar o ensino de Zoologia. Valemo-nos de parâmetros investigativos que convergem para a discussão sobre tema, atividades, propósitos docentes, formas de interação, estratégias didáticas, criação e proposição de objetos didáticos, avaliação, entre outros tópicos. A questão central de pesquisa foi como futuros professores de Ciências e Biologia pensam e materializam o ensino e aprendizagem de Zoologia? Para isso, investigamos as sequências didáticas em suas perspectivas didáticopedagógicas, linguagem científica e mediação do conhecimento. Caracterizamos as sequências didáticas com base no conjunto de técnicas de análise de conteúdo, com apoio do software NVivo, trazendo contribuições em relação aos sentidos e temáticas atribuídos ao ensino de Zoologia, a alfabetização científica e aspectos epistêmicopedagógicos. Apresentamos, também, resultados relacionados à construção de objetos didáticos e atividades analítico-discursivas realizadas na disciplina. As ideias de dialogismo, enunciação e tema fundamentam a metodologia de análise de discurso dessa etapa, no sentido de refletir aspectos sobre evolução dos animais, questões socioambientais e culturais, mas também os padrões organizacionais do ensino de ciências, como planejamento, perspectivas, práticas e currículo. Constatamos com este estudo que a pesquisa com sequências didáticas produzidas na formação inicial tem grande potencial para discutir a construção de saberes docentes, explorando diversificados processos de ensino e aprendizagem e discutindo potencialidades e limites educativos em sala de aula. Investigar um grande número de sequências didáticas possibilitou evidenciar diferentes formas de abordar um mesmo conteúdo, inclusive para constituir temas para o ensino de Zoologia, principalmente nas dimensões evolutiva e socioambiental, e também trazendo elementos para problematizar a saúde. Nossos resultados também enfatizam que a sistemática filogenética é uma ferramenta potente no ensino e formação de professores de ciências, que abre o debate para discussões relacionadas à natureza da ciência, como inferência evolutiva, elaboração de hipóteses, transitoriedade na ciência e questões sociocientíficas sobre a conservação da biodiversidade, temas essenciais na Educação Básica.
Título em inglês
Didactic planning in the formation of Biological Sciences teachers: perspectives and references for the teaching of Zoology
Palavras-chave em inglês
didactic planning
pre-service teacher training
teaching-learning sequences
zoology
Resumo em inglês
Here we present elements of didactic conception and planning and their relations with educational practice in the perspective of pre-service Biological Sciences teacher training. We investigate the material production of teaching-learning sequences elaborated by graduate students in the context of a course that aims to discuss and problematize the teaching of Zoology. The analysis includes discussions about theme, educational activities, teaching purposes, forms of interaction, didactic strategies, evaluation, creation and proposition of didactic objects, among other subjects. The central question to address was how future Biological Sciences teachers think and materialize the teaching and learning of zoology. Our main goal was to investigate and understand the elements that determine the conception of these teaching-learning sequences, considering didactic-pedagogical perspectives, scientific language and mediation of scientific knowledge. The methodological procedures include the characterization of the didactic sequences based on a set of content analysis techniques, supported by the NVivo software. These analyses emphasize the meanings and themes attributed to zoology teaching, scientific literacy and epistemicpedagogical aspects found on the sequences. We also present results related to the construction of didactic resources and discursive-analytic activities practiced during the course. Dialogical, enunciation and theme ideas are the base for the discourse analysis methodology, in order to reflect aspects of animal evolution, socioenvironmental issues and culture, and also the organizational patterns of science teaching, such as planning, perspectives, practices and curriculum. Our results highlight that research with teaching-learning sequences produced during the preservice teacher training has great potential to discuss knowledge construction, exploring diverse teaching and learning processes and discussing potentialities and educational limits in the classroom. These analyses of different teaching-learning sequences made possible to feature different ways of approaching the same content, including the creation of themes for zoology teaching, especially in the evolutionary and socio-environmental dimensions, and also bringing elements to health issues. Our results also emphasize that phylogeny is a very important subject in teaching and teacher training, which opens the debate to discussions related to the nature of science, such as evolutionary inference, hypothesis elaboration, transience in science, and relationship between science and society for biodiversity conservation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-06-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.