• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2016.tde-08122016-153202
Documento
Autor
Nome completo
Danilo José Ferreira Pinto
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Arroio, Agnaldo (Presidente)
Messeder, Jorge Cardoso
Rezende, Daisy de Brito
Título em português
A abordagem multimodal como estratégia de ensino em um minicurso sobre interações interpartículas
Palavras-chave em português
Ensino de química
Modelos
Multimodalidade
Visualização
Resumo em português
No ensino médio, o conceito de interações interpartículas é sistemático e classificatório em detrimento de um tratamento mais crítico acerca do sistema estudado. A correta compreensão deste conceito é importante para que o aluno possa explicar diversas propriedades físicas das substâncias (MENDES, 2007). Nesta perspectiva, a abordagem multimodal oferece suporte aos métodos de avaliação, elaboração de estratégias e pesquisas na área de ensino, pois o uso de diversas linguagens facilita a compreensão do objeto de estudo pelos seres humanos (MAYER, 2003). Neste trabalho são analisadas as potencialidades e as limitações dos modelos dos estudantes de ensino médio em interações interpartículas e suas interfaces com as propriedades físicas das substâncias em um minicurso oferecido na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Os modelos expressos pelos estudantes são fomentados pela metodologia de ensino e aprendizagem do minicurso, a qual é suportada pelo uso de diversos modos de comunicação nos moldes da abordagem multimodal (MAYER, 2003). Os modelos são analisados de acordo com a frequência de acionamento de variáveis explicativas utilizadas pelo estudante para explicar e/ou predizer determinado fenômeno no contexto de resolução de problemas, enquanto que as limitações explicativas do modelo são contabilizadas qualitativamente via análise de conteúdo. Os resultados apontam que o uso de múltiplos modos de comunicação e informação se mostrou eficiente no fomento da produção discursiva em uma sala de aula heterogênea e auxiliou os estudantes durante o processo de aprendizagem, pois os modelos expressados evoluíram ao longo do minicurso em termos de complexidade, com cada vez menos limitações.
Título em inglês
The multimodal approach as a teaching strategy in a course on interparticle interactions
Palavras-chave em inglês
Chemistry teaching
Models
Multimodality
Visualization
Resumo em inglês
In high school, the concept of interparticle interactions is systematic and classificatory as opposed to a more critical treatment on the studied system. The correct understanding of this concept is important for the student to explain the physical properties of substances (MENDES, 2007). In this perspective, the multimodal approach supports the methods of evaluation, strategizing and research in the area of education, since the use of different languages facilitates the understanding of the study object by humans (MAYER, 2003). This paper analyzes the potential and limitations of high school students' models in interparticle interactions and their interfaces with the physical properties of substances in a short course offered at the Faculdade de Educação at Universidade de São Paulo (USP). The models expressed by students are fostered by the teaching and learning methodology of the course, which is supported by the use of different modes of communication in the molds of multimodal approach (MAYER, 2003). The models are analyzed according to the frequency of use of explanatory variables used by the student to explain or predict a given phenomenon in problem solving context, while the explanatory limitations of the model are counted qualitatively through content analysis. The results appoint that the use of multiple modes of communication and information are efficient in fostering the discursive production in a heterogeneous classroom and helped students during the learning process, because the expressed models evolved over the course in terms of complexity and with fewer limitations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.