• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2011.tde-31052012-103004
Documento
Autor
Nome completo
Diego Marceli Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Ricardo, Elio Carlos (Presidente)
Custódio Filho, José Francisco
Pacca, Jesuina Lopes de Almeida
Título em português
Crenças de autoeficácia e práticas docentes: uma análise de professores de física em um contexto de inovação
Palavras-chave em português
Crença de autoeficácia
Física moderna e contemporânea
Inovações curriculares
Práticas docentes
Resumo em português
Já há alguns anos presencia-se no Ensino de Física um conjunto de práticas consolidadas que dão maior ênfase aos conteúdos da Física Clássica em detrimento daqueles que se relacionam com a Física Moderna e Contemporânea (FMC), ainda que as pesquisas tenham mostrado nos últimos anos a necessidade de atualização dos currículos. Mas, por que tais mudanças não ocorrem? As crenças de autoeficácia (BANDURA, 1977) formam um constructo que possui uma interessante influência sobre o comportamento humano, desse modo, é importante compreender como as crenças de autoeficácia contribuem para o estabelecimento dessa realidade. O intuito é de tentar observar, através de uma pesquisa de natureza qualitativa, como as crenças de autoeficácia dos professores agem sobre suas práticas, dentro de um contexto de inovação. O contexto de inovação ao qual se refere este trabalho diz respeito às práticas com os conteúdos ligados à Física Moderna e Contemporânea. Para contemplar esses objetivos fez-se uso de três instrumentos para a coleta de dados: um questionário do tipo Likert, que foi utilizado para a aferição do nível de crenças de autoeficácia dos professores participantes de um curso de formação em FMC; um instrumento intermediário denominado de Situações, que auxiliou na definição final da amostra, bem como proporcionou conhecer um pouco mais das práticas dos sujeitos; e entrevistas semiestruturadas. Para as entrevistas, foram selecionados seis sujeitos que apresentavam distintos níveis de crenças de autoeficácia pessoal para compreender como as suas crenças de autoeficácia influem em seu trabalho com FMC. Os dados permitiram concluir que: i-) os professores que apresentaram um elevado nível de crença de autoeficácia pessoal são mais propensos a adoção de metodologias diversificadas e a implementação de conteúdos ligados a FMC para a promoção do interesse dos alunos; ii-) o reconhecimento de seu trabalho pelos alunos, bem como a relação afetiva com o conhecimento são interessantes fatores que contribuem para a estruturação das crenças de autoeficácia dos indivíduos; iii-) os professores que demonstraram elevado índice de crença de autoeficácia pessoal buscam alternativas para lidar com as dificuldades presentes em seu cotidiano; iv-) as persuasões verbais, realizadas pelos pares, influenciam de forma considerável os sujeitos que apresentaram baixos níveis de crenças de autoeficácia e parecem não serem tão decisivas sobre os sujeitos com altas crenças de autoeficácia; v-) os diferentes níveis de crenças de autoeficácia mostraram que os professores interpretam e lidam com situações semelhantes de forma distinta; vi-) a formação dos sujeitos é um fator relevante na constituição de suas crenças de autoeficácia. Esse estudo possibilitou também visualizar a relação intrínseca presente entre os níveis de crenças de autoeficácia dos indivíduos e a sua manifestação em contextos específicos. E, por fim, esse trabalho tornou possível enfatizar a problemática inerente aos instrumentos declarativos para aferição das crenças de autoeficácia dos indivíduos, o que reforçou a necessidade de estudos de natureza qualitativa nessa área de pesquisa.
Título em inglês
Self-efficacy beliefs and teaching practices: an analysis of teachers of physics in a context of innovation
Palavras-chave em inglês
Curricular Innovations
Educational practices
Modern and contemporary physics
Self-efficacy belief
Resumo em inglês
It has been already presence in the Physics teaching a set of consolidated practices that give more emphasis to the contents of the Classic Physics in detriment those that relate with Modern and Contemporary Physics (MCP), even though the research has shown in recent years the necessity of updating the resumes. But, why such changes do not occur? The self-efficacy beliefs (BANDURA, 1977) form a construct that has an interesting influence on the human behavior, in this manner, it is important to understand how those self-efficacy beliefs contribute for this reality establishment. The aim is to try to observe, through a qualitative research, how the self-efficacy beliefs of teachers about their practices act within a context of innovation. The innovation context in which this work is related concerns about the practices linked contents to the Modern and Contemporary Physics. To contemplate these objectives they used three instruments for the data collection: a Likert questionnaire, that was used for the gauging of the level of self-efficacy beliefs of the participant teachers of a course of formation in MCP; a intermediate instrument called of Situations, that assisted in the final definition of the sample, as well provided to know a little more about the practical of the teachers; and the semi-structuralized interviews. For the interviews, six teachers had been selected that presented distinct levels of personal self-efficacy beliefs to understand how their selfefficacy beliefs have an influence at their work with MCP. The data allowed us to conclude that: i) the teachers that had presented a high level of personal self-efficacy beliefs are more inclined to the adoption of diversified methodologies and the implementation of the contents related to the MCP for the promotion of interest often pupils; ii) the recognition of its work by the pupils, as well the affective relation with the knowledge are interesting factors that contribute for the organizations of the self-efficacy beliefs of the individuals; iii) the teachers that had demonstrated a high index of personal self-efficacy beliefs search for alternatives for dealing with the difficulties presented in their daily life; iv) the verbal persuasions, done in pairs, have an influence in a considerable form at those teachers that had presented basses levels of self-efficacy beliefs and seem not to be so decisive in the teachers with a high self-efficacy beliefs; v) the different levels of self-efficacy beliefs had shown that teachers interpret and deal with similar situations in distinct forms; vi)the formation of the teachers is a relevant factor in the constitution of its self-efficacy beliefs. This study could also make it possible to visualize the intrinsic relation presence among levels of self-efficacy beliefs of the individuals and its manifestation in specific contexts. And finally, this work has made it possible to emphasize the inherent problematic to the declarative instruments for gauging the self-efficacy beliefs of the individuals, what has strengthened the necessity of studies in a qualitative nature in this seek area.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-06-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.