• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.81.2016.tde-18032016-110105
Documento
Autor
Nombre completo
Joaquim José Soares Souza Júnior
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2015
Director
Tribunal
Muramatsu, Mikiya (Presidente)
Bizerra, Alessandra Fernandes
Lopes, Roseli de Deus
Título en portugués
Percepção e aprendizagem em exposições de ciências: um olhar para visitantes do 'Programa Ciência Itinerante'
Palabras clave en portugués
Aprendizagem
Divulgação científica
Educação não formal
Física (estudo e ensino)
Percepção
Resumen en portugués
Este trabalho apresenta uma análise das percepções e de aspectos da aprendizagem presente em conversas de visitantes de uma exposição interativa de Ciência. Utilizou-se como suporte teórico a perspectiva sociocultural de Vigotski, especificamente a parte que trata das relações sociais entre o indivíduo e o mundo exterior, explorando a percepção e a relação entre aprendizado e desenvolvimento, buscando aproximar tais ideias a situações ocorridas em exposições interativas de Ciência. Nesse sentido, o principal objetivo deste trabalho foi compreender, a partir das conversas dos visitantes, como as percepções apareceram durante a interação com os aparatos de uma exposição interativa de Ciência. O público investigado era composto por estudantes do Ensino Fundamental II da rede pública de educação, e a exposição da qual eles participaram foi promovida pelo "Programa Ciência Itinerante" do Instituto Federal Baiano - campus Uruçuca. Por se tratar de um ambiente complexo e que envolvia relações entre seres humanos e conhecimentos, optou-se por utilizar como abordagem metodológica o paradigma qualitativo interpretativo. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário sociocultural, registros em áudio e vídeo das interações e das entrevistas semiestruturas. Para o desenvolvimento da ferramenta de análise de dados, tomou-se como base a proposta metodológica Análise Textual Discursiva, utilizando como categorias a priori o sistema de codificação proposto por Allen (2002), denominado conversas de aprendizagem. Da análise, foi possível identificar as conversas que mais se repetiram e aquelas que praticamente não ocorreram. As falas que indicavam a percepção de elementos da exposição e as que expressavam algum tipo de emoção dos visitantes foram as mais recorrentes. O aparecimento das conversas durante a interação estava principalmente relacionado a três características da exposição: a presença da mediação humana, o perfil interativo dos experimentos e a presença de experimentos que se complementavam. Espera-se que este trabalho contribua para o entendimento da natureza da aprendizagem em exposições interativas de Ciências, e para a compreensão da construção de significados durante as interações.
Título en inglés
Perception and learning in science exhibitions: a look at 'Itinerant Science Program' visitors
Palabras clave en inglés
Learning
Non-formal education
Perception
Physics (study and teaching)
Scientific outreach
Resumen en inglés
This dissertation shows an analysis of perceptions and learning aspects present in conversations of visitors of an interactive science fair. It was used as theoretical support Vigotski's socio cultural perspective, specifically the part that deals with social relations between the individual and the outside world, exploring the perception and relationship between learning and development. It was pursued to approximate these ideas to the situations occurred at the interactive science event. The main objective of this paper was to understand how cognitive and affective gains generated by the interaction with the devices of a scientific event appeared in the conversations of the visitors. The public under study was composed by students of a public elementary school, and the exhibition which they participated was promoted by the "Itinerant Science Program" at the Instituto Federal Baiano, Uruçuca. Because it was a complex environment involving relations between humans and knowledge, it was selected the interpretative and qualitative paradigm as a methodological approach. Data collection was made through a socio cultural quiz, video recordings of interactions and semi structured interviews. To the development of the data analysis tool, it was taken the Textual Discourse Analysis methodological proposal, first using as categories the encoding system proposed by Allen (2002), called learning conversations. From the analysis, it was possible to identify conversations that were repeated at most and those that almost did not occur. The words indicating the perception of the elements in display and expressing some kind of emotion of the visitors were the most frequent. The emergence of conversation during the interaction was mainly related to three display features: the presence of human mediation, the interactive profile of the experiments and the presence of experiments that were complementary. It is hoped that this paper contributes to the understanding of the nature of learning in interactive science exhibitions, and for understanding the construction of meanings during interactions.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-03-22
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.