• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Benjamin Francisco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Jubran, Safa Alferd Abou Chahla (Presidente)
Araújo, Reginaldo Gomes de
Meihy, Murilo Sebe Bon
Petter, Margarida Maria Taddoni
Título em português
O dialeto árabe de Essaouira: documentação e descrição de uma variedade do sul do Marrocos
Palavras-chave em português
Dialetologia árabe
Essaouira (Mogador)
Judeu árabe
Língua árabe
Marrocos
Resumo em português
Esta tese apresenta uma descrição linguística do dialeto árabe da cidade de Essaouira, conhecida no passado como Mogador, situada no sul do Marrocos. Localizada na fronteira linguística dos territórios Chiadma (árabe) e Haha (berbere), Essaouira foi ignorada pela dialetologia do árabe, pois acreditava-se que sua população muçulmana seria berbere (Heath, 2002), de modo que chegou até nós apenas um estudo do dialeto dos muçulmanos (Socin, 1893), ao passo que todos os outros se dedicaram ao dialeto judeu da cidade (Lévy, 1994, 2009; Heath, 2002; Chetrit, 2012). A fim de preencher essa lacuna, realizou-se a documentação linguística das variedades de muçulmanos e judeus por meio da aplicação de questionário dialetológico e registro de conversação livre (Behnstedt, 1995; Caubet 2001; Behnstedt e Woidich, 2013) e, em seguida, apresentamos um estudo linguístico abrangendo fonética e fonologia, morfologia verbal e morfologia nominal do dialeto. Constatou-se que o dialeto urbano de Essaouira consiste numa variedade de tipo beduíno hilaliano ou central (Colin, 1945; 1986), mas com traços beduínos saarianos e também pré-hilalianos citadinos, o que poderia ser explicado pela história da formação da população da cidade. O dialeto de Essaouira também revelou muitos traços linguísticos em comum com variedades do sudeste do Marrocos.
Título em inglês
The Arabic dialect of Essaouira: documentation and description of a southern Moroccan variety
Palavras-chave em inglês
Arabic dialectology
Arabic language
Essaouira (Mogador)
Judeo-arabic
Morocco
Resumo em inglês
This thesis presents a linguistic description of the Arabic dialect of Essaouira, once known as Mogador, situated in the South of Morocco. Located at the linguistic border between the Chiadma (Arabic) and Haha (Berber) territories, Essaouira has been ignored by the Arabic Dialectology scholarship, since its Muslim population was considered Berber (Heath, 2002). Therefore, only one single study on the Muslim dialect (Socin, 1893) arrived to this day, while all the other ones focused on the Jewish dialect of the city (Lévy, 1994, 2009; Heath, 2002; Chetrit, 2012). We aimed at documenting linguistically both varieties the Muslim and the Jewish ones in order to fill this gap in the area. We resorted to dialectological questionnaires and recording free conversation speech (Behnstedt, 1995; Caubet 2001; Behnstedt e Woidich, 2013). Then, a linguistic study follows, presenting data on the phonetics and phonology, verbal morphology and nominal morphology of the dialect. We confirmed that the urban dialect of Essaouira consists of a Bedouin hilalian type variety (Colin, 1945; 1986), however it contains Bedouin Saharan features and pre-hilalian features as well, probably due to the History of formation of its population. The dialect of Essaouira also showed several linguistic traits shared by southeastern Moroccan varieties.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.