• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-31032017-093301
Documento
Autor
Nombre completo
Samira dos Santos Ramos
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Gregorin Filho, Jose Nicolau (Presidente)
Mendes, Maria dos Prazeres Santos
Rodrigues Filho, José Maria
Título en portugués
Entre a espera e a jornada: as representações do feminino na literatura infantil brasileira como metáfora social
Palabras clave en portugués
Comparatismo literário
Contos de Fadas
Literatura Infantil
Relações de Gênero
Representação
Resumen en portugués
A presente dissertação está inserida na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa e tem como objetivo constatar que elementos literários permitem a contribuição da Literatura Infantil para a formação de espírito sobre o feminino em determinada época, em obras que se apropriam do conto popular Forma literária legitimada como transmissora de valores para desenvolver a consciência crítica do leitor, através do questionamento, validação e de divulgação de novas proposições de valores. Para tanto, realizou-se uma análise comparativa de obras que tinham como protagonista a figura de uma jovem princesa que se preparava para a vida adulta através de uma jornada em busca da própria identidade. Os corpora são A rainha e as irmãs, conto popular recolhido por Câmara Cascudo presente na obra Contos Tradicionais do Brasil (1955), Procurando Firme (1984) de Ruth Rocha e Uma, duas, três princesas (2013) de Ana Maria Machado. Para dar suporte à análise, verificamos teorias que justificassem afirmar que a função social, a linguagem, a ética interna e a possibilidade de atualização do conto popular o configuram como um texto que, legitimado pela comunidade que o recebe, torna possível a transmissão de valores abstratos. Para entender como a literatura infantil se apropriou do conto popular, investigamos as relações entre a mentalidade do homem primitivo e da criança e suas aproximações quanto à percepção da realidade. Situamos as obras em um contexto histórico-social, problematizando a literatura infantil em meio às mudanças de paradigmas e mentalidade em nossa sociedade, que terminam por influenciar na representação do feminino. Os valores considerados femininos foram abordados em perspectiva histórica e do estudo de gêneros. Justificamos a escolha das obras investigando as relações entre a saga do herói e os ritos masculinos e femininos de iniciação à vida adulta, com intenção de compreender em qual medida essa jornada pode ser considerada uma metáfora da condição humana. Apresentamos e comentamos um panorama de obras do século XX no Brasil em que há a figura da princesa. Na análise dos corpora, comparamos as relações entre a figura da princesa e a família, a preparação para a jornada e os aspectos valorizados em cada jornada. Consideramos que as narrativas acompanham o discurso sobre o feminino em cada época e projetam-se sobre a prática da geração seguinte, transpondo a representação da mulher como um indivíduo para transfigurar-se em uma metáfora da condição feminina na sociedade.
Título en inglés
Between the waiting and the journey: the feminine representations in Brazilian children's literature as a social metaphor
Palabras clave en inglés
Childrens Literature
Fairy Tales
Genders relations
Literary Comparatism
Representation
Resumen en inglés
This dissertation of master degree is inserted in Comparative Studies of Portuguese Language Literature and aims to see some literary elements that can contribute to Children's Literature participate of the formation of mentality about female at each time, in works where there is the appropriation of folktales as a kind of literature legitimized by a people to pass some values to develop a critical awareness of the reader, through questioning, validation and dissemination of new values. Therefore, a comparative analysis was carried out works which had as protagonist the figure of a young princess who was preparing herself to the adult life through a journey in search of their own identity. The corpora consists of A rainha e as irmãs, folktale collected by Cascudo present in the work Contos Tradicionais do Brasil (1955), Procurando Firme (1984), by Ruth Rocha and Uma, duas, três princesas (2013), by Ana Maria Machado. To support the analysis, we find theories that justify affirm that the social function, the language, the internal ethics and the upgradeability of the folktale configure it as a text, which if legitimized by the community that receives, makes possible the transmission of abstract values. To understand how children's literature has appropriated the folktale, we investigated the relationship between the mentality of primitive man and child and their approaches regarding the perception of reality. The works were situated in a socio-historical context, discussing children's literature amid the paradigms and mentality changes in our society, which ultimately influence the female representation. The values considered female gender were approached in historical perspective and of the study of genres. We justified the choice of works investigating the relationship between the hero's journey and the male and female in the rites of initiation into adulthood, with intent to understand to what extent this journey can be considered a metaphor for the human condition. Were presented and commented an overview of works of the twentieth century in Brazil in which there is the figure of the princess. In corpora analysis, were compared the relationships between the figure of the princess and the family, the preparing for the journey and the aspects valued on each journey. We believe that the narrative follows the discourse on women in each time and are projected on the practice of the next generation, transposes the representation of women as an individual for transfigure into a metaphor of the women's status in society.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-03-31
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.