• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-27012014-104758
Documento
Autor
Nome completo
Adenize Aparecida Franco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Lugarinho, Mário César (Presidente)
Cunha, Eneida Leal
Ramos, Tânia Regina Oliveira
Silva, Rejane Vecchia da Rocha e
Simas, Monica Muniz de Souza
Título em português
Labirintos perdidos: ficção contemporânea em trânsito nos romances de Bernardo Carvalho e Francisco José Viegas (2000-2010)
Palavras-chave em português
Globalização
Identidade cultural
Literatura comparada
Romance policial
Viagem
Resumo em português
Esta tese investiga de que forma a ficção contemporânea de língua portuguesa encontra possibilidades de resistência à crise do romance que tem se estabelecido na contemporaneidade. As obras dos autores Bernardo Carvalho e Francisco José Viegas, inscritos no início do século XXI, permitem verificar como a ficção da era atual suplanta a crise da narrativa e inscreve-se como elemento de resistência. Com base nas teorias de Walter Benjamim, Theodor Adorno, Zygmunt Bauman e Andreas Huyssen - acerca do declínio da narrativa e do romance aliadas a questões de deslocamento, memória e identidade procuramos demonstrar que essa ficção responde a um momento de crise e de transição. Assim, a ficção dos autores investigados representa não a crise do romance, antes configurase como romance da crise, justamente por encontrar nas questões conflitantes (transgressão narrativa, deslocamento espacial, diluição da memória e identidades fluídas) os muros para a construção de seu labirinto ficcional.
Título em inglês
Lost labyrinths: contemporary fiction in transit in Bernardo Carvalho's and Francisco José Viegas' novels (2000-2010)
Palavras-chave em inglês
Comparative literature
Cultural identity
Detective novel
Globalization
Trip
Resumo em inglês
This thesis investigates how the contemporary fiction of Portuguese language meets possibilities of resistance to the crisis of the romance that has established in the contemporaneity. The titles of the authors Bernardo Carvalho and Francisco José Viegas, registered in the beginning of the 21st century, allow examining how the fiction from the current era supplants the narrative crisis and inscribes itself as a resistance element. Based in the theories of Walter Benjamim, Theodor Adorno, Zygmunt Bauman and Andreas Huyssen about the decline of the narrative and the romance allied to questions of displacement, memory and identity we try to demonstrate that this fiction responds to a moment of crisis and transition. Thus, the fiction of the authors investigated represents not the crisis of the romance, before, it configures itself as romance of the crisis, justly for meeting in the conflicting questions (narrative transgression, spatial displacement, dilution of the memory and fluid identities) the walls for the construction of its fictional labyrinth.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-01-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.