• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-24052017-105502
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Fatima da Fonseca Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Cara, Salete de Almeida (Presidente)
Chaves, Rita de Cassia Natal
Coutinho, Alexandre Montaury Baptista
Título em português
Experiência colonial e pós-colonial na ordem ruinosa do mundo: uma leitura de O esplendor de Portugal, de António Lobo Antunes
Palavras-chave em português
António Lobo Antunes
Colonialismo
Literatura da guerra colonial
Literatura portuguesa
Pós-colonialismo
Resumo em português
A observação dos procedimentos formais empregados por António Lobo Antunes em O esplendor de Portugal (1997) levou-nos a constatar a existência, no livro, de uma visão crítica muito peculiar e complexa a respeito da História do colonialismo português e do contexto pós--colonial em que Angola e Portugal inserem-se. Dessa forma, o objetivo de nossa dissertação de mestrado é elucidar a dinâmica social representada nO esplendor de Portugal e a condução que o desígnio autoral dá a essa representação. Nesse sentido, procuramos identificar as inter- -relações entre os elementos formais estruturadores da obra e aqueles que regem as dinâmicas sociais que nela figuram. Para alcançarmos tal objetivo, direcionamos nossos estudos a leituras de teoria e crítica literária pautados nas noções de redução estrutural e de interpretação dialética, que Antonio Candido propõe. Paralelamente, procedemos ao delineamento e à análise dos contextos históricos que envolvem o enredo do romance em questão, com ênfase à observação das dinâmicas dialéticas que se deram entre o desenvolvimento do capitalismo das grandes potências mundiais e o atraso econômico de Portugal, bem como ao modo como essas dinâmicas intervieram na constituição e na manutenção das formas sociais de base do colonialismo português na África. Depois desse embasamento teórico, efetuamos a análise literária de O esplendor de Portugal e constatamos que, nessa obra, a visão crítica sobre o colonialismo português em suas imbricações com as conjunturas políticas e econômicas mundiais assenta-se no cruzamento, dentro do romance, de diversas temporalidades, que se situam entre o fim do século XIX e o ano de 1995. É a partir do cruzamento dessas temporalidades que o desígnio autoral faz sobressaírem questões como os modos de exploração da força de trabalho angolana, a atuação do grande capital estrangeiro em Angola, o travamento das expectativas de expansão econômica dos colonos proprietários, subordinados que estavam ao Estado português e ao poderio do grande capital, a corresponsabilidade desses colonos na instituição e na generalização da violência que permeou as relações sociais na colônia e a influência que os interesses estrangeiros também tiveram na exploração de Angola, nos rumos da guerra colonial e na intensificação e ampliação dos conflitos existentes entre os movimentos nacionalistas angolanos. A principal conclusão a que chegamos, portanto, é a de que o pilar sobre o qual se assenta a construção de O esplendor de Portugal é a composição, subjacente à complexa rede narrativa do romance, de uma rede não menos complexa de relações causais entre as temporalidades abrangidas no livro, na qual se destacam as linhas de ruptura e de continuidade históricas que sustentam essa rede e que constroem a representação do presente catastrófico em que se situam os narradores.
Título em inglês
Colonial and post-colonial experience in runious world order: a reading from O Esplendor de Portugal, by António Lobo Antunes
Palavras-chave em inglês
António Lobo Antunes
Colonialism
Literature of the colonial war
Portuguese literature
Post-colonialism
Resumo em inglês
The observation of formal procedures employed by António Lobo Antunes in O esplendor de Portugal (1997) took us to recognize the existence, in the book, a very peculiar and complex critical view about the History of portuguese colonialism and the post-colonial context in that Angola and Portugal are inserted. In this way, the purpose of our dissertation is to show the social dynamics represented in O esplendor de Portugal and the driving the authorial plan gives to this representation. Therefore, we look for to identify the relationships between the formal elements structures of the work and those that react the social dynamics that are listed. To achieve this purpose, we direct our studies to readings of literary theory and criticism based on the concepts of structural reduction and dialectical interpretation that Antonio Candido proposes. At the same time, we proceed to delineation and to analysis of the historical context to involve the plot of the novel in question, with emphasis to observation of dialectical dynamics that happened between the development of capitalism of the major world powers and the economic backwardness of Portugal, as well to how these dynamics intervened in the constitution and in the maintenance of basic social forms of portuguese colonialism in Africa. After this theoretical base, we did the literary analysis of O esplendor de Portugal and we found that, in this work, the critical view on portuguese colonialism in their impact, appear with the political and economic situations in the world are cross, into the novel, of different temporalities, which fall between the end of the 19TH century and the year of 1995. Is from crossing these temporalities that authorial intent does to protrude issues like operating modes of the angolan workforce, the performance of large foreign capital in Angola, the expectations of economic expansion of the colonists owners, subordinates who were the Portuguese State and the power of big capital, the co-responsibility of these settlers in the institution and in the widespread violence that pervaded the social relations in the colony and the influence that foreign interests also had on Angola exploration, in the direction of the colonial war and on intensification and expansion of the existing conflicts between the Angolan nationalist movements. The main conclusion that we reached, therefore, is that the pillar on which sits the creation of O esplendor de Portugal is the composition, underlying the complex net of romance narrative, not less complex of causal relationships between the temporalities covered in the book, in which the lines of rupture and historical continuity that underpin this network and that build the representation of the catastrophic present in which are situated the narrators.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.