• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2020.tde-02032021-185420
Documento
Autor
Nome completo
Bruna Renata Bernardo Escaleira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Inacio, Emerson da Cruz (Presidente)
Bridi, Marlise Vaz
Freitas, Marinela Carvalho
Ramos, Tânia Regina Oliveira
Título em português
Não tenhas medo de ser: corpo, transgressão e liberdade na Poesia erótica de Maria Teresa Horta e Olga Savary
Palavras-chave em português
Comparatismo literário
Erotismo
Gênero
Literatura de Autoria Feminina
Poesia de Língua Portuguesa
Resumo em português
A portuguesa Maria Teresa Horta e a brasileira Olga Savary publicam livros de poesia erótica em um momento de impulsão dos movimentos feministas em seus países nas décadas de 1970 e 1980. Enquanto Savary não reivindica diretamente questões políticas relativas às mulheres, Horta participa ativamente do movimento feminista português. O objetivo deste trabalho é, a partir das obras Educação Sentimental (HORTA, 1976) e Magma (SAVARY, 1982), fazer uma análise comparatista que tem o corpo, a transgressão e a liberdade como operadores críticos para a percepção da poética das duas autoras, olhando para o erotismo como um espaço de conflito, confronto e poder que propicia a liberação feminina e a ruptura com a poesia canônica. Para tanto, a pesquisa dialogará com a crítica literária feminista e os estudos de gênero, tomando como horizontes teóricos os pensamentos de Simone de Beauvoir, Hélène Cixous, Michel Foucault, Audre Lorde, Adrienne Rich, Judith Butler, entre outros, para investigar se os discursos eróticos de Savary e Horta entram em conflito com o poder patriarcal ou conformam abordagens alternativas em relação ao falogocentrismo e à heterossexualidade e seus dispositivos.
Título em inglês
Be thou not afraid of being: body, transgression and freedom in the erotic poetry of Maria Teresa Horta and Olga Savary
Palavras-chave em inglês
Erotism
Female Autorship Literature
Gender
Literary Comparatism
Poetry in Portuguese
Resumo em inglês
Portuguese Maria Teresa Horta and Brazilian Olga Savary have both published erotic poetry books in a time of feminist political effervescence, each in their respective countries and during the decades of 1970 and 1980. While Savary may not have claimed political matters relative to women directly on her work, Horta actively participated on the Portuguese feminist movement. The goal of this paper is to analyse comparatively the works Educação Sentimental (HORTA, 1976) and Magma (SAVARY, 1982) in order to review the themes of body, transgression and freedom as critical imperatives for the understanding of the poetic perception of both authors, looking towards erotism as an enabler of conflict, confrontation and power which provides female liberation and the rupture with canonic poetry. This research will build a dialogue with feminist literary review and gender studies, guided by the works, thoughts and theories of Simone de Beauvoir, Hélène Cixous, Michel Foucault, Audre Lorde, Adrienne Rich and Judith Butler, among others, in order to investigate if Savary and Horta's erotic discourses either confront patriarcal power or conform to alternative approaches regarding phallogocentrism and heterosexuality and their social mechanisms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.