• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-13072011-143257
Documento
Autor
Nome completo
Priscilla Herrerias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Vassina, Elena Nikolaevna (Presidente)
Almeida, Jorge Mattos Brito de
Silva, Antônio Carlos de Araújo
Título em português
A poética dramática de Tchékhov: um olhar sobre os problemas de comunicação.
Palavras-chave em português
Anton Tchékhov
Drama moderno
Literatura russa
Teatro russo
Teoria teatral
Resumo em português
As lacunas nos processos de comunicação entre as personagens dramáticas de Anton Tchékhov (1860-1904) apresentam-se como um traço básico e definitivo de sua poética. A análise dos processos comunicativos entre as personagens das quatro principais peças do autor - A gaivota (1896), O tio Vânia (1897), As três irmãs (1900) e O jardim das cerejeiras (1904) - elucida a criação de um novo paradigma artístico em seu sistema dramático, cujas inovações marcaram profundamente todo o teatro do século XX e exercem enorme influência até os dias de hoje. O presente trabalho apresenta um recorte das obras selecionadas em relação ao contexto russo da época, evidenciando inquietações que anunciavam transformações profundas na sociedade. Neste intuito, retoma a teoria dos gêneros literários e suas principais críticas, que realçaram a importância da relação entre os gêneros e o momento histórico em que se consolidavam; assim, adquire relevo nas análises o conceito de "romantização" dos gêneros proposto pelo filósofo e teórico literário russo Mikhail Bakhtin (1895-1975), a partir da ideia de "supremacia" do único gênero em devir. Com a emersão de elementos épicos e líricos na dramaturgia tchekhoviana, observa-se como o diálogo, forma do gênero dramático por excelência, motor das ações que impulsionam o avanço do enredo no sistema dramático tradicional, tem sua unidade enfraquecida, fazendo com que o drama tchekhoviano necessite da encenação para realizar-se plenamente. O "invisível" e o "indizível", aquilo que subjaz às réplicas, que está latente justamente nas lacunas dos processos comunicativos entre as personagens, torna-se vital a este novo teatro, que acolhe e conta com a imaginação de leitores/espectadores.
Título em inglês
Chekhov's dramatic poetics: a view on the communication problems
Palavras-chave em inglês
Anton Chekhov
Drama theory
Modern drama
Russian literature
Russian theatre
Resumo em inglês
The gaps in the communication processes between the dramatic characters of Anton Chekhov (1869-1904) consist on a basic and definite trait of the author's dramatic poetics. The analysis of the communication processes of four of Chekhov's major plays - The seagull (1896), Uncle Vanya (1897), Three sisters (1900) and The cherry orchard (1904) - elucidate the creation of a new artistic paradigm in the author's dramatic system, the innovations of which deeply affected the twentieth century theatre and have exerted a major influence until today. The study approaches the selected plays firstly considering the Russian context of the period, highlighting historical transformations that were already on course. Secondly, it examines the literary genres theory, as well as the most important criticism it suffered. The concepts developed by the Russian philosopher and literary critic Mikhail Bakhtin (1895-1975), which took into account the relationship between the literary genres and the historical moments when they were being shaped, acquire great importance in our analysis. Specially the notion of the novel as a contemporary genre, which embraces and affects all the other genres. After clarifying this influence by identifying the presence of epic and lyric elements in Chekhov's plays, we observe how the dialogue, the traditional form of the dramatic genre, motor of the actions that push the plot forward, has its unit weakened. As a consequence, chekhovian drama needs staging to be fully achieved: what is not visible and cannot be reduced to words, what is latent in the gaps of communication, underlying the characters' speeches, become vital to this new theatre, which welcomes and counts on the imagination of its audience.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-07-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.