• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2017.tde-14032017-160249
Documento
Autor
Nome completo
Julián Miguel Barbero Fuks
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Fabio Rigatto de Souza (Presidente)
Almeida, Jorge Mattos Brito de
Schwartz, Adriano
Vasconcelos, Sandra Guardini Teixeira
Vidal, Paloma
Título em português
História abstrata do romance
Palavras-chave em português
Antirromance
Crise
Ficção
Modernidade
Realismo
Romance
Resumo em português
Este trabalho tem a irresponsável ambição de ser uma revisão da trajetória do romance em seus supostos quatro séculos de existência. Para tratar de dar conta de algo tão vago e tão vasto, define como seu objeto não o romance em si, mas a ideia abstrata de romance, tal como proposta por uma série de romancistas canônicos em ensaios, prefácios, cartas, biografias, testemunhos, entrevistas, e também em suas ficções. Propõe-se a ser ele próprio uma sequência de ensaios: sobre a duvidosa ascensão do gênero em um tempo exato e um espaço restrito; sobre um questionável apogeu de potencialidade infinita; sobre a tão alardeada crise do romance; sobre as marcas já perceptíveis de uma reascensão. Afirma-se então o arco narrativo que se quer negar: o objetivo do trabalho é tentar mover certas noções pré-fabricadas, revolver concepções decantadas, calcificadas em um sólido conjunto de convenções. O resultado não pode ser mais que um novo conjunto de convenções, composto, porém, por elementos bem mais maleáveis, por interrogações, incertezas, relativizações.
Título em inglês
Abstract history of the novel
Palavras-chave em inglês
Antinovel
Crisis
Fiction
Modernity
Novel
Realism
Resumo em inglês
This work has the irresponsible ambition to be a review of the novels trajectory in its supposed four centuries of existence. To try to apprehend something so vague and vast, it defines as its object not the novel itself, but the abstract idea of the novel, as proposed by a number of canonical novelists in their essays, prefaces, letters, biographies, testimonies, interviews, and also in their fictions. The work itself intends to be a sequence of essays: on the dubious rise of the genre in an exact time and a restricted space; on a questionable apogee of infinite potentiality; on the much-commented crisis of the novel; on the already perceptible marks of a reascendance. It affirms, then, the narrative arch that it would like to deny: the intention is to move certain prefabricated notions, to revolve decanted conceptions, calcified in a solid set of conventions. The result cannot be more than a new set of conventions, composed, however, by far more malleable elements speculations, interrogations, uncertainties.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.