• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-09032016-161458
Documento
Autor
Nome completo
Flávio Garcia Vichinsky
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Franco, Marcia Maria de Arruda (Presidente)
Bernardes, José Augusto Cardoso
Oliveira, Paulo Fernando da Motta de
Schapochnik, Nelson
Silveira, Jorge Fernandes da
Título em português
Os Lusíadas para os 'lusitos': o destino do épico camoniano no liceu português e a interferência do Estado Novo
Palavras-chave em português
Camões
Escola portuguesa
Estado Novo
Literatura portuguesa
Os Lusíadas
Portugal
Resumo em português
Com este trabalho pretendemos mostrar que durante o período do Estado Novo em Portugal o estado operou uma dinâmica de inculcação de valores e ideologias extremamente nacionalistas, determinada por um processo de cerceamento e controle das individualidades. E isso se mostrou de forma especial no ensino literário, chegando a atingir o monumento épico da cultura portuguesa, Os Lusíadas, cuja recepção vigiada e orientada pode ser percebida através dos documentos oficiais, dos métodos e dos materiais pedagógicos em uso no período. Nesse sentido, buscamos apresentar as principais concepções pedagógicas ligadas ao ensino literário, delatadas implícita ou explicitamente através dos discursos oficiais, da legislação a respeito do ensino secundário, dos programas escolares e de outros elementos ligados à educação, dentro de um cenário que remonta à época de criação dos liceus (século XIX), para que se possa compreender a opção de leitura conservadora, utilitarista e nacionalista que o regime estado-novista impingiu ao poema de Camões.
Título em inglês
The Lusiads for lusitos: the fate of the camonian epic at the Portuguese lyceum and the interference of the Estado Novo
Palavras-chave em inglês
Camões
Estado Novo
Portugal
Portuguese literature
Portuguese school
The Lusiads
Resumo em inglês
With this paper, we intend to show that during the period of Estado Novo in Portugal the state operated a dynamic of inculcation of values and ideologies extremely nationalist, determined by a process of retrenchment and control of individualities. Moreover, it was showed especially in literary education, reaching the "epic monument" of Portuguese culture, The Lusiads, which guarded and guided reception can be perceived through the official documents, the methods and teaching materials in use in the period. In this sense, we present the main pedagogical concepts that was linked to the literary education, which are revealed, implicitly or explicitly, through the official speeches, the legislation concerning secondary education, school programs and other education-related elements, within a scenario that dates back to the time of creation of lyceums (nineteenth century), to let us understand the conservative, utilitarian and nationalistic reading option the Estado Novo imposed to the Camões poem.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.