• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2022.tde-20092022-180116
Documento
Autor
Nome completo
Dario Trevisan de Almeida Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2022
Orientador
Banca examinadora
Hansen, Joao Adolfo (Presidente)
Carvalho, Maria do Socorro Fernandes de
Muhana, Adma Fadul
Pinto, Rodrigo Gomes Oliveira
Título em português
A substância de tudo: Antônio Vieira e as artes excerpendi
Palavras-chave em português
Antigo Regime Tipográfico
Antônio Vieira
Artes excerpendi
Índice das coisas mais notáveis
Práticas de leitura
Resumo em português
Nuclear entre letrados seiscentistas, o excerpere pode ser definido como a prática de coletar excerpta, isto é, provas, exemplos, palavras e figuras para inuentio e elocutio de gêneros retóricos e poéticos vários aos quais, de modo a torná-los facilmente acessíveis, eram ajuntados um ou mais índices alfabéticos. Com isso, tornou-se corrente, no Antigo Regime Tipográfico, o uso de "índices copiosos", que, no fim de livros de diferentes gêneros, reuniam em lugares-comuns alfabetados excertos da obra que acompanhavam. Nas letras luso-brasileiras, exemplar privilegiado dessa prática são os "índices das coisas mais notáveis" acrescidos aos quinze tomos dos Sermões (1679-1748), de Antônio Vieira. A fim de reconstruir arqueologicamente modos verossímeis de compô-los e utilizá-los, tais índices são aqui estudados, por um lado, à luz da compreensão do excerpere no âmbito da cultura escolar jesuítica e, por outro, em sua relação com práticas indiciais no Antigo Regime Tipográfico. Para isso, aborda-se, no primeiro capítulo, um conjunto de documentos produzidos pela Companhia de Jesus, entre 1540 e 1565, indicando-se a centralidade do excerpere nas práticas educacionais da Ordem. No segundo capítulo, trata-se de duas artes excerpendi jesuíticas, De ratione libros cum profectu legendi libellus (1613), de Francesco Sacchini, e Aurifodina artium et scientiarum omnium (1638), de Jeremias Drexel, demonstrando-se o lugar ancilar do excerpere para as práticas de leitura dos discípulos de Retórica, que se centravam no aprendizado de modelos retórico-poéticos, aquisição de eruditio e instrução a um saber viver prudente. No terceiro capítulo, estabelece-se uma analogia entre livro e discurso retoricamente instruído, analisando-se um conjunto de índices impressos, sobretudo no âmbito português, censuras letradas a eles e lugares-comuns discursivos e editoriais utilizados para garantir-lhes credibilidade, como a "comodidade do leitor". Assim, a partir da discussão desses aspectos, propõem-se os índices de Vieira como mediadores entre a leitura dos Sermões, os excerpta deles extraídos e a inuentio sermonária.
Título em inglês
The substance of everything: Antônio Vieira and the artes excerpendi
Palavras-chave em inglês
Antônio Vieira
Artes excerpendi
Index of the most remarkable things
Reading practices
Typographical Old Regime
Resumo em inglês
Nuclear among 16th century scholars, excerpere can be defined as the practice of collecting excerpta, that is, proofs, examples, words, and figures for inuentio and elocutio of various rhetorical and poetic genres to which, in order to make them easily accessible, one or more alphabetical indexes were attached. Thus, it became common practice in the Typographical Old Regime to use "copious indexes", which, at the end of books of different genres, gathered in alphabetical commonplaces excerpts of the work they accompanied. In Luso-Brazilian letters, a privileged example of this practice are the "indexes of the most remarkable things" added to the fifteen volumes of the Sermões (1679-1748), by Antônio Vieira. In order to reconstruct archaeologically credible ways of composing and using them, these indexes are studied here, on the one hand, in the light of the understanding of excerpere in the context of the Jesuit school culture and, on the other hand, in its relation with indicial practices in the Typographical Old Regime. For this purpose, the first chapter deals with a set of documents produced by the Society of Jesus between 1540 and 1565, indicating the centrality of the excerpere in the educational practices of the Order. The second chapter deals with two Jesuit artes excerpendi, De ratione libros cum profectu legendi libellus (1613), by Francesco Sacchini, and Aurifodina artium et scientiarum omnium (1638), by Jeremias Drexel, showing the ancillary place of the excerpere for the reading practices of Rhetoric disciples, which were centered on learning rhetorical-poetic models, acquiring eruditio, and instruction in prudent living. In the third chapter, an analogy between books and rhetorically instructed discourse is established, analyzing a set of printed indexes, especially in the Portuguese sphere, literate censures to them, and discursive and editorial platitudes used to ensure their credibility, such as the "reader's convenience". Thus, based on the discussion of these aspects, Vieira's indexes are proposed as mediators between the reading of the Sermões, the excerpta extracted from them, and the sermonary inuentio.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-09-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.