• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-27062014-120851
Documento
Autor
Nome completo
Benilde Socreppa Schultz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Baccin, Paola Giustina (Presidente)
Alves, Ieda Maria
Caramori, Alessandra Paola
Murakawa, Clotilde de Almeida Azevedo
Zucchi, Angela Maria Tenorio
Título em português
O conhecimento de mundos desconhecidos: palavras e coisas do português na literatura dos viajantes italianos
Palavras-chave em português
Descobrimentos portugueses
Empréstimos neológicos casuals
Léxico italiano
Léxico português
Viajantes italianos
Resumo em português
Esta pesquisa tem por objetivo registrar os empréstimos da língua portuguesa na literatura dos viajantes italianos que tiveram contato com os portugueses. Zolli (1995), Zaccaria (1905, 1927) e DAgostino (1994) consideram que o léxico dos viajantes italianos é uma fonte de empréstimos casuals, ou seja, neologismos que não tiveram a oportunidade momentânea de fazer parte da língua italiana ou o foram introduzidos mais tarde. Muitos casuals são utilizados para descrever as coisas novas que os viajantes encontravam e que não existiam ainda na língua italiana. Podemos comparar os casuais aos cometas, que permanecem nos céus por um curto período de tempo, iluminando e imprimindo a sua beleza, mas que logo em seguida desaparecem. A língua portuguesa tem um importante papel na constituição desse conjunto de empréstimos ocasionais, pois, ao registrar os novos elementos encontrados, os viajantes o faziam através da língua portuguesa, em fenômenos de interferência linguística, caracterizando uma aquisição inconsciente ou outras vezes, conscientemente. Para compor os corpora desta pesquisa escolhemos treze viajantes, dos séculos XVI e XVII, que estiveram em colônias e cidades existentes nas possessões ultramarinas. A seguir, selecionamos as ocorrências dos empréstimos e as analisamos à luz das teorias de Alves e Klajn. Portanto, esta pesquisa de doutorado tem por objetivo fazer um levantamento do registro do léxico casual do português na literatura dos viajantes italianos e examinar como esse léxico servia muitas vezes para dar uma cor local (GUSMANI, 1983; ALVES, 1990; APRILE, 2005) ao texto, subjugando a imaginação do leitor e expressando o desejo do viajante de tornar a sua obra imorredoura, eterna.
Título em inglês
The knowledge of unknown worlds: words and things of the Portuguese language in the literature of the Italian travelers
Palavras-chave em inglês
Italian lexicon
Italian travelers
Neological loans called casuals
Portuguese discoveries
Portuguese lexicon
Resumo em inglês
This research aims to record the loans of the Portuguese language in the literature of Italian travelers who had contact with the Portuguese. Zolli (1995), Zaccaria (1905, 1927) and D'Agostino (1994) consider that the lexicon of Italian travelers is a source of loans called casuals. Or: Neologisms that have not had the opportunity to be part of the Italian language, but are used to describe the new things that travelers find - and still do not exist in their own language. We can compare the casuals to comets, which remain in the heavens for a short time, lighting up and printing-up its beauty in the skies and then disappearing. So these loans appear momentarily, but do not vanish: get eternally printed, fulfilling their function: to illuminate and give color to the text. The researchs corpora will comprise the Italian travelers, especially those of the sixteenth and seventeenth centuries who were in colonies and overseas possessions. Soon after, we selected occurrences of loans and analyzed in the light of theories of Alves and Klajn. Therefore, this PhD research aims to survey the record of the casual lexicon of Portuguese literature by Italian travelers and examine how this lexicon often served to give a local color (GUSMANI, 1983; ALVES, 1990; APRILE, 2005) to the text, overwhelming the reader's imagination and expressing the desire of the traveler make his work undying, and eternal.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-06-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.