• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2020.tde-17022020-165504
Documento
Autor
Nome completo
Tatiana Iegoroff de Mattos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ortale, Fernanda Landucci (Presidente)
Corrias, Vinicio
Costa, Heloisa Brito de Albuquerque
Maggio, Giliola
Título em português
A música no imagináro ítalo-pedrinhense: o pós-método no ensino e na revitalização da língua de herança
Palavras-chave em português
Língua de herança
Material didático
Pedagogia pós-método
Pedrinhas Paulista
Potencialidades metodológicas
Resumo em português
O objetivo do presente estudo é observar o papel da música em Pedrinhas Paulista e suas potencialidades no ensino e na revitalização linguística e cultural da comunidade, uma ex-colônia italiana fundada em 1952 e localizada no interior do Estado de São Paulo. Para isso, apresentamos de maneira aprofundada tal comunidade, além do curso de Italiano como Herança ali implementado. Também traçamos um histórico com informações sobre a presença da música nos primeiros tempos da cidade e na atualidade, além de analisar a elaboração e a aplicação de uma unidade didática sobre o tema, pensada exclusivamente para o curso de Italiano como Herança. Os participantes desta pesquisa, portanto, são moradores da cidade de Pedrinhas Paulista que têm alguma relação com a música e, também, a professora, as colaboradoras e os alunos do curso de Italiano como Herança. Para a fundamentação teórica desta pesquisa realizamos um estudo sobre diferentes definições de língua de herança, justificando, assim, a escolha da definição proposta por Ortale (2016). Foram utilizados, também, estudos sobre a metodologia da história oral (MEIHY, 2002) e identidade (BAUMAN, 2004; HALL, 2006). Antes de chegar à perspectiva do pós-método (KUMARAVADIVELU, 2003 e 2006), percorremos autores que estudaram o uso da música no ensino de línguas estrangeiras, além de apresentar as especificidades do ensino de uma língua de herança. A análise da unidade didática La musica, por fim, pautou-se em tudo o que foi apresentado e também nos comentários e considerações feitas por alunos e professores após a aplicação desse material em sala de aula. Assim sendo, esperamos que esta pesquisa possa contribuir com os estudos sobre línguas de herança, incentivando o uso das culturas locais como matéria prima para potencializar a revitalização linguística e cultural de cada comunidade.
Título em italino
La musica nell'immaginario italo-pedrinhense: il post-metodo nell'insegnamento e nella rivitalizzazione della lingua ereditaria
Palavras-chave em italino
Lingua ereditaria
Materiale didattico
Pedagogia del post-metodo
Pedrinhas Paulista
Potenzialità metodologiche
Resumo em italino
L'obiettivo di questa ricerca è osservare il ruolo della musica a Pedrinhas Paulista e le sue potenzialità nell'insegnamento e rivitalizzazione linguistica e culturale della comunità, una ex colonia italiana fondata nel 1952 e situata all'interno dello Stato di São Paulo. Per questo, presentiamo in maniera dettagliata questa comunità, oltre al corso di Italiano como Herança lì applicato. Abbiamo anche tracciato una cronologia con le informazione sulla presenza della musica nei primi anni della città e nell'attualità, oltre ad analizzare la preparazione e l'applicazione di un materiale didattico su questo argomento, creato esclusivamente per il corso di Italiano como Herança. I partecipanti di questa ricerca, pertanto, sono gli abitanti della città di Pedrinhas Paulista che hanno un legame con la musica e, anche, la professoressa, le collaboratrice e gli studenti del corso di Italiano como Herança. Per l'argomentazione teorica di questa ricerca abbiamo fatto un studio delle diverse definizioni di lingua ereditaria, giustificando, così, la scelta della definizione proposta da Ortale (2016). Sono anche stati utilizzati studi sulla metodologia della storia orale (MEIHY, 2002) e sull'identità (BAUMAN, 2004; HALL, 2006). Prima di arrivare alla prospettiva del post-metodo (KUMARAVADIVELU, 2003 e 2006), abbiamo affrontato gli autori che hanno studiato l'uso della musica nell'insegnamento di lingue straniere, oltre a presentare le specificità dell'insegnamento di una lingua ereditaria. L'analisi del materiale didattico "La musica", infine, è stato guidato da tutto quello che è stato presentato e anche dai commenti e osservazioni fatti dagli alunni e professori dopo l'applicazione di questo materiale in aula. In questo modo, speriamo che questa ricerca possa aiutare gli studi sulle lingue ereditarie, promuovendo l'uso delle culture locali come materia prima per potenziare la rivitalizzazione linguistica e culturale di ogni comunità.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-02-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.