• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-11062013-103907
Documento
Autor
Nome completo
Roberta Ferroni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Mordente, Olga Alejandra (Presidente)
Almeida Filho, José Carlos Paes de
Gullo, Annita
Lindo, Luiz Antonio
Ortale, Fernanda Landucci
Título em português
As estratégias de comunicação durante a realização de tarefas feitas em colaboração por aprendizes de línguas próximas: rumo ao plurilinguismo
Palavras-chave em português
Aquisição/aprendizagem
Estratégias de comunicação
Fenômenos de contato
Interação
Línguas próximas
Resumo em português
Esta pesquisa tem por objetivo estudar os fenômenos de contato entre línguas que surgem nas interações entre aprendizes de italiano como língua estrangeira (LE), cuja língua materna (L1) é o português-brasileiro, durante a realização em dupla de uma tarefa (task) escrita. Em especial, analisam-se as estratégias de compensação denominadas conscious transfer que incluem a inserção de regras e termos da L1 na L2, classificadas como estratégias utilizadas pelos falantes para fazerem frente a problemas de comunicação em LE. São elas: a troca de código, os estrangeirismos, a tradução literal e o transfer. Para garantir a naturalidade dos dados, decidimos levantá-los num contexto autêntico, ou seja, na aula de língua estrangeira. O corpus que compõe este estudo é formado por 15 horas de gravações, posteriormente transcritas, realizadas numa classe formada por seis aprendizes de nível B2, inscritos no programa do curso de graduação em Língua e Literatura Italiana de uma universidade do Estado de São Paulo. Para classificar e analisar as estratégias de comunicação presentes nas interações de aprendizes cuja L1 é próxima à LE, valemo-nos da taxonomia proposta por Dörnyei e Kormos (1998), que procura conciliar a perspectiva psicológica com a perspectiva sociointeracional. A abordagem adotada para a análise das sequências dialógicas situa-se num espaço de confluência de disciplinas como a etnografia, a análise da conversação e os estudos interacionistas. Da análise do corpus emerge que os aprendizes, para realizar uma tarefa, optaram pelo uso da língua alvo em lugar da L1. A existência de um controle menor por parte do professor aumentou a ocorrência das atividades de natureza metalinguística, porque estimulou os interactantes, na tentativa de serem entendidos, a melhorarem seu output por meio de um conjunto de auto e heterocorreções. Entretanto, o uso das estratégias denominadas conscious transfer não visa somente à superação de determinados obstáculos linguísticos. Com efeito, a interlíngua dos aprendizes observados é caracterizada por um espaço dinâmico, híbrido e em construção, um espaço disputado entre o exolinguismo, constituído por todas as estratégias que servem para compensar as lacunas linguísticas devidas à falta de recursos adequados para expressar-se em LE, e o bilinguismo, caracterizado seja por estratégias discursivas seja por estratégias eminentemente expressivas, realizadas por meio da L1 ou, por que não dizer, da L3 e L4, destinadas à obtenção de um tipo de efeitos e de funções comunicativas que a LE não possui. Portanto, seria oportuno falar mais de estratégias de comunicação plurilíngue do que de estratégias de compensação. À luz dos dados levantados, podemos afirmar que, mesmo quando o contexto poderia induzir os alunos a utilizarem com maior probabilidade a L1, não há razões que justifiquem o receio manifestado por professores e alunos, porque, dependendo do tipo de atividade realizada, é provável que seja iniciado um processo de negociação que, sem dúvida, levará ao enriquecimento e à construção da interlíngua.
Título em inglês
Communication strategies during the execution of collaborative tasks by learners of related languages: towards plurilinguism
Palavras-chave em inglês
Acquisition/learning
Close languages
Communication strategies
Contact phenomena
Interaction
Resumo em inglês
This research aims to study phenomena of contact between languages that arise in the interactions between learners of Italian as a second language (L2), who have Brazilian Portuguese as first language (L1), while executing a written task in pairs. In particular, we analyze the compensation strategies called conscious transfer that include the insertion of rules and terms of L1 on L2, classified as strategies used by speakers to face communication problems in LE. Namely, they are: code switch, loanwords, literal translation, and transfer. In order to guarantee the data naturalness, we have decided to collect them in an authentic context, that is, in the L2 classroom. The corpus that constitutes this study is comprised of 15 hours of records, which thereafter have been transcript, taken in a class formed by six learners of level B2, enrolled in the undergraduate program of Italian Language and Literature at a university of the state of São Paulo, Brazil. For the purpose of classifying and analyzing the communication strategies present in the interactions of learners whose L1 is akin to L2, we used the taxonomy proposed by Dörnyei e Kormos (1998), which intends to reconcile the psychological perspective with the socio-interactive one. The approach adopted for the analysis of dialogical sequences is situated in a space of confluence between disciplines such as ethnography, conversation analysis, and interactionist studies. The analysis of the corpus shows that the learners, in order to accomplish a task, have opted for using the target language instead of L1. The existence of less control by the teacher has increased the occurrence of metalinguistic activities, because it stimulated the interactants, as they tried to be understood, to improve their output by means of a combination of self- and hetero-corrections. However, the use of strategies the compensation strategies called conscious transfer does not seek only to overcome specific linguistic obstacles. Indeed, the interlanguage of the observed learners features a dynamic and hybrid space in permanent construction, a space disputed by exolinguism comprised of all the strategies for compensating linguistic gaps due to the lack of proper resources to express oneself in L2 and bilinguism characterized by discursive strategies as well as by eminently expressive ones, which are accomplished using L1 or, so to speak, L3 and L4, and destined to obtaining a kind of effects and communicative functions that L2 does not possess. Therefore, we are convinced that it is more a case of plurilingual communication strategies than of compensation strategies. In light of the collected data we can state that, even when the context could induce a greater probability that learners used L1, there are no reasons that justify the concern manifested by teachers and students, because depending on the type of activity performed, it is probable that it will be initiated a process of negotiation that, with no doubt, shall lead to an enrichment and to the construction of interlanguage.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.