• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Adriana da Silva Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Souza, Lynn Mario Trindade Menezes de (Presidente)
Martinez, Juliana Zeggio
Mizan, Souzana
Mór, Walkyria Maria Monte
Título em português
O perigo da história única: questões de políticas de internacionalização no Brasil
Palavras-chave em português
Colonialidade
Ensino superior
Interculturalidade
Políticas de internacionalização
Resumo em português
No atual cenário de globalização hegemônica neoliberal, políticas de internacionalização do ensino superior estão cada vez mais em evidência. Governos e instituições de ensino buscam formas de responder às demandas da globalização e lidar com questões culturais e linguísticas que advém ou acompanham tais políticas. Torna-se premente, portanto, considerar os moldes epistêmicos sobre os quais se fundamenta o pensamento moderno ocidental; moldes esses que se apresentam como uma história única e sustentam as políticas de internacionalização do ensino superior e educação intercultural. Este trabalho de pesquisa busca apresentar histórias, narrativas e teorias que possam enriquecer a discussão sobre internacionalização do ensino superior e interculturalidade. Ao agregar à discussão sobre internacionalização e encontros interculturais as teorias decoloniais, a ideia não é propor uma outra história única, mas politizar as discussões sobre internacionalização do ensino superior, refletir sobre a desigualdade que a competição mercantilista traz para a educação terciária e considerar que os encontros interculturais gerados pela mobilidade estudantil não são neutros, mas marcados por relações de poder que são históricas e que compõem a nossa identidade e racionalidade. Os dados foram gerados por meio de entrevistas, aplicação de questionários e análise documental. A geração de dados se deu através de uma parceria com a Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (ARII) da Universidade Federal do Amazonas, instituição de ensino superior federal de onde advém os participantes da pesquisa. Essa pesquisa parte da premissa que o atual processo de internacionalização do ensino superior está ligado ao processo moderno ocidental de globalização e do anterior processo de colonização e que a mobilidade estudantil deve ser analisada em seu contexto histórico e sociopolítico, qual seja, a racionalidade moderno/colonial. Esse trabalho consiste na discussão de duas teses: o argumento que a mobilidade dos estudantes participantes da pesquisa é regida pelo que nomeamos de lógica norte-sul; o segundo argumento consiste na afirmação que os encontros e vivências interculturais promovidos pela internacionalização do ensino superior são permeados por concepções de superioridade e inferioridade, chamadas nesse trabalho de pigmalionistas.
Título em inglês
The danger of a single story: issues on internalization policies in Brazil
Palavras-chave em inglês
Coloniality
Higher education
Interculturality
Internationalization policies
Resumo em inglês
In the current scenario of neoliberal hegemonic globalization, higher education internationalization policies have been intensified. Governments and education institutions try to attend the demands of globalization and to deal with cultural and linguistic issues that come with such policies. In the present scenario of globalization and higher education internationalization, it is imperative to consider the epistemic frames that hold the modern western thinking; which usually presents itself as a single story while feeding the internationalization policies and intercultural education practices. The research aims at presenting stories, narratives and theories that will enrich the discussions on internationalization of higher education and interculturality. Bringing to the table decolonial theories the idea is not to propose another single story about higher education internationalization and intercultural encounters, but to politicize the discussions and reflect on the inequality that market competition brings into the tertiary education system and bring into consideration that the intercultural encounters, made possible through student mobility, are not neutral, but entangled in power relations that are historic and part and parcel of our identity and rationality. Data was generated through interviews, questionnaires and documental analysis. The generation of data was possible through the partnership with the Institute of Interinstitutional and International Relations (ARII in Portuguese) of the Federal University of Amazonas (UFAM). This PhD research draws on the assumption that higher education internationalization process is linked to the modern western process of globalization and the previous colonization process; that student mobility should be analyzed in its historic and sociopolitical context, which is the modern/colonial rationality. The research outcomes consist of two main arguments: that the student mobility of the participants is guided by what we call the North-South logic, the second claim is that the intercultural experiences and encounters promoted by the internationalization of higher education are permeated with conceptions of inferiority and superiority, referred here as Pygmalion Interculturality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.