• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2021.tde-23062021-203103
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Gavranic Zaniolo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Soares, Marcos Cesar de Paula (Presidente)
Flores, Fulvio Torres
Kruger, Patricia de Almeida
Pacheco, Ana Paula Sá e Souza
Título em português
On the Waterfront: o Método de interpretação realista como um campo de disputa em Hollywood durante o Macartismo
Palavras-chave em português
Actor´s Studio
Elia Kazan
Hollywood
Macartismo
Representação
Resumo em português
Esse trabalho baseia-se em uma análise do filme On the Waterfront ("Sindicato de Ladrões, Elia Kazan, 1954, EUA) como forma de discutir a situação da classe artística dos EUA diante do Macartismo. Através de um trânsito constante entre o cinema e o teatro, a geração de artistas que na década de 1930 esteve na ponta do processo de politização da cultura do país, permitiu à Hollywood, na passagem dos anos 1940 para os 1950, um processo de modernização, se utilizando das ferramentas e conquistas estéticas do período anterior. Porém, essa dinâmica de produção conviveu com o andamento do processo do "caça às bruxas" anticomunista, através do qual o Estado ditou uma prática de silenciamento do pensamento considerado subversivo na indústria, levando os artistas a se balançarem entre a resistência ou a colaboração com o Macartismo por meio da delação - caso de Elia Kazan. Ainda que seu filme tenha sido uma espécie de testemunho de justificativa da sua atitude, a obra revela-se, através do entrecruzamento entre sua matéria e sua elaboração formal, como um ponto chave para discutir as diferentes posições que estavam em debate no período. Esse movimento pode ser percebido por meio do uso que o filme faz do Método de interpretação realista. Assim, o trabalho dessa pesquisa é encontrar, através da análise formal dos principais aspectos de composição do filme, as marcas da experiência que tornam a obra mais do que uma simples defesa da delação. Para isso, é apresentado o histórico de desenvolvimento do Método desde suas origens, nas pesquisas do encenador russo Constantin Stanislavski; sua chegada nos EUA e inserção no cenário teatral do país através do trabalho do Group Theatre; e sua incorporação em Hollywood, principalmente a partir da fundação do Actor´s Studio, em 1947, por Elia Kazan e outros ex-membros do Group Theatre Analisando o filme sob o ponto de vista da técnica, podemos entender como ela se tornou, ao longo de seu desenvolvimento, um campo de disputa entre diferentes concepções sobre a condução do trabalho criativo e a relação entre os artistas e o sistema de produção, reverberando, assim, a relação entre a arte e a sociedade nos EUA.
Título em inglês
On the Waterfront: the Method and film acting as a battlefront in Hollywood during McCarthyism
Palavras-chave em inglês
Actor´s Studio
Elia Kazan
Film Acting
Hollywood
McCarthyism
Resumo em inglês
Through an analysis of the movie On the Waterfront (Elia Kazan, 1954, USA) this project aims to investigate the situation of American artists and intellectuals during McCarthyism. At this time, the same generation that on the 1930s enhanced a process of politization of the American theatre, gives to Hollywood two decades later the techniques that helped to evolve the cinematic expression. However, these artists needed to deal with the anti-Communist "witch hunting", when the government persecuted the so-called radical thinking inside the industry, compelling its workers to choose between the resistance to McCarthyism or the collaboration through the practice knew as "name names", as did Elia Kazan. Although On the Waterfront was made to be a personal statement about the director´s decision to collaborate with McCarthyism (as Kazan himself always stated), the crossing between its subject and its formal elaboration guides the movie to become a key point to understand the conflicts held by the artistic class at the time. These conflicts could be perceived through the uses of the famous Method of realistic acting. Through an attentive formal analysis of the movie´s structural elements this Master´s thesis tries to capture the traces of the historical experience. To accomplish that, it is introduced the History of the Method since its origin in the experiments of the Russian director Constantin Stanislavsky; its arrival on the American theatre and its developing by the work of the Group Theatre; and its adoption by Hollywood after the foundation of the Actor´s Studio in 1947 by Elia Kazan and other ex-members of the Group Theatre. Through this analysis, we can be able to follow how the Method´s tradition and repertoire can be understood as a battlefield for the many conceptions about the creative work and the relationship between artists and the production system - as art and society as a whole - in USA.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-06-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.