• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2009.tde-03022010-145308
Documento
Autor
Nome completo
Sandra Nakamura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Souza, Lynn Mario Trindade Menezes de (Presidente)
Festino, Cielo Griselda
Moraes, José Geraldo Vinci de
Título em português
Machinassiah: heavy metal, alienação e crítica na cultura de massa
Palavras-chave em português
Cultura de massa
Dissidência
Heavy metal
Letramento crítico
Multimodalidade
Resumo em português
A cultura de massa (midiática) tem sido tradicionalmente considerada pouco criativa, alienada e, portanto, menos relevante do que as formas artísticas clássicas e canônicas. Sua incapacidade de se relacionar com a sociedade de outro modo que não como produto disponível no mercado fariam dela mero sustento da lógica de consumo. Propomos no presente trabalho a observação desta forma de cultura a partir de uma outra perspectiva. Com base em teorias Pós-Coloniais, da Complexidade e do Letramento Crítico, mostramos que a alienação da cultura de massa não lhe é uma característica intrínseca, mas uma construção feita a partir de práticas sociais cotidianas. Sendo uma construção, a alienação pode ser desconstruída, e a cultura pode tornar-se crítica, política, socialmente interessada e interessante. Trabalhamos com esta hipótese analisando o heavy metal, tomado como manifestação cultural (de massa) tradicionalmente identificada com a rebeldia e a contestação cultural e social. Observamos diferentes estratégias de dissidência a que recorrem roqueiros e headbangers, constatando que rupturas mais profundas com o conformismo alienado emergem de sua participação crítica em sua cultura musical, na cultura de massa e na sociedade de consumo. A confirmação de tal constatação foi obtida pela análise (multimodal) de um caso, representado pela banda sueca Pain of Salvation.
Título em inglês
Machinassiah: heavy metal, alienation and criticism in mass culture
Palavras-chave em inglês
Critical literacy
Dissidence
Heavy metal music
Mass culture
Multimodality
Resumo em inglês
Mass culture has been traditionally associated with lack of creativity and alienation, being considered less valuable and interesting than classic and canonic forms of Culture and Art. Its only role in society would be that of a commodity. It would be destined to serve consumption. The aim of our research is to offer a change in the perspective from which we see mass culture. Based on concepts and ideas coming from Postcolonial theories, Social Complexity and Critical Literacy, we can see alienation not as an intrinsic quality of mass culture, but as a construction that is socially produced. Therefore, we work on the hypothesis that, being a construction, alienation can be deconstructed, and culture can be made critical, political, socially interested and interesting. In order to confirm this, heavy metal music, traditionally identified with both cultural and social resistance and disobedience, was taken for analysis. We could, then, observe the different strategies of dissidence adopted by rockers and headbangers, finally concluding that deeper ruptures with alienated conformity emerge from their critical participation in the music culture, in mass culture, and in the consumer society. Final conclusions on this were made after the multimodal analysis of a case, represented by the Swedish band Pain of Salvation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SANDRA_NAKAMURA.pdf (4.51 Mbytes)
Data de Publicação
2010-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.