• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-01032016-152636
Documento
Autor
Nome completo
Alysson Tadeu Alves de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Cevasco, Maria Elisa Burgos Pereira da Silva (Presidente)
Durão, Fabio Akcelrud
Soares, Marcos Cesar de Paula
Título em português
Apocalypse Now & Forever: figurações do presente em The road, de Cormac McCarthy
Palavras-chave em português
11 de setembro
Apocalipse
Cormac McCarthy
Literatura norte-americana
Utopia
Resumo em português
O romance The Road (2006) representa um desvio na carreira do escritor norte-americano Cormac McCarthy. Sua prosa concisa e seu cenário apocalíptico marcam um distanciamento tanto de seus primeiros romances (mais próximos do gótico sulista) quanto dos mais recentes (westerns). Acompanhando a jornada de um Pai e um Filho por um país devastado, o autor faz um comentário sobre os Estados Unidos contemporâneo do pós-11 de setembro e da ascensão neoconservadora e fortalecimento do neoliberalismo. Com o intuito de investigar como o livro figura o presente, essa dissertação evidencia elementos de nosso tempo que se materializam na narrativa. Para isso, num primeiro momento, situa a obra do escritor no panorama da literatura americana contemporânea, e o papel de The Road dentro da bibliografia de McCarthy, culminando com a análise do foco narrativo, e o que ele representa. A partir disso, o eixo do trabalho se torna a produção literária do 11 de setembro, e novamente como o romance se destaca dentro desta contrapondo-o a outra obra contemporânea a ele: Falling Man, de Don DeLillo. Por fim, a análise formal da narrativa irá discutir o apocalipse e dialética estabelecida entre ele e a distopia, que são duas forças em duelo no livro. Assim, articulando esse movimento investigamos o papel dos personagens, cenário e tempo. Conforme teoriza Fredric Jameson, vivemos na era do Capitalismo Tardio, também chamada de Pós-Modernidade, e esta se concretiza ao longo do romance, conforme demonstramos nessa análise. A principal base teórica, novamente, é dada por Jameson em seu The Political Unconscious, além de conceitos formulados por Tom Moylan sobre utopia/distopia, e Frank Kermode sobre apocalipse, entre outros.
Título em inglês
Apocalypse now & forever: figurations of the present in Cormac McCarthy's The Road
Palavras-chave em inglês
9/11
Apocalypse
Cormac McCarthy
North American literature
Utopia
Resumo em inglês
The novel The Road (2006) represents a detour in the writings of American novelist Cormac McCarthy. Its concise prose and apocalyptic setting signalize a departure both from his early novels (which are closer to the Southern Gothic) than his latest ones (Westerns). By following a Father and Sons journey through a devastated country, the author makes a commentary on contemporary United States of the post-9/11, and the rise of the neocons and the strengthening of neoliberalism. In order to investigate how the book figures the present, this master thesis highlights elements of our time that materialize in the narrative. Thereunto, it starts locating McCarthys work in the contemporary American literature, and The Roads role in his bibliography, culminating in the analysis of the focalization in this novel, and what it represents. Afterwards, the axis of the this work turns to the 9/11 literary production, and once again how the novel stands out in this group opposing The Road to another contemporary book: Don DeLillos Falling Man. Lastly, the formal analysis of the narrative will investigate the apocalypse and the dialectic established between it and dystopia, which are the two forces dueling in the book. Thus, by articulating this movement we investigate the role of the characters, setting and time. As Fredric Jameson theorizes, we live in the age of Late Capitalism, also known as Post-Modernity, and this appears throughout the novel, as we will demonstrate in the present work. The main theoretical foundation of this thesis is, again, given by Jameson in his The Political Unconscious, in addition to concepts formulated by Tom Moylan on utopia/dystopia, and Frank Kermonde on apocalypse, among others.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.