• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-18062012-101102
Documento
Autor
Nome completo
Cícero Alberto de Andrade Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Jorge, Veronica Galindez (Presidente)
Betti, Maria Silvia
Silva, Antônio Carlos de Araújo
Título em português
Brechas na eternidade: tempo e repetição no teatro de Jean-Luc Lagarce
Palavras-chave em português
Jean- Luc Lagarce
repetição
teatro
teatro francês contemporâneo
texto teatral
Resumo em português
A repetição, diria David Hume, nada muda no objeto que se repete em si, mas altera algo no espírito que o contempla: ela desencadeia uma diferença de percepção naquele que observa. Os textos do dramaturgo francês Jean-Luc Lagarce (1957-1995) são marcados pelo retorno sistemático de palavras, frases, expressões, personagens e temas, a ponto de a crítica recente que se articula em torno dele ver nessa característica uma espécie de ethos lagarciano. A análise pormenorizada de dois textos do autor Carthage, encore (escrito no início de sua carreira) e Jétais dans ma maison et j'attendais que la pluie vienne (no fim de sua vida) revela um aspecto interessante: neles a repetição parece funcionar como uma agulha, tecendo a obra, desencadeando uma outra percepção da temporalidade na qual passado, presente e futuro vão gradativamente diluindo-se, condensando-se: suspende-se a apreensão da passagem do tempo e, simultaneamente, abre-se uma brecha na eternidade. O presente trabalho propõe-se a entender o uso da repetição nestes dois textos percebendo-a como um elemento performativo (de acordo com os trabalhos sobre teatro performativo realizados por Josette Féral, e sobre performance, de Paul Zumthor e Renato Cohen), isto é, cujo emprego numa sentença cria uma força ilocucionária capaz de produzir um efeito de suspensão temporal, alterando a percepção do público (leitor ou espectador).
Título em inglês
Gaps in eternity: time and repetition in the theather of Jean-Luc Lagarce
Palavras-chave em inglês
contemporary French theater
Jean-Luc Lagarce
play
repetition
theater
Resumo em inglês
Repetition, according to David Hume, changes nothing in the object that is repeated, but modifies something in the spirit which beholds it: it unleashes a difference in perception in the observer. The texts of the French playwright Jean-Luc Lagarce (1957-1995) are marked by the systematic return of words, phrases, expressions, characters and themes, to the point that the recent criticism that revolves around him sees in this characteristic a kind of Lagarcian ethos. The detailed analysis of two texts of the author - Carthage, encore (written in the beginning of his career) and Jétais dans ma maison et jattendais que la pluie vienne (in the end of his life) reveals an interesting aspect: in them repetition works as a needle, weaving his work, unleashing another perception of the passing of time, in which past, present and future gradually thin out, becoming compact: the apprehension of the passing of time is suspended and, simultaneously, a gap to eternity is open. The present paper proposes to understand the use of repetition in these two texts as a performative element, that is, whose use in a sentence creates an illocutionary strength able to produce an effect of time suspension, modifying the perception of the public (reader or spectator).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-06-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.