• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-14032017-160914
Documento
Autor
Nome completo
Leda Cartum
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Galindez, Veronica (Presidente)
Erber, Laura Rabelo
Machado, Beatriz Barcellos
Siscar, Marcos Antonio
Título em português
Os dias não estão contados
Palavras-chave em português
Literatura contemporânea
Literatura francesa
Pascal Quignard
Resumo em português
A partir do trânsito entre diferentes livros do escritor francês contemporâneo Pascal Quignard (1948) livros como Boutès, Vie secrète, Sur le jadis ou Petits Traités , este trabalho traça uma pequena constelação, tendo como centro os espaços vazios e os silêncios deixados pelo texto. Se a escrita é também a possibilidade de fazer emergir, junto dela, aquilo que não é dito (que não pode ser dito), ela aqui não se fixa em nenhum gênero específico, mas se movimenta entre eles, esboçando um pensamento vivo que por isso não se preocupa em esconder os caminhos das associações, permitindo-se ser interrompido e fazendo da interrupção uma potência rítmica. O texto fragmentário de Quignard, nesta pesquisa, torna-se ponto de partida para a construção de relações possíveis da leitura com a experiência, do passado com o presente, na tentativa de habitar os espaços intermediários, que nos possibilitam desestruturar algo das categorias fixadas e das noções pré-estabelecidas.
Título em inglês
The days are not counted
Palavras-chave em inglês
Contemporary literature
French literature
Pascal Quignard
Resumo em inglês
While creating a constellation in the crossings between different books by the contemporary French author Pascal Quignard (1948) such as Boutès, Vie secrète, Sur le jadis or Petits Traités , this work defines its center upon the empty spaces and silences left by the text. If writing enables the possibility of suggesting that which is not said (that which cannot be said), here we find no attachment to a specific genre; we rather move between genres, outlining a living thought. For this very reason, not much care is given to hiding the associations. The text allows itself to be interrupted and even to provoke a rhytmic potentiality out of interruption. The fragmentary texts by Quignard, in this research, become the starting point for the construction of possible relations between reading and experience, the past and the present, in the attempt of dwelling in the intermediary spaces, which allow us to structure something out of fixed categories and pre-established notions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.