• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Rafaela Cassia Procknov
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Olmos, Ana Cecilia Arias (Presidente)
Gasparini, Pablo Fernando
Giraldo, Rafael Eduardo Gutiérrez
Título em português
Uma estética da existência: vida e escritura em Mario Bellatin
Palavras-chave em português
Autobiografia
Escritura
Fragmento
Mario Bellatin
Romance
Vida
Resumo em português
Nesta dissertação, propomos uma leitura de Lecciones para una liebre muerta (2005a) e El gran vidrio (2007) do escritor Mario Bellatin. Analisamos tais obras no que diz respeito à reelaboração estética que elas promovem de duas formas narrativas, o romance e a autobiografia. Nesse sentido, as noções teóricas do pós-estruturalismo francês, desenvolvidas pelos filósofos da linguagem (Barthes, Blanchot, Derrida e Foucault), como a escritura, o fragmento, o gênero enquanto horizonte de criação artística (não como norma) e a transgressão foram fundamentais para abordar as novas propostas que as referidas obras de Bellatin comportam. O romance e a autobiografia propuseram-se, historicamente, a traçar a vida. Aquele, ao ambicionar uma forma totalizante que reconstituiria o sentido perdido na existência empírica e esta, ao visar ao entendimento de si. Assim, perscrutamos o lugar que o mundo bellatiniano confere ao vivido ao trabalhá-lo nesses gêneros. Nossa hipótese é a de que, ao apostar na exacerbação de alguns recursos formais, tais como: a figuração de si, a abertura a outras linguagens artísticas, a fragmentação do relato e a retomada da própria obra, a literatura bellatiniana desvela um universo singular que tensiona os ideais da modernidade literária, sem romper, em definitivo, com eles. Lecciones para una liebre muerta permitiu-nos colocar a pergunta acerca da existência de uma nova configuração do romance no contexto da contemporaneidade ou da explicitação de sua ineficácia simbólica no presente. Por outra parte, El gran vidrio possibilitou-nos indagar acerca do estatuto do discurso de si num cenário cultural que reconfigurou a noção do sujeito.
Título em inglês
An aesthetics of the existence: life and writing in Mario Bellatin
Palavras-chave em inglês
Autobiography
Fragment
Life
Mario Bellatin
Novel
Writing
Resumo em inglês
In this dissertation we propose a reading of Lecciones para una liebre muerta (2005a) and El gran vidrio (2007) written by Mario Bellatin. These works were analyzed concerning the aesthetic reworking they put forward of two narrative features: the novel and the autobiography. In this sense, the theoretical notions of the French post-structuralism, developed by the philosophers of language (Barthes, Blanchot, Derrida e Foucault), such as the writing, the fragment, the genre appearing as a guidance for the artistic creation instead of a norm and the transgression were central to approach the new proposals embraced by the aforementioned works of Bellatin. Both the novel and the autobiography have had the purpose, historically, to trace life. The former by ambitioning a totalizing form that would recompose the meaning lost in the empirical existence, and the latter by aiming the understanding of the self. Therefore, it has been explored this place which the bellatinian world has granted to the living by working it within these genres. Our hypothesis is that by waging on the exacerbation of some formal features, such as: the self-figuration, the opening to other artistic languages, the narrative fragmented and the resumption of the work itself, the bellatinian literature uncover an unique universe that tensions the ideals of the literary modernity, without rupturing ultimately with them. Lecciones para una liebre muerta has enabled us to position a question about the existence of a new configuration of the novel inside the context of the contemporaneity or about the explicitation of its symbolic ineffectiveness on the present. On the other hand, El gran vidrio allowed us to enquire the discourse status of the self in a cultural scenery that has reconfigured the notion of the subject.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.