• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-27052013-093509
Documento
Autor
Nome completo
Gilmar Gomes Vieira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Fanjul, Adrian Pablo (Presidente)
Martin, Ivan Rodrigues
Salgado, Luciana Salazar
Título em português
Entre ais e suspiros: um estudo discursivo acerca dos enunciadores na canção romântica brasileira
Palavras-chave em português
Canções românticas brasileiras
Cena enunciativa
Gêneros musicais
Indústria cultural
Transposição da canção
Resumo em português
Esse trabalho dedica-se ao estudo dos enunciadores românticos na canção romântica brasileira, com corpus principal de análise formado por composições musicais adaptadas da língua espanhola à língua portuguesa do Brasil, nas últimas três décadas. A pesquisa principiou-se a partir de um cotejamento entre as produções nacionais e as de língua espanhola, quando apontamos para distintos comportamentos dos seres criados nas letras, no que Maingueneau denomina cenografia enunciativa. No entanto, o olhar inicial estritamente comparativo cedeu lugar ao estudo histórico-cultural da canção romântica brasileira, quando a história do desenvolvimento da canção nos mostrou a ligação das composições musicais românticas do século XIX com os poetas românticos. Tivemos de considerar, assim, as modinhas do período oitocentista e as canções produzidas nos primeiros 60 anos do século XX (sambas-canções, boleros, canções cafonas), nas quais há certa continuidade o tipo de enunciador que fomos caracterizando. Fez-se essencial, dessa forma, entender o mercado fonográfico brasileiro do século XX, quando o desenvolvimento tecnológico fez surgir novos meios de comunicação, afetando sobremaneira a forma de produção e circulação da canção romântica. Com o advento do rádio e da televisão, as fronteiras geográficas e linguísticas se estreitaram significativamente, intensificando-se o processo que Valente caracteriza de nomadismo e de movência, ou seja, a transplantação e adaptação dos gêneros musicais entre fronteiras em especial os gêneros musicais provenientes de países de língua espanhola. Assim, é parte desse trabalho uma reflexão sobre esse constante recurso ao repertório de canções hispânicas, recurso que passou a integrar um sistema de produção e circulação, moldando as canções românticas da primeira metade do século XX. Tais composições traziam personagens cujo caráter sofredor e amargurado dava lugar a traços discursivos que ao longo da dissertação caracterizamos como de excesso. No entanto, esse tipo de representação de ser romântico, para o qual a vida nada valia senão ao lado da pessoa amada, seria anulado pelos agentes da indústria cultural, através de medidas elitistas, pelo fato de que não contribuía para o que Tatit caracteriza como refinamento do gosto. Considerando essas características românticas excessivas e o novo cenário musical a partir da década de 80 (época em que a canção romântica passou a ser representada pela música sertaneja), nosso objetivo nesse trabalho foi tentar encontrar algumas características que apontassem para uma transfiguração do enunciador romântico, principalmente, de sua relação com a pessoa amada caracterizada na canção. As produções escolhidas para nosso corpus principal (de canções adaptadas) compreendem o período de 1979 a 2010. Contudo, fazem parte de um corpus de apoio três modinhas do século XIX; alguns sambas-canções e boleros das décadas de 30 a 60 do século XX, além de duas produções consideradas cafonas da década de 70. Nossas análises estão direcionadas pelos estudos enunciativos e discursivos, porém, dada a interdisciplinaridade dessa pesquisa, também, temos fundamentos sociológicos, bem como de história e crítica culturais.
Título em inglês
Between ais and sighs: a discursive study about enunciators in Brazilian romantic love songs
Palavras-chave em inglês
Brazilian romantic love songs
Cultural industry
Enunciative scene
Musical genres
Transposition of songs
Resumo em inglês
This work is dedicated to the study of the romantic enunciator presented in the Brazilian romantic love song, with main analysis corpus made up of lyrics of the last three decades, adapted from Spanish to Portuguese language. We began the research through a comparison between national and Spanish musical production, when we spotted some different behavior of the beings created in the song lyrics, within what Maingueneau characterize as cenografia enunciativa. Notwithstanding, our strictly comparative approach became a historical and cultural study of the Brazilian romantic love song, when the history of the Brazilian song showed us a connection between the Brazilian romantic love songs of the XIX century and the romanticist poets. We had, thus, to consider the modinhas of such period and songs produced in the first 60 years of the XX century (sambas-canções, boleros, canções cafonas), in which certain characteristics of the type of enunciator we have been describing are still present. This way, we began a study on the XX century Brazilian phonographic market, period in which the technological development contributed to the new means of communication, affecting extraordinarily the production and circulation of the romantic love song. With the advent of the radio and television, the geographic and linguistic frontiers became significantly narrow and it intensified the process characterized by Valente as nomadismo and movência, id est., the transplantation and adaptation of the musical genres amongst the frontiers especially those from Spanish speaking countries. Therefore, this work is also a thought on the constant source of inspiration on the Spanish speaking countries repertoire, something that became part of the production and circulation system in the phonographic market, molding the romantic love songs of the first half of the XX century. Since then, this type of songs brought characters which suffering and anguished images started to be seen as discursive traces in the lyrics, what we have characterize along this work as excess. However, the representation of a being for which life was worthless without the person he loved would be annulated by the agents of the cultural industry through elitist actions, once this representation was not a contribution to what Tatit called refinamento do gosto. Considering these excessive romantic characteristics and the new musical scenario since the decade of the 80s (when the romantic love songs were revived by the music sertaneja), our goal in this work was to find some characteristics that could point to a transfiguration of the romantic enunciator, mainly, regarding to its relation with its beloved person described in the song lyrics. Our main corpus (of adapted songs) is made up of lyrics that comprehend the period of 1979 to 2010. Thus, there is a secondary corpus where three modinhas of the XIX century can be found; some sambas-canções of the decade of 30s to 60s of the XX century; as well as two lyrics known as cafonas during the 70s. Our analyses are founded by the discourse and the enunciation studies, but, due to the interdisciplinary aspect of the work, we also have contributions of the sociology, as well as of the history and cultural studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.