• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2020.tde-16092020-205731
Documento
Autor
Nome completo
Nicole Helena Binholo Barbosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Kuinghttons, Monica Ferreira Mayrink O' (Presidente)
Costa, Heloisa Brito de Albuquerque
Gregolin, Isadora Valencise
Oliveira, Rosangela Aparecida Dantas de
Título em português
A formação de uma comunidade de aprendizagem: presenças em interações virtuais pelo WhatsApp
Palavras-chave em português
Comunidade de aprendizagem
Intercâmbio virtual
Português e Espanhol
Presença social de ensino e cognitiva
WhatsApp Messenger
Resumo em português
O objetivo deste estudo é analisar como diferentes participantes de um grupo formado no aplicativo WhatsApp Messenger evidenciaram sua presença social, cognitiva e de ensino nesse contexto, propiciando a formação de uma comunidade virtual de aprendizagem. Fundamentam teoricamente este estudo: a) os trabalhos produzidos por Alda e Leffa (2014), Braga (2013), Gargiulo e Gargiulo (2015), Mayrink (2018), Mayrink e Costa (2017), entre outros, para desenvolver uma reflexão a respeito das Tecnologias da Informação e Comunicação e seu papel no ensino, que mostra, por exemplo, como os telefones celulares ganharam novos papéis em nossa realidade de ensino; b) os estudos de Feliciano (2016) e Leite (2019), com uma breve discussão sobre os usos do aplicativo WhatsApp na aprendizagem de línguas; c) as reflexões de Dewey (1959), com considerações a respeito da aprendizagem baseada na prática e sobre a formação crítica e reflexiva de professores; d) a discussão de Vygotsky (1998) sobre a aprendizagem colaborativa baseada na interação entre os pares; e) os estudos de Garrison e Anderson (2005), que identificam a presença social, cognitiva e de ensino como essenciais para a formação de uma comunidade de aprendizagem em um contexto de ensino virtual. Os dados da pesquisa foram coletados no segundo semestre de 2017, em aulas de língua espanhola em uma universidade de pública de São Paulo e em aulas de língua portuguesa em uma universidade pública na cidade de Córdoba, na Argentina. A pesquisa é de cunho etnográfico e se caracteriza como qualitativa-interpretativista. Os registros analisados são oriundos do diálogo mantido pelos participantes do grupo na plataforma do aplicativo WhatsApp. A análise se centra nas atividades compartilhadas pelos participantes e na qualidade da interação que houve entre eles. Os dados evidenciaram indícios das três presenças (social, cognitiva e de ensino), mostrando que o grupo evoluiu no sentido da formação de uma comunidade de aprendizagem.
Título em inglês
Formation of a learning community: presences in virtual interactions through WhatsApp Messenger
Palavras-chave em inglês
Learning community
Portuguese and Spanish
Social cognitive and teaching presence
Virtual exchange
WhatsApp Messenger
Resumo em inglês
The objective of this research was to analyze how different individuals - members of a WhatsApp's group mark their social, cognitive and teaching presences in a virtual learning environment, in order to contribute to the formation of a virtual learning community. This was grounded on the following theories: a) the researches developed by Alda and Leffa (2014), Braga (2013), Gargiulo and Gargiulo (2015), Mayrink (2018), Mayrink and Costa (2017), among others, in order to reflect upon Information and Communication Technology theory and its role in teaching process, considering, for example, that smartphones are playing new roles in the teaching context; b) the studies made by Feliciano (2016) and Leite (2019), arguing about WhatsApp use in language learning; c) the reflections developed by Dewey (1959), considering the practice-based learning, and a critical-reflective teacher education; d) Vygotsky (1998) discussion about collaborative learning through interactions with the other; e) a research made by Garrison and Anderson (2005), defining the importance of social, cognitive and teaching presences as the basis for the formation of a virtual learning community. Data were collected throughout the second semester of 2017, in Spanish language classes at a public university in São Paulo, Brazil, and Portuguese language classes at a public university in Córdoba, Argentina. This ethnographic study followed the qualitative-interpretive approach. The analyzed data were part of the discourse of the participants built on the learning platform (i.e. WhatsApp group). This analysis focused on the activities shared by the participants, and the quality of the resulted interaction. The interpretation of these data had shown social, cognitive and teaching presences, indicating a group formation of a learning community.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-09-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.