• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-03102013-120312
Documento
Autor
Nome completo
Robson Batista dos Santos Hasmann
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Hosiasson, Laura Janina (Presidente)
Costa, Jose Horacio de Almeida Nascimento
Silva, Gênese Andrade da
Título em português
Do paraíso à solidão: modernidade em La Hija de Rappaccini, de Octavio Paz
Palavras-chave em português
Ciência
Dramaturgia mexicana
Modernidade
Octavio Paz
Resumo em português
Octavio Paz tem marcante presença na poesia e no ensaio modernos. Por outro lado, há um aspecto de seu trabalho artístico pouco explorado pela crítica especializada ou acadêmica. Trata-se de sua imersão no teatro, com a peça La hija de Rappaccini. O presente trabalho procura explorar esta faceta com o propósito de construir uma interpretação mais profunda de aspectos temáticos e estruturantes dispersos nos poucos estudos especializados até o presente. Para tal, a partir da divisão das etapas criativas de Octavio Paz propostas por Manuel Ulacia (1999), apresenta-se aqui uma visão panorâmica da obra do mexicano a fim de inserir La hija de Rappaccini em uma linha histórica do desenvolvimento poético-artístico do escritor mexicano. A seguir são lidos poemas, ensaios e entrevistas, além da inserir esses textos no contexto histórico-artístico que possibilitou o desenvolvimento do teatro no México durante as primeiras décadas do século XX, com especial atenção ao grupo Poesía en voz alta. Nesse percurso histórico, destaca-se a vinculação de Paz com os surrealistas franceses e a influência da poesia de língua inglesa sobre suas afinidades literárias. Interessam aqui particularmente alguns símbolos presentes na peça em questão como as concepções acerca do amor, da História, do tempo e da modernidade. A pesquisa procura traçar também as origens do drama desenvolvido em La hija de Rappaccini. Nesse sentido, evidencia-se a ligação de Paz com a cultura oriental, uma vez que a trama inicial remete à Índia do século IX e a construção cênica utiliza-se de alguns recursos do teatro Nô. No último capítulo, o trabalho defende que para Paz existe um embate entre o mundo científico-tecnológico e o primitivo, dentro da perspectiva que o poeta adota sobre a modernidade e que expõe principalmente em entrevistas e ensaios.
Título em inglês
From paradise to loneliness: modernity in La hija de Rappaccini, by Octavio Paz
Palavras-chave em inglês
Mexican dramaturgy
Modernity
Octavio Paz
Science
Resumo em inglês
Octavio Paz has left his marks in modern poetry and essay. Nevertheless, some aspects of his artistic work are still unexplored by specialized academic criticism. It is so with his immersion in translation, in the theater, with the play La hija of Rappaccini. This study aims to explore this aspect in order to construct a deeper interpretation of structural and thematic themes that are spread in the few studies specifically produced about the subject. In order to do so, by using the division of "creative steps" by Octavio Paz, as defined by Ulacia Manuel (1999), this research presents an overview of Paz´s work to insert the play into a historical line of his poetic and artistic development. From this perspective, a constant confrontation among poems, essays and interviews is conducted, as well as the integration of all this into the art-historical context that led to the development of theater in Mexico during the early decades of the twentieth century, with special attention to the group Poesía en voz alta. Throughout this historical journey, in which the connection of Paz with the French Surrealists and the influence of English-language poetry over him are emphasized, a reading is carried out of some symbols at stake in the drama and of some conceptions of love, history, time and modernity. The research also aims at tracing the origins of the drama developed in La hija of Rappaccini. Thereby, it is evident that there is a connection of Octavio Paz with the eastern culture, since the initial plot refers to India in the nineteenth century and also because the scenic construction presents some features of Noh theater. In the last chapter, we argue that there is a clash between the scientific technological and the "primitive" worlds, a problem present in the perspective taken by the poet on modernity, which is mainly exposed on several of his interviews and essays.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.