• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-28062013-113814
Documento
Autor
Nome completo
Nora Paula Marie Groninger
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Simões, Jose da Silva (Presidente)
Bruno, Fátima Aparecida Teves Cabral
Oliveira, Paulo Sampaio Xavier de
Título em português
As mudanças nas crenças de aprendizes a partir de um curso interativo de alemão
Palavras-chave em português
Aulas de língua alemã
Crenças
Cursos interativos
Resumo em português
A partir dos pressupostos de que crenças exercem um papel importante na aquisição e aprendizagem de línguas e de que o ensino de línguas tem chegado a uma fase que pode ser caracterizada como pós-métodos, o presente trabalho investiga em que medida um curso interativo e intensivo de alemão atua sobre as crenças dos aprendizes. O curso é baseado nos conceitos da teoria de aquisição de línguas estrangeiras de Stephen Krashen que apresenta uma distinção entre aquisição e aprendizagem e também demonstra que fatores afetivos atuam como um filtro para o aprendizado. Ao mesmo tempo, esta teoria é ampliada com aspectos de outras teorias de aquisição e aprendizagem de línguas. Desta forma o curso oferecido é focalizado na oralidade, aquisição e interação. Dentro do âmbito deste curso são pesquisadas no presente trabalho especialmente as crenças dos participantes do curso a respeito de autonomia, nas aulas de língua alemã e de língua em geral. A investigação aconteceu mediante o critério temporal, verificando-se quais as crenças os participantes possuíam antes e depois do curso. Ao mesmo tempo, o trabalho propõe a identificação de relações entre motivação, expectativas específicas sobre o curso, decisões programáticas dentro do curso e sua percepção pelos participantes. Também foram observados fatores afetivos que influenciam mudanças nas crenças gerais sobre aulas de línguas. No trabalho, investigam-se os pontos indicados mediante questionários, diários de aprendizagem, entrevistas, testes de desempenho e gravações das aulas. Os resultados do trabalho indicaram mudanças nas crenças dos participantes do curso para algumas determinadas áreas. Destacam-se aqui as crenças sobre a língua alemã e, em parte, sobre aulas de línguas. As crenças sobre autonomia não foram alteradas significativamente. Porém as interdependências das várias crenças se demonstraram complexas e múltiplas.
Título em inglês
The changes in participants beliefs in an interactive German language course
Palavras-chave em inglês
Beliefs
German language classes
Interactive language courses
Resumo em inglês
Parting from the supposition that beliefs have a considerable impact on language learning and language acquisition and that language teaching has reached a point that can be characterized as a post-methods era, the present work investigates what impacts an intensive and interactive German language course has on the participants beliefs. The language course in question is based on the theory established by Stephen Krashen and concerns in particular the learningacquisition distinction and the affective filter. Furthermore, this basis is amplified through aspects of other language learning theories. Thus, the offered language course focuses on oral skills, provides language acquisition rather than learning and interaction in the classroom. In the framework of such a course the beliefs of the participants are investigated, especially concerning affective variables and beliefs about the German language, language classes in general and autonomy. The investigation was carried out using questionnaires, interviews, learning diaries, achievement tests and audiotapes of class interaction. The participants beliefs held before and after the course were compared. At the same time, possible relations between motivation, expectations about the course and how the participants perceived the course were investigated. Affective variables throughout the course and how these affect learning and the beliefs of the participants were also investigated. The results of the work indicate that the participants beliefs in certain areas change throughout the course. Especially the beliefs about learning German and the German language seem to have changed. Partial changes were noticed in the beliefs about language learning in general. The course seems not to have an impact on the students beliefs on autonomy. The links between alteration of beliefs, motivations and expectations were found to be complex and diverse.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-28
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • GRONINGER, N. P. M., e SIMÕES, José da Silva. Falar alemão na primeira aula? Não brinca!. In Epog - V Encontro de Pós-Graduandos da FFLCH-USP, São Paulo, 2010. Epog - V Encontro de Pós-Graduandos da FFLCH-USP.São Paulo : Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Universidade de São Paulo, 2010. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.