• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
João Joakim Thoren Wagner
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Paulo Sampaio Xavier de (Presidente)
Bôas, Luciana Villas
Machado, Cristina de Amorim
Pisetta, Lenita Maria Rimoli
Título em português
Paracelso - pioneiro, plural, polêmico: Traduzir para resgatar uma personalidade histórica marginalizada
Palavras-chave em português
História da ciências
Paracelso
Skopostheorie
Tradução
Von den ersten drei Essentiis
Resumo em português
Este trabalho se propõe a elaborar uma tradução comentada de um tratado médico de Paracelso, importante ator na individualização de diversas áreas modernas de conhecimento a partir da Alquimia. A imagem geralmente associada a ele se mostra marcada pelas campanhas difamatórias havidas que, provavelmente, facilitaram que a influência de suas ideias fosse progressivamente diminuída e posta de lado. Especificamente na esfera da língua portuguesa, a disponibilidade de textos seus é limitada, sendo, essencialmente, restrita a algumas (poucas) traduções indiretas. O corpus para a tradução propriamente dita compõe-se de três versões, num corte diacrônico, do tratado Von den ersten drei Essentiis: a edição de 1589, pouco após a morte de Paracelso, a edição de 1930, ainda em Frakturschrift e muito parecida com a de 1589, e a edição de 1965, apresentada já em alemão moderno e em fonte Antiqua. No cotejo destas edições observaram-se diferenças sugestivas da existência de propostas (escopos) individuais para cada edição. A primeira como texto técnico, a segunda como texto de divulgação, de cunho histórico, e a terceira, de cunho também histórico, mas voltada para o público moderno. Para a chamada Skopostheorie, o escopo ocupa posição central numa tradução e em seu redor, e diretamente condicionadas por ele, gravitam todas as decisões tradutórias. Por esta valorização dada ao escopo, que, para este trabalho, foi diverso daqueles apresentados no corpus, optou-se pela Skopostheorie como balizamento teórico dos trabalhos. Assim, o escopo regeu a definição das soluções propostas para os diversos desafios de tradução encontrados. Dentre eles estão as mudanças linguísticas decorrentes da passagem do tempo, a presença de elementos do latim no texto-fonte (na forma de palavras e presença de declinação) e os variados recursos que Paracelso empregou para contornar limitações linguísticas impostas pelo Frühneuhochdeutsch (tais como neologismos e germanizações, com diferentes graus de preservação e incorporação efetiva no alemão moderno).
Título em inglês
Paracelsus - pioneering, plural, polemic: Translating in rescue of a marginalized historical personality
Palavras-chave em inglês
History of sciences
Paracelsus Von den ersten drei Essentiis
Skopostheorie
Translation
Resumo em inglês
This paper proposes to elaborate a commented translation, from German to Portuguese, of a medical treatise of Paracelsus, an important actor in the individualization of several modern areas of knowledge from Alchemy. The image usually associated with him is strongly influenced by defamatory campaigns moved against him by his contemporary peers and that have made it easier for the influence of his ideas to be progressively diminished and set aside. Specifically in the sphere of the Portuguese language, the availability of his texts is limited, being essentially restricted to (a few) indirect translations. The corpus for the translation itself consists of three versions, in a diachronic section, of the treatise Von den ersten drei Essentiis: the 1589 edition, shortly after the authors death, the 1930 edition, still in Fraktur type font and very much like the one of 1589, and the edition of 1965, already presented in modern German and Antiqua font. In the comparison of these editions, were found differences suggestive of the existence of individual purposes (scopes) for each edition. The first one as a technical text, the second as a text of divulgation, of a historical nature, and the third, also historical, but aimed at the modern public. Within the chosen theoretical framework, known as Skopostheorie, the scope occupies a central position in a translation and around it, and directly conditioned by it, gravitate all the translation decisions. This importance attached to scope was decisive as the scope for this work, was different from the others presented in the corpus. Thus, the scope governed the definition of the solutions proposed for the various translation challenges encountered. Among them are linguistic changes deriving from the passage of time, the presence of Latin elements in the source text (in the form of words and presence of declination) and the varied resources that Paracelsus used to circumvent language limitations imposed by the Frühneuhochdeutsch (such as neologisms and germanizations, with different degrees of preservation and effective incorporation into modern German).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.