• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-08012013-123037
Documento
Autor
Nome completo
Camila Costa José Bernardino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Battaglia, Maria Helena Voorsluys (Presidente)
Evangelista, Maria Cristina Reckziegel Guedes
Glenk, Eva Maria Ferreira
Título em português
A polissemia da preposição alemã über: um estudo com base na Semântica Cognitiva
Palavras-chave em português
Linguística cognitiva
Polissemia
Preposição über
Rede polissêmica
Semântica cognitiva
Resumo em português
A presente pesquisa tem por objetivo buscar uma rede polissêmica para a preposição alemã über. Esta dissertação insere-se nos estudos de semântica cognitiva, mais precisamente nas pesquisas de polissemia. Para a semântica cognitiva, há polissemia quando um mesmo item lexical tem diferentes significados que são necessariamente relacionados e formam um continuum. O modelo utilizado para a análise da rede semântica é o método de Polissemia Sistemática que os pesquisadores Andrea Tyler e Vyvyan Evans (2003) desenvolveram para o estudo das preposições de língua inglesa. Neste estudo os autores definem critérios para encontrar o sentido primário de uma preposição a partir do qual são gerados os demais sentidos. Por meio desses critérios, o modelo de Tyler e Evans pôde ser adaptado para estabelecer a rede polissêmica da preposição alemã über. A fim de determinar quais sentidos fazem parte da rede semântica de über, foi feito um levantamento de suas acepções em gramáticas e dicionários de língua alemã. Após este levantamento, utilizamos os critérios propostos por Tyler e Evans para montar a rede semântica de über. Por fim, foi constituído um corpus formado por textos de jornais alemães, para atestar se esses sentidos são realmente correntes e observar se há novos usos da preposição über que ainda não foram incorporados aos dicionários.
Título em inglês
The polysemy of the German preposition über: a study based on Cognitive Semantics
Palavras-chave em inglês
Cognitive linguistics
CognitivesSemantics
Polysemous network
Polysemy
Preposition über
Resumo em inglês
The aim of the present research is to find a polysemous network for the German preposition über. This work pertains in the studies of Cognitive Semantics, more precisely in the research of polysemy. For the cognitive semantics, polysemy is when the same lexical item has different meanings which are necessarily related and form a continuum. The model used for the analysis of the semantic network is the method of Principled Polysemy that researchers Andrea Tyler and Vyvyan Evans (2003) developed for the study of prepositions in English. In this study the authors define criteria for finding the primary sense of a preposition from which the other senses are generated. By means of these criteria, the model of Tyler and Evans could be adapted to establish the polysemous network of the German preposition über. In order to determine which senses are part of the semantic network of über, a survey was made of its meanings in grammars and dictionaries of the German language. After this survey, we used the criteria proposed by Tyler and Evans to build the semantic network of über. Finally, it was constituted a corpus composed of texts from German newspapers, to attest that these meanings are really current and observe whether there are new uses of the preposition über not yet incorporated into the dictionaries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.