• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2021.tde-16052022-160728
Documento
Autor
Nombre completo
Mateus Rodrigues de Moura
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2021
Director
Tribunal
Ribeiro, Maria Ines Batista Campos Noel (Presidente)
Gonçalves Segundo, Paulo Roberto
Pinto, Mayra
Souza, Geraldo Tadeu
Título en portugués
Comunicação em prosa moderna: um estudo sobre parágrafo e argumentação
Palabras clave en portugués
Argumentação
Comunicação em prosa moderna
Heterodiscurso
Manual de redação
Resumen en portugués
Os manuais de redação de língua portuguesa são um símbolo das aulas de português de várias gerações, influenciados por renovações no discurso acadêmico e pedagógico, além de ser adaptado a diversos programas oficiais. Tais obras são importantes fontes de recuperação da memória linguístico-discursiva e, como vetor de língua e valores, um importante fator político, devido à circulação de posicionamentos ideológicos. O objetivo desta dissertação é analisar as formas de apresentação do parágrafo e da argumentação, em Comunicação em prosa moderna: aprenda a escrever, aprendendo a pensar (GARCIA, 2010 [1967]), publicado no período da ditadura militar. Entre as décadas de 1960 e 1970, a concepção teórica subjacente a atividades e propostas de redação era compreender a língua como código de modo a permitir a comunicação, sem ruídos, da mensagem desejada. Esse manual abriu muitas perspectivas linguísticas do final do século XX, de modo que tomamos como ponto de partida alguns conceitos linguísticos. Assim, para analisar essa obra, utilizamos alguns conceitos da Teoria dialógica do discurso, como enunciado concreto (BAKHTIN, 2016; VOLÓCHINOV, 2017), heterodiscurso (BAKHTIN, 2015; VOLÓCHINOV, 2017; 2019a) e, também, princípios da retórica (FERREIRA, 2010), com a finalidade de analisar os conceitos de parágrafo e argumentação na obra de Othon Garcia. A relação entre os enunciados e o trabalho realizado na materialidade linguística é o foco do nosso trabalho. Para tanto, os objetivos específicos são: (i) descrever e analisar a construção composicional e os textos-moldura de forma a identificar permanências e mudanças nas décadas de 1960 e 1970; (ii) reconhecer como o heterodiscurso é apresentado nas seções em análise; e (iii) compreender e interpretar os conceitos de parágrafo e argumentação empregados nas propostas do manual, a fim de identificar as diferentes fontes e orientações teórico-metodológicas que a eles estão subjacentes. Em Comunicação em prosa moderna, o autor parte da distinção entre dissertação e argumentação, uma vez que a primeira tem por função expor e/ou explanar ideias e a segunda persuadir ou influenciar o leitor. Essa definição de argumentação tem sua origem na retórica clássica e, nela, predomina-se o teor de contraposição, com finalidade de ensinar o aluno a convencer e a persuadir o interlocutor. Nos capítulos Como desenvolver o parágrafo e Argumentação, os conceitos de parágrafo e de argumentação são abordados a partir de exemplos retirados de fragmentos de textos da literatura, da sociologia, filosofia e de explicações, que enfatizam a escrita do estudante no nível dos aspectos formais e, também, propondo posicionamentos nas produções do texto argumentativo. A singularidade constitutiva dessa obra caracteriza-se pela inter-relação de valorações ideológicas, como a abordagem linguística inovadora à época. Muito da obra marca as permanências tradicionais do ensino da língua e da argumentação, mantendo-se publicada por mais de 50 anos, e que permanece sendo referência presente em muitos concursos públicos para professores de Língua Portuguesa
Título en inglés
Comunicação em prosa moderna: a study about paragraph and argumentation
Palabras clave en inglés
Argumentation
Comunicação em prosa moderna
Heterodiscourse
Writing manual
Resumen en inglés
Portuguese writing manuals are a symbol of Portuguese classes for several generations, influenced by renewals in academic and pedagogical discourse, in addition to being adapted to various official programs. Such works are important sources of linguistic-discursive memory recovery and, as a vector of language and values, an important political factor, due to the circulation of ideological positions. The objective of this dissertation is to analyze the forms of paragraph presentation and argumentation in Communication in modern prose: learn to write, learning to think (GARCIA, 2010 [1967]), published during the military dictatorship. Between the 1960s and 1970s, the theoretical conception underlying writing activities and proposals was to understand language as a code in order to allow the communication of the desired message without noise. This manual opened up many linguistic perspectives of the late twentieth century, so we took some linguistic concepts as a starting point. Thus, to analyze this work, we use some concepts from the Dialogical Theory of Discourse, such as concrete utterance (BAKHTIN, 2016; VOLÓCHINOV, 2017), heterodiscourse (BAKHTIN, 2015; VOLÓCHINOV, 2017; 2019a) and principles of rhetoric (FERREIRA, 2010), with the purpose of analyzing the concepts of paragraph and argumentation in the work of Othon Garcia. The relationship between utterances and the work carried out in linguistic materiality is the focus of our work. Therefore, the specific objectives are: (i) to describe and analyze the compositional construction and frame-texts in order to identify permanencies and changes in the 1960s and 1970s; (ii) recognize how heterodiscourse is presented in the sections under analysis; and (iii) understand and interpret the concepts of paragraph and argument used in the manual's proposals, in order to identify the different sources and theoretical-methodological orientations that underlie them. In Communication in modern prose, the author starts from the distinction between dissertation and argumentation, since the first has the function to expose and/or explain ideas and the second to persuade or influence the reader. This definition of argumentation has its origins in classical rhetoric and, in it, the content of opposition is predominant, with the purpose of teaching the student to convince and persuade the interlocutor. In the chapters How to develop the paragraph and Argumentation, the concepts of paragraph and argumentation are approached from examples taken from fragments of texts from literature, sociology, philosophy and explanations, which emphasize student writing at the level of formal aspects and proposing positions in the productions of the argumentative text. The constitutive singularity of this work is characterized by the interrelation of ideological valuations, such as the innovative linguistic approach at the time. Much of the work marks the traditional permanence of language teaching and argumentation, having been published for more than 50 years, and which remains a present reference in many public examinations for Portuguese Language teachers
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-05-16
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.