• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Letícia Santos Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Viaro, Mario Eduardo (Presidente)
Carvalhinhos, Patricia de Jesus
Coelho, Juliana Soledade Barbosa
Rio-Torto, Graça Maria de Oliveira e Silva
Título em português
Neologia antroponímica: o que os nomes de origem germânica têm a nos dizer?
Palavras-chave em português
Antroponímia
Germanismos
Neologia antroponímica
Onomástica
Resumo em português
Pesquisas em Onomástica ciência linguística que se dedica ao estudo dos nomes próprios (particularmente, neste caso, em Antroponímia: estudo dos nomes de pessoas) podem revelar diversos aspectos sobre certo povo ou cultura. Em face disso, este trabalho se concentra na análise, a partir de um dado recorte, do quadro antroponímico brasileiro referente à última década do século XIX, todo século XX e início do século XXI, a fim de compreender qual a atuação e importância dos nomes neológicos de pessoas. Para tanto, esta pesquisa se vale das contribuições da Etimologia e da Morfologia, além do esteio teórico da Linguística Cognitiva. Em específico, a análise se volta para os antropônimos neológicos que utilizam formativos germânicos em suas construções, visto que o fator histórico da ocupação da Península Ibérica pelos considerados povos germânicos influenciou no léxico antroponímico do Brasil, tal qual o vemos ainda hoje. O corpus analisado se refere aos arquivos da Ordem Terceira do Carmo, localizada no Centro Histórico da cidade de Salvador/BA. Tais arquivos se constituem de 10 tomos do Livro dos Termos dos Irmãos, dos quais analisaremos os quatro últimos por conta do período histórico. Verificou-se a presença de antropônimos neológicos por meio do critério de não constarem em alguns dos principais dicionários onomásticos em língua portuguesa: Dicionário etimológico da língua portuguesa - Tomo II, de Antenor Nascentes (1952), no Dicionário etimológico de nomes e sobrenomes, de Mansur Guérios (1981), e no Dicionário onomástico etimológico da língua portuguesa, de José Pedro Machado (2003). Dentre alguns resultados encontrados, é possível observar a nítida relação entre o aumento dos nomes neológicos e a abolição da escravatura e a retirada do registro civil das mãos da Igreja Católica, visto que tais acontecimentos oferecem certa liberdade para aqueles indivíduos que apenas podiam optar por nomes tradicionais, muitas vezes estritamente relacionados à tradição cristã, além do incremento da tendência de criar nomes neológicos para os indivíduos, de modo que, com o avançar dos anos, o número de ocorrências cresceu. Ainda, dentre os resultados, também se observa a recorrente utilização de estruturas composicionais bitemáticas, assim como a que se acredita ter sido herdada dos antropônimos germânicos, demonstrando, de fato, a influência de tal modelo morfolexical.
Título em inglês
Anthroponymic Neology: what does Germanic names have to tell us?
Palavras-chave em inglês
Anthroponymic neology
Anthroponymy
Germanism
Onomastics
Resumo em inglês
Researches in Onomastics - linguistic science dedicated to the study of proper names (particularly in this case, in Anthroponymy, the study of anthroponyms) - can reveal several aspects about a certain people or culture. Considering this, this work focuses on the analysis, from a specific scope, of the Brazilian anthroponymic system referring to the last decade of the nineteenth century, the entire twentieth century and the beginning of the twenty-first century, in order to understand the performance and importance of anthroponyms. To make it possible, this research bases itself on the contributions of Etymology and Morphology, as well as on the theoretical study of Cognitive Linguistics. Specifically, the analysis turns to the neological anthroponyms that use Germanic formatives in their constructions, due to the historical factor of the occupation of the Iberian Peninsula by the considered "Germanic peoples" influenced on the anthroponimic Brazilian system, as we still see it today. The corpus analyzed refers to the archives of the Ordem Terceira do Carmo, located in the Centro Histórico of the city of Salvador / BA. These archives are constituted by 10 volumes of the Livro dos Termos dos Irmãos of which we will analyze the last four by the historical period. The presence of neological anthroponyms was verified by the criterion of absence in some of the main Portuguese-language onomastic dictionaries: Dicionário etimológico da língua portuguesa - Tomo II, by Antenor Nascentes (1952), Dicionário etimológico de nomes e sobrenomes, by Mansur Guérios (1981), and Dicionário onomástico etimológico da língua portuguesa, by José Pedro Machado (2003), and also the Bible (because the biblical names have a traditional character). Among the results found, it is possible to observe the clear relationship between the increase of neological names and the abolition of slavery and the withdrawal of the civil registry from the hands of the Catholic Church, since such events offer some freedom for those individuals who could only choose names traditional traditions, often closely related to the Christian tradition, besides the increase of th trend to create neological names for individuals, so that, how the years progress, the number of occurrences raised. Among the results, the recurrent use of bitematic compositional structures is also observed, as well as the one that is believed to have been inherited from the German anthroponyms, demonstrating, in fact, the influence of such a morpholexical model.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.