• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2022.tde-04102022-155344
Documento
Autor
Nombre completo
Amanda Macedo Balduino
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2022
Director
Tribunal
Araujo, Gabriel Antunes de (Presidente)
Sandalo, Maria Filomena Spatti
Schwindt, Luiz Carlos da Silva
Svartman, Flaviane Romani Fernandes
Título en portugués
Fonologia do português de São Tomé e Príncipe
Palabras clave en portugués
Fonética, Processos Fonológicos
Fonologia
Português de Príncipe
Português de São Tomé
Resumen en portugués
O objetivo desta tese é descrever e analisar a fonologia de duas macrovariedades que emergiram e são faladas em São Tomé e Príncipe (stp): o português de São Tomé (pst) e o português do Príncipe (pp). O surgimento dessas variedades, no arquipélago, remonta ao estabelecimento colonial do português em um ambiente plurilíngue, bem como ao seu desenvolvimento inicial como segunda língua, e, posteriormente, como língua materna adquirida pelos nativos. Nos últimos anos, a língua portuguesa se consolidou como majoritária em stp em detrimento às línguas autóctones e demais línguas locais. Após 1975, o português foi transmitido pelas gerações mais velhas, tornando-se a língua materna da maior parte da população de stp - fato que possibilitou a emergência de variedades singulares do português. Considerando esse cenário, buscamos como propósitos específicos: (i) propor uma fonologia unificada para o pst e para o pp; (ii) elencar alguns aspectos fonéticos que possam diferenciar tais variedades; (iii) analisar fenômenos vocálicos como alçamento, harmonia e nasalização vocálica; (iv) examinar fenômenos consonantais que atingem as líquidas da coda, tais como o apagamento do rótico e da lateral e a vocalização e velarização de /l/ e, por fim, (v) estudar processos de sândi vocálico externo como a degeminação, elisão e ditongação. Para tanto, compilamos os fenômenos fonológicos nas variedades em foco, a partir de dados de fala espontânea coletados in loco a partir de entrevistas conduzidas com sujeitos falantes nativos de língua portuguesa de diferentes sexos e idades. Posteriormente, aplicamos testes, como elicitação de dados com auxílio de imagens, assim como repetição da frase-veículo "Eu falo X baixinho" de modo a ampliarmos o corpus. A primeira etapa nos auxiliou na identificação dos fenômenos analisados e das possíveis variáveis linguísticas envolvidas nos processos. Já a segunda fase foi essencial para examinarmos e testarmos as hipóteses preliminares mediante a implementação de modelos de regressão linear e logísticas realizados no Rbrul. Todos os dados foram, além disso, analisados no Praat para delimitarmos, acusticamente, a ocorrência ou não dos fenômenos analisados considerando diferentes parâmetros fonéticos. Isso feito, propomos uma análise fonológica aos dados norteados por uma perspectiva analítica, sobretudo, não-linear. Os modelos teóricos adotados foram: a fonologia autossegmental; a geometria de traços; a fonologia prosódica e a teoria da sílaba. A análise dos dados com o auxílio de métodos fonéticos e dos modelos supracitados nos permitiu descrever diferentes aspectos estruturais sonoros do português de São Tomé e Príncipe (pstp), como as consoantes e vogais que compõem seu quadro fonológico, a estrutura silábica, o acento, entre outros fatores diretamente relacionados aos fenômenos fonológicos em foco. A descrição fonotática geral do pst e do pp, incluindo os processos fonológicos vocálicos e consonantais, permite, assim, uma compreensão mais ampla das macrovariedades de stp, demarcando as características inerentes do pstp, bem como aspectos compartilhados com outras variedades da língua portuguesa.
Título en inglés
São Tomé and Príncipe portuguese phonology
Palabras clave en inglés
Phonology
Portuguese from Príncipe
Portuguese from São Tomé
Resumen en inglés
The aim of this study is to describe and analyze the phonology of two macrovarieties spoken in São Tomé and Príncipe (stp): São Tomé Portuguese (pst) and Príncipe Portuguese (pp). The emergence of these varieties dates to the colonial establishment of Portuguese in a plurilingual environment, as well as its initial development as a second language, and later, as a mother language acquired by the natives. In recent years, Portuguese has been disseminated in stp to the detriment of autochthonous and other local languages. After 1975, Portuguese was adopted and transmitted by older generations, becoming the mother language of most of stp population -- a fact that allowed the emergence of unique Portuguese varieties. Considering this scenario, we seek as specific purposes: (i) to propose a unified phonology for pst and pp; (ii) list some phonetic aspects that can differentiate such varieties; (iii) analyze phenomena such as vowel raising, vowel harmony and vowel nasalization; (iv) to examine phenomena that affect liquids in coda, such as rhotic and lateral deletions and /l/ vocalization and velarization and, finally, (v) to study processes of external vowel sandhi such as degemination, elision and diphthongization. Therefore, we compiled the phonological phenomena in pst and pp, from spontaneous speech data collected in loco through interviews conducted with native speakers of Portuguese of different genders and ages. Subsequently, we applied tests, such as data elicitation with the aid of images, as well as repetition of the carrier sentences "Eu falo X baixinho" in order to expand the corpus. The first step helped us to identify the analyzed phenomena and the linguistic variables possibly involved in the processes. The second phase was essential for us to examine and test the preliminary hypotheses through the implementation of linear and logistic regression models carried out in Rbrul. All data were also analyzed in Praat to acoustically delimit the occurrence of the analyzed phenomena considering different phonetic parameters. That done, we propose a phonological analysis of the data guided by a non-linear analytical perspective. The theoretical models adopted were: autosegmental phonology; feature geometry; prosodic phonology and syllable theory. Data analysis with the aid of phonetic methods and the models mentioned allowed us to describe different sound structural aspects of São Tomé and Príncipe Portuguese (pstp), such as the consonants and vowels that make up its phonological framework, the syllable structure, the stress, among other factors directly related to the phonological phenomena in focus. The general phonotactic description of pst and pp, including the vowel and consonant phonological processes, thus allows a broader understanding of the macrovarieties of stp, demarcating the inherent characteristics of pstp, as well as aspects shared with other varieties of the Portuguese language.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-10-04
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2023. Todos los derechos reservados.