• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2020.tde-28022020-152825
Documento
Autor
Nome completo
Lais Akemi Munhoz de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Pietroforte, Antonio Vicente Seraphim (Presidente)
Almeida, Dayane Celestino de
Corrêa, Thiago Moreira
Taille, Elizabeth Harkot de La
Título em português
O espaço discursivo do experimentalismo: uma análise intertextual
Palavras-chave em português
Espaço discursivo
Experimentalismo
Literatura portuguesa
Semiótica
Resumo em português
Esta dissertação tem por objetivo analisar o experimentalismo e seus modos composicionais. O conceito de experimentalismo é duplo, podendo se referir tanto à prática experimental, de romper a tradição vigente e explorar a linguagem de modos inusitados, modos estes presentes na linguagem humana desde o inicio da historia registrada. Pode referir-se também à corrente literária da arte portuguesa contemporânea, que tem como norte a prática experimentalista. Essa segunda interpretação do conceito portanto, é situada, ao passo em que possui um vínculo geográfico e temporal claro. Além da contextualização histórica por assim dizer, há uma contextualização raramente tratada: a contextualização literária. Essa contextualização será o foco do trabalho. Buscar-se-á portanto a definição principalmente do experimentalismo como escola literária a partir de seu contraste com as outras escolas literárias que compartilham do mesmo período histórico e localização, sendo essas o neo realismo e o surrealismo. Esse processo se baseia no conceito de espaço discursivo de Maingueneau (2008). Para esse autor, a definição de uma obra e de seu pertencimento a uma corrente artística exige o estudo das outras obras com as quais o objeto mantém uma relação intertextual. A partir desses contrapontos, é possível definir os modos composicionais da obra a partir de um conjunto de restrições sêmicas ao qual se adequa. Outra teoria a ser utilizada é a semiótica, mais especificamente a semiótica de linha francesa, greimasiana. Essa teoria será utilizada nas análises dos poemas, permitindo sua aplicação a objetos diversos, o que exige a sua adequação com as peculiaridades das obras. Desse modo, a partir das análises semióticas, buscará-se evidenciar as principais diferenças e semelhanças entre essas correntes literárias portuguesas pós modernas e como o experimentalismo se define diante de toda essa produção.
Título em inglês
Experimentalism's discursive space: an intertextual analysis
Palavras-chave em inglês
Discursive space
Experimentalism
Portuguese literature
Semiotics
Resumo em inglês
This dissertation seeks the analysis of experimentalism and its compositional ways. The concept of experimentalism is double. It can refer to the experimental practice, of breaking the current tradition and exploring language in unusual ways, present in human language since the firsts records of history. It can refer to the contemporary portuguese literary movement as well, which follows the experimentalist practice. The second interpretation of the concept is therefore situated, since it has a clear geographical and temporal bond. Besides the historical contextualization, so to speak, there is a contextualization form rarely considered: the literary contextualization. This will be the center of attention. The definition of experimentalism as a literary movement will be studied from its contrast with the other literary movements that share the same historical and geographical place: the Surrealismo and Neo realismo. This process is based in the discursive space concept, by Maingueneau. To this author, a literary works definition and belonging to an artistic movement demands the analysis of the productions that have an intertextual relationship with it. From those analysis its possible to define the compositional aspects of the object from a group of semic restrictions in which it fits. Another theory to be used is French semiotics, started by Greimas. This theory will be used to analyze the poems, allowing its application to various objects, demanding its fitting to diverse objects and its peculiarities. From the semiotic analysis therefore, the main differences and resemblances between these literary movements will be lighted up, as well as how the experimentalism is defined against the corpus of Neorrealismo and Surrealismo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-02-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.