• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2007.tde-27112009-142750
Documento
Autor
Nome completo
Alessandra Martins Antunes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Dick, Maria Vicentina de Paula do Amaral (Presidente)
Barbosa, Maria Aparecida
Favero, Leonor Lopes
Isquerdo, Aparecida Negri
Turazza, Jeni Silva
Título em português
A rede ferroviária e a urbanização da freguesia do Brás: estudo onomástico contrastivo
Palavras-chave em português
Freguesia do Brás
Onomástica
Toponímia urbana
Resumo em português
De um extremo a outro, entende-se a toponímia de regiões urbanizadas como resultante de homenagens ou como resquícios da história de formação da comunidade. No primeiro caso, a denominação é entendida como retribuição a uma ação realizada em prol do local, dedicada àqueles que se empenharam em sua consolidação, ou impostas por autoridades políticas e como reflexos de mudanças históricas e sociais. No segundo caso, interpreta-se a fixação de designativos como testemunhos da passagem de determinados indivíduos na região ou como a descrição de características inerentes ao local, em geral perdidas com a sua ocupação maciça. Ignora-se, em ambos os casos, a pesquisa do processo de formação, de cristalização e de ressemantização do topônimo, gerando, muitas vezes, conclusões equivocadas. No presente trabalho, aplicamos a metodologia de recuperação de causas denominativas do Projeto Atlas das Cidades, coordenado por Dick (1996), à freguesia do Brás, região a leste do antigo núcleo paulistano. Após o levantamento dos designativos e dos referencializadores utilizados entre os anos de 1850 e 1914, analisamos o desenvolvimento da maneira de singularizar os espaços em contraste à ocupação da região e à mudança do perfil do morador. Constatamos três fases de engendramento de topônimos: na primeira, até a década de 1870, enquanto a freguesia do Brás mantém-se isolada do restante de São Paulo, os designativos são formados pela descrição do espaço; entre as décadas de 1880 e 1900, período em que os antigos chacareiros loteiam suas propriedades, a denominação sistemática é visível na região, mas a fixação dos designativos atende antes à referencialização, no caso de antropotopônimos indicados, e ao desejo de atribuir topônimos que remetessem a regiões prósperas, no caso dos corotopônimos, do que à escolha aleatória e à homenagem propriamente dita; é após a Proclamação da República e a ocupação da freguesia do Brás por imigrantes e migrantes pobres, quando se evidencia a urbanização, que a homenagem a autoridades políticas e a indicação de topônimos a partir de motivações toponímicas pré-estabelecidas tornam-se tendências denominativas.
Título em inglês
The railway and the urbanization of freguesia do Brás: essay onomastic contrastive
Palavras-chave em inglês
Freguesia do Brás
Onomastic
Urban place names
Resumo em inglês
From out to out, place names are understandable as results of homage or rest as community history formation. In the first case, the name is understandable as retribution for a done action in favor of the local, dedicated to whose enforced to consolidate it, or ordered by politicians and socials and historic changes of reflex, In the second case, interprets the fixation of names testimonials of passage of determined people in the region or as description of characteristic names to the local, in general lost with its massive occupation. To ignore in both cases, the research of the formation process, of crystallization and resignification of place names creating, many times, wrong conclusions. In this research, we apply the methodology of recovery of denominating cases from Cities Atlas Project coordinated by Dick (1996), at freguesia do Brás, east side in the old paulistano nucleous. After rising up of the characteristics and the referenced used between years 1850 to 1914, we analyzed the development in way to singularize the spaces in opposition to occupation of the region and to change the resident profile. We realized three steps of the creation of place names: in the first, till a decade of 1870, while the freguesia do Brás kept away of the rest of São Paulo, the characteristics are formed by description of the space; between the decades of 1880 and 1900, period where old farmers allotted their own properties, the systematic denomination is clear on this region, but the fixation of the characteristics serve before the referenced, in case of the personal names indicated, and the wish to attribute place names that permit to rich regions, in case of the choronym, that an aleatory choice and to homage necessary said; happened after os the republics proclamation and occupation of freguesia do Brás by poor migrants, when the urbanization is evident, that homage to politicians authorities and the indication of the place names from motivations pre established turn to denominated tendencies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-09-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.